Familiares procuram caminhoneiro

Familiares estão desesperados com a falta de informações sobre o paradeiro do caminhoneiro José Carlos Fermino Nunes, de 60 anos, que foi visto pela última vez na quinta-feira (21). Ele estacionou o veículo às margens da BR-415,  perto do Centro de Distribuição da Padim, no bairro Ferradas, em Itabuna.

O caminhão foi encontrado neste mesmo local, horas depois, já sem o motorista, com as portas abertas e sem sinal de arrombamento. O celular do caminhoeiro foi localizado perto do veículo de frete. Já os cartões de crédito foram encontrados no interior do caminhão.

Os familiares suspeitam que José Carlos esteja perdido na região de Ferradas e fazem um apelo para que as polícias em Itabuna iniciem buscas para tentar localizá-lo ainda com vida.  “Ele deve ter se perdido no mato. Pode ser que ele não esteja tão distante de onde o caminhão foi encontrado. Gostaria muito que as polícias usassem o aparato que dispõem para encontrar meu pai”, apela um dos filhos do caminhoneiro.

Motorista deveria voltar para o sul na quinta-feira

O rapaz afirmou que o pai deveria retornar de Itabuna, levando uma carga para o Paraná, na manhã de sexta-feira (22), o que não ocorreu. José Carlos é morador de Barra Velha, em Santa Catarina, e está longe de casa há 15 dias, segundo a família.  Quem tiver informações sobre o caminhoneiro, pode ligar para os telefones (47) 9 92353628 ou 9 99628372. Se preferir,  pode fazer contato pelo 190 da Polícia Militar.