Estilista teve pertences furtados|| Foto Redes sociais

O estilista Mar Ramos, de 51 anos, encontrado morto nesta quarta-feira (8),na casa onde morava, no centro de Itabuna, teve pertences, como roupas de marca, celular e anel de formatura, furtados, segundo informações da Polícia Civil.

O corpo do estilista foi encontrado por uma mulher que trabalha na casa dele. O companheiro da vítima, que não teve a identidade divulgada, é principal suspeito do crime. O homem morava com o estilista há 30 dias, segundo testemunhas. Ele é procurado pela polícia.

O corpo de Mar Ramos foi achado na cama dele, com sinais de agressões no rosto e em outras partes da cabeça, além das mãos. Uma pá de pedreiro ensanguentada estava ao lado do cadáver. Uma perícia deve determinar se a ferramenta foi usada ou não no crime.

Ramos nasceu em Pau Brasil e morava em Itabuna há mais de 15 anos. Na casa onde estilista foi encontrado morto também funcionava o seu ateliê.Ele atuava como consultor e produtor de moda em Itabuna e outras cidades do sul da Bahia. O estilista tinha mais de 30 anos de carreira.O corpo do estilista está sendo velado no SAF e o sepultamento será na manhã desta quinta-feira (9), no Cemitério Campo Santo, em Itabuna. Com G1-BA.