A tradição anual da romaria a Bom Jesus da Lapa foi quebrada, neste ano, por mais de 30 moradores de Itabuna. E da pior forma: no dia e hora da viagem, descobriram que o responsável pela excursão sumiu.

O homem, conhecido como Jorginho, recebeu R$ 400,00 de cada um dos romeiros. Na hora “H”, desapareceu. Após ameaças de queixa policial contra ele, o homem reapareceu. Disse que, temendo prejuízo, teve que cancelar a viagem deste ano. Revolta geral dos fiéis/devotos. O empresário prometeu devolver a grana dos devotos nos próximos dias.