Rodrigo Soares, dono do Siriguejo, é acusado de aplicar R$ 100 mil em golpes || Foto SSP-BA

Com um mandado de prisão preventiva em aberto pelo crime de estelionato, o empresário Rodrigo Soares Gois, de 41 anos, foi preso, no sábado (4), por equipes do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), na Rua Esperança, no bairro de Santa Cruz, em Salvador.

Rodrigo é dono da empresa Siriguejo Delivery, de pratos com frutos do mar, e contra ele existem dois processos judiciais e um inquérito policial, além de 21 registros de ocorrências em diversas unidades da Polícia Civil.

O estelionatário, que vinha sendo acompanhado há dois meses, prometia a venda de equipamentos eletrônicos de lotes de leilões, com preços abaixo do valor de mercado, conseguiu arrecadar mais de R$ 100 mil de várias vítimas, entre elas médicos e advogados.

As investigações coordenadas pela equipe da DRFR revelaram que somente de uma das vítimas do golpe, um escritório de advocacia, Rodrigo conseguiu tomar R$ 90 mil. O mandado de prisão cumprido no sábado foi expedido pela 12ª Vara Crime de Salvador, e o falsário será encaminhado ao sistema prisional.