A “Geração Z”, formada por pessoas nascidas na década de 90 e os primeiros anos 2000, é o alvo do 4º Fórum de Leitura da Escola Curumim, de Itabuna, na próxima sexta e no sábado (dias 20 e 21), na sede da escola. Durante dois dias, os alunos, professores e pais vão participar de mesas-redondas, palestras, oficinas, exposições, sorteios de livros, bate-papo com convidados e projetos específicos em sala.

O comunicólogo e licenciado em Letras Tcharly Magalhães Briglia, um dos coordenadores do Fórum, diz que o evento é espaço de discussão e promoção do conhecimento. “O Fórum é um projeto interdisciplinar que articula conteúdos e habilidades das mais diversas áreas para fortalecer as práticas sociais de leitura e escrita”.

Segundo ele, a edição deste ano trabalha a relação da Geração Z com a leitura. “Não apenas a leitura dos livros, das letras, das páginas impressas e virtuais. Mas a leitura do mundo, com o olhar crítico e peculiar desses jovens nascidos entre 1995 e 2010”.

Os debates, segundo a coordenadora pedagógica da Curumim, Raquel Prudente, levarão questionamentos: Quem são esses estudantes / adolescentes? Como eles enxergam a sociedade e como a sociedade os enxerga?

PROGRAMAÇÃO

O Fórum será aberto na sexta-feira (20), às 17h30min. Logo depois, às 18h30min, Spartakus Santiago fará a palestra de abertura ao abordar o tema “Geração Z”. Na sequência, haverá bate-papo com o público. No sábado (21), a programação do Fórum começa às 7h30min, com apresentação do concurso literário promovido pela escola. Às 8h, começa a mesa-redonda Leituras das Gerações, com Heloísa Pinheiro, Fabiana Lima, Brisa Aziz, Marília Barreto e Maria Luiza Varanda, tendo a mediação de Juliana Mello.