Jardim Atlântico foi um dos que fecharam em 4 anos || Foto Marina Silva/Correio24h

Tinta descascada, fachada com remendos e vegetação que cresce na parede úmida são sinais de abandono que não lembram nem de longe os tempos áureos de alguns hotéis em Salvador. A capital é a segunda no país, entre as que sediaram a Copa do Mundo de 2014, que registrou o fechamento do maior número de hotéis nos últimos quatro anos. Foram 21 unidades fechadas, de acordo com um levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih Nacional), divulgado nesta segunda-feira (6). Em Belo Horizonte (MG), 23 hotéis encerraram as atividades.

Hotel Patamares, Pousada Bayona, Porto Farol Apart Hotel, Belmar Hotel, Pestana Bahia Hotel – um dos mais tradicionais, com 433 apartamentos – e o Tulip Inn estão na lista. Ao todo, estima-se que o setor turístico de Salvador tenha perdido 30 mil vagas de emprego, aponta o Correio24h.