Secretário apresenta o Bahia Produtiva em Santa Luzia || Foto Divulgação

Os quatro editais do Bahia Produtiva foram apresentados, nesta quinta (8), em Santa Luzia, no sul da Bahia, pelo secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues. A apresentação foi feita para representantes de instituições da agricultura familiar, prefeitos e secretários municipais que compõem o Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (CIMA/BA) e lideranças regionais.

As inscrições de propostas para os quatro editais de apoio à agricultura familiar do Bahia Produtiva, projeto da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à SDR, seguem abertas.
No total, serão R$ 98 milhões investidos no apoio a projetos de formação de alianças produtivas territoriais, recuperação de agroindústrias e inclusão produtiva de comunidades quilombolas e povos indígenas.

“O governo do estado tem investido no desenvolvimento rural com inclusão produtiva e geração de emprego e renda, assim para que esse crescimento continue temos aí mais investimentos na agricultura familiar via editais do Bahia produtiva”, destacou Jerônimo Rodrigues, o titular da SDR.

Rodrigues também destacou Dia da Mulher, celebrado nesta quinta-feira (8): “Não devemos perpetuar uma divisão de trabalho que sacrifique as mulheres, temos que perder a vergonha e o medo, e assumir as atividades feitas por mulher. Infelizmente muitas vezes a gente é educado de maneira que a mulher tem que usar cor rosa e homem azul, como se isso fosse fator determinante para algo. Hoje é um dia para ir além da entrega de rosas, beijos e abraços, é preciso refletir e lembrar da luta combativa das guerreiras, que escreveram seu nome na história para que hoje houvesse mulheres mais empoderadas ”.

Inscrições nos editais

As Manifestações de Interesse deverão ser inscritas eletronicamente mediante preenchimento do formulário no sistema disponível no site da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) www.car.ba.gov.br.

Antônio Guilherme dos Santos, prefeito de Santa Luzia e presidente do CIMA, salientou a importância das ações do Governo do Estado. “A sobrevivência da nossa economia local passa pelo trabalho da produção rural. Os editais do Bahia Produtiva, a parceria com a Biofábrica e a SDR só tem a ajudar região”, comentou.

Mais informações
O edital Alianças Produtivas Territoriais, no valor de R$ 60 milhões, primeiro edital na Bahia de apoio às associações e cooperativas da agricultura familiar, tendo como foco a relação comercial destas cooperativas e associações com compradores do setor privado, incentivando a inclusão no mercado, e atraindo empresas privadas para as oportunidades de negócio. Os recursos e investimentos serão direcionados para as cooperativas da agricultura familiar que ganham com melhorias nos processos de gestão, nas aquisições de equipamentos mais eficientes, no desenvolvimento de novos produtos, entre outros resultados.

O edital de Qualificação de Agroindústrias da Agricultura Familiar, no valor de R$ 20 milhões, foi lançado a fim de recuperar unidades agroindustriais que estão com alguma dificuldade de funcionamento. Os recursos serão aplicados diretamente nas associações e cooperativas e contemplarão ações voltadas diretamente para a estruturação e funcionamento de agroindústrias geridas por organizações produtivas da agricultura familiar e economia solidária, com investimentos em infraestrutura, produção, beneficiamento, comercialização, além de apoio à gestão.

Já os editais voltados para Comunidades Quilombolas e Povos Indígenas, têm investimento de R$ 9 milhões cada, totalizando R$ 18 milhões. A finalidade é prestar apoio técnico e financeiro a subprojetos voltados para a implantação e gestão de ações de sustentabilidade ambiental, segurança hídrica, alimentar e nutricional das famílias beneficiadas. A seleção prevê o financiamento de cerca de 30 iniciativas de cada segmento, com limite máximo de investimento de até R$ 300 mil cada uma.