Vacinação contra o vírus Influenza limita-se a grupos prioritários.

O Ministério da Saúde vai prorrogar mais uma vez a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, que deveria ter sido encerrada no início do mês. A decisão de estender o prazo para até o dia 22 deste mês ocorreu depois da constatação de que a maioria dos estados não atingiria a meta até esta sexta-feira (15), quando se encerraria a campanha iniciada no dia 23 de abril. Será a segunda prorrogação de prazo.

Na Bahia, a maioria dos municípios não atingiu a meta de vacinação contra a gripe. O último levantamento indicou que pouco mais de 76% das pessoas dos grupos prioritários tinham sido imunizadas no estado.Cerca de 800 mil baianos ainda não compareceram às unidades de saúde nos 417 municípios baianos.

O Ministério da Saúde informou que a preocupação aumenta com a proximidade do inverno, período de maior circulação dos vírus da gripe. Disse também que é preocupante o número de casos e mortes registrados no Brasil, que já dobraram em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo o último levantamento, 11,8 milhões de pessoas ainda precisam se vacinar contra a gripe.

A partir do dia 25 de junho, caso haja disponibilidade de vacinas nos estados e municípios, a imunização contra gripe poderá ser ampliada para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos. Nos estados que já atingiram a meta de 90%, essa estratégia já pode ser adotada.