WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





março 2018
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: 11/mar/2018 . 21:03

SABRINA DE BRANCO É PRIMEIRA MULHER A PRESIDIR O SINDPACEL

Sabrina de Branco assume a presidência do Sindpacel-BA

Sabrina de Branco tornou-se a primeira mulher eleita para presidir o Sindicato das Indústrias de Papel, Celulose e Papelão do Estado da Bahia (Sindpacel). Será a sucessora de Jorge Cajazeiras no cargo da entidade que reúne as maiores empresas do setor.

Jornalista com passagens por redações sul-baianas e ex-assessora da Bamin, Sabrina é gerente de Relações Institucionais e Sustentabilidade da Bahia Specialty Celuluse (BSC) e foi eleita presidente do Sindpacel por unanimidade, no último dia 1º.

Sabrina comandará um dos mais antigos sindicatos patronais da Bahia. O Sindpacel completa 65 anos agora em 2018. Dentre as empresas associadas da entidade, estão Veracel, Fibria, BSC e Klabin.

Além de jornalista, Sabrina possui MBA em Gestão Empresarial e Gerenciamento de Projeto e mestrado em Desenvolvimento e Gestão Territorial, além de ser coach profissional.

GALÍCIA DERROTA O COLO COLO NO MÁRIO PESSOA

Galícia derrotou o Tigre na estreia da Série B || Foto Hilton Oliveira

O Colo Colo estreou com derrota na Série B do Campeonato Baiano de Futebol 2018. A partida contra o Galícia caminhava para os minutos finais, no Estádio Mário Pessoa, neste domingo (11), quando o zagueiro Val, aos 36min do segundo tempo, fez gol contra e garantiu a vitória do time soteropolitano.

O Tigre volta a campo no sábado (17), às 18h, contra o Atlético de Alagoinhas, na casa do adversário. O time do recôncavo baiano estreou com vitória na Série B, ontem (10), ao bater o PFC Cajazeiras, em Pituaçu, por 3 a 2. O Galícia pegará o Teixeira de Freitas, em Pituaçu, também no próximo sábado, às 15h.

Na rodada inaugural da “Segundona”, houve ainda um empate em 0 a 0 entre Teixeira de Freitas (Portela) e Conquista. A partida foi disputada na casa do time do extremo-sul.

SUSPEITOS DE ATAQUE À PROSEGUR MORREM EM CONFRONTO COM A PM EM PORTO SEGURO

Suspeitos de ataque à transportara morrem em confronto com a polícia|| Foto SSP/BA

Policiais militares cercaram, neste domingo (11), em Porto Seguro, cinco suspeitos de fazer parte da quadrilha que explodiu, na madrugada de terça-feira (6), uma unidade da empresa de segurança Prosegur, em Eunápolis, no extremo sul da Bahia. Com a quadrilha a polícia apreendeu um fuzil, uma metralhadora, explosivos, um revólver e munições.

Os bandidos estavam escondidos, nas localidades Mercado do Povo e Vila Parracho. Guarnições do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica, do Grupamento Aéreo (Graer) e do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM/Porto Seguro) chegaram no grupo após denúncia anônima.

De acordo com a polícia, nos locais os criminosos foram cercados e resistiram à prisão atirando. Três foram atingidos, socorridos, mas não resistiram aos ferimentos. Outros dois conseguiram fugir por um matagal e seguem sendo procurados. “Todas as equipes ostensivas e investigativas se comprometeram em dar a resposta para aquela ação criminosa. Vamos trabalhar para chegarmos nos outros envolvidos, desarticulando toda a quadrilha”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

GERALDO COMEÇA A OUVIR LIDERANÇAS E ENSAIA PRÉ-CANDIDATURA A DEPUTADO ESTADUAL

De olho na AL-BA, Geraldo começa a ouvir lideranças

Apesar de cogitado para comandar secretaria no Governo Rui Costa a partir de abril, o ex-deputado e ex-prefeito de Itabuna Geraldo Simões começou a fazer consultas individuais a lideranças sul-baianas. Está colhendo propostas para montar as bandeiras de possível candidatura à Assembleia Legislativa. Por enquanto, ele defende temas nas áreas de Educação, Infraestrutura Hídrica e afirma já ter passado da hora de o sul da Bahia levar a sério – e cobrar do governo – a criação da Região Metropolitana do Sul da Bahia.

Ao PIMENTA, Geraldo se disse que planeja realizar, ao final de março, um encontro regional para definir as propostas para a campanha a deputado estadual. Ainda sem dizer se é realmente pré-candidato, ele afirma que a construção da Barragem do Rio Colônia, a ser inaugurada em abril, dá a Itabuna condições de se firmar como polo industrial do interior da Bahia.

O ex-prefeito itabunense desconversou, mas não negou ter recebido proposta para assumir cargo no primeiro escalão do governo. E não deixa de elogiar Rui Costa. Para Geraldo, Rui é favorito na disputa. Favoritismo que é ampliado se Lula for candidato a presidente da República.

Geraldo ainda dá pitaco quanto à candidatura de oposição na corrida ao Palácio de Ondina. Para ele, ACM Neto será candidato. Assumir o cargo de presidente nacional do DEM só reforça esse projeto, pelo menos, na leitura do ex-prefeito itabunense.

ITABUNA

O ex-prefeito ainda se mostrou preocupado com os desdobramentos da greve na rede municipal de ensino em Itabuna. Sem se prolongar em análises quanto ao governo de Fernando Gomes, Geraldo diz que muitos governos só se preocupam em investir o percentual constitucional, não atentando à qualidade da educação. “Quando prefeito de Itabuna, chegávamos a investir 32% dos nossos recursos em Educação”, disse.

Afirmou que a Educação sempre foi uma prioridade de governo e, também, dos mandatos como deputado estadual e federal. No último mandato como federal, Geraldo defendeu a instalação da reitoria da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) em Itabuna, quando o então ministro Aloizio Mercadante preferia Porto Seguro. Acabou convencendo o governo. A reitoria ficou em Itabuna.

PCC É SUSPEITO DE COMANDAR ATAQUE À PROSEGUR EM EUNÁPOLIS

Bandidos atacaram até as bases das polícias|| Foto reprodução TV Santa Cruz

A cúpula da Secretaria da Segurança Pública (SSP) já identificou as digitais do Primeiro Comando da Capital (PCC) no mega-ataque contra a sede regional da empresa de valores Prosegur em Eunápolis, na terça-feira (6). O envolvimento do PCC foi revelado por fontes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), unidade da Polícia Civil que concentra as investigações sobre o caso, informa a coluna  Satélite, do Correio deste domingo (12).

Além do modus operandi típico dos assaltos cinematográficos orquestrados pelo PCC, uma série de indícios liga a facção paulista à ação que aterrorizou a cidade do extremo-sul baiano. Em especial, o tipo de munição utilizado pelos bandidos.

BALA DE PRATA

Logo após o ataque, investigadores recolheram várias cápsulas de Lapua .338 Magnum, calibre fabricado para fuzis de precisão. Feita artesanalmente e vendida por cerca de R$ 100 cada, a munição é a preferida dos atiradores de elite do PCC. O uso de carros blindados e de carga de explosivos em pranchas de madeira, outra marca da facção, também reforçaram as suspeitas.

Embora os detalhes sobre a autoria do ataque à Prosegur sejam mantidos em sigilo pela SSP,  fontes da Draco garantem que a ação  foi ordenada por chefões do PCC e organizada por criminosos que integram o núcleo central da facção em São Paulo, sem qualquer elo com as quadrilhas do chamado Novo Cangaço.

Para investigadores da Polícia Civil com experiência em roubos a banco e a empresas de transportes de valores, é a primeira vez que o PCC comanda diretamente um assalto de grande magnitude na Bahia.  O ataque na madrugada do dia 6 deixou um vigilante morto e outros seis funcionários da empresa feridos. Ninguém foi preso até o momento. Do Correio.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia