WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










junho 2018
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias





itao




ITABUNA E ILHÉUS CORREM RISCO DE SURTO DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA, DIZ MINISTÉRIO DA SAÚDE

Itabuna e Ilhéus correm risco de epidemia de dengue zika e chikungunya

O novo Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), divulgado nesta sexta-feira (8), mostra que dezenas de municípios baianos correm sério risco de enfrentar um surto de dengue, zika e chikungunya. De acordo com o Ministério da Saúde, a situação é muito preocupante em localidades como Itabuna (13,1%) e Ilhéus (11,6%).

Em Itabuna, de cada 100 imóveis pesquisados, pelo menos 13 estão com larvas do mosquito Aedes aegypti. Em Ilhéus, a situação é parecida. Foram encontrados criadouros em 11 de cada 100 imóveis visitados pelos agentes de combate a endemias. O risco de surto  de dengue, zika e chikungunya é muito alto também em Buerarema (9,1%), Ibicaraí (10,2%) e Itapé (8,1%).

Há risco de surto ainda em Camacan, Itapintaga, Jussari, Canavieiras, Itajuípe e Mascote. Nessas localidades, os índices de infestação de larvas do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya variam de 4,9% a 7,1%. O município com o maior índice infestação no país é baiano. Em Itiúba, de cada 100 imóveis pesquisados, 28,6% estão com criadouros.

Os dados do Ministério da Saúde mostraram ainda que 1.153 (22%) municípios em todo o país apresentaram alto índice de infestação do Aedes aegypti. Além das cidades em situação de risco, o levantamento identificou 2.069 localidades em alerta, com o índice de infestação predial (IIP) entre 1% a 3,9% e 1.711 municípios com índices satisfatórios, inferiores a 1%.

2 respostas para “ITABUNA E ILHÉUS CORREM RISCO DE SURTO DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA, DIZ MINISTÉRIO DA SAÚDE”

  • Eribaldo says:

    Em Buerarema os dejetos da rua José Joaquim do Rosário São despejados a céu aberto e represados no bairro de Caxixe, é o maior criatorio de larvas da região cacaueira e apesar de ser do conhecimento do poder público nada é feito

  • Mohammad says:

    Primeiro eu contraí a Dengue, agora estou a 17 meses padecendo de Chikungunya grave, contraída no mesmo bairro do centro de Ilhéus, onde dezenas de pessoas também sofrem as mesmas arboviroses.
    Saúde Pública inexiste em Ilhéus, tenho Plano de Saúde nacional, por isso não morri. Ate onde essa cidade vai se degradar? Voltem! Voltem Prefeitos Walderico e Jabes, voltem por favor, se possível em dupla!

Deixe seu comentário








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia