Imeam é uma das escolas onde o ensino piorou.

Dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) confirmam queda na qualidade do ensino nas escolas municipais em Itabuna. De acordo com o levantamento, somente duas das 16 escolas da zona urbana alcançaram o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Os dados oficiais revelam também que mais de 80% registraram regressão na qualidade do ensino nos últimos anos, tanto nas séries iniciais quanto nas séries finais do Ensino Fundamental. O Ideb é feito a cada dois anos em todos os municípios brasileiros.

Um dos exemplos de educação ruim em Itabuna foi verificado no Colégio Sesquicentenário (Ciso), que estava com nota acima da meta há 10 anos e hoje capenga. Segundo o MEC, em 2007 a unidade situada no bairro de Fátima atingiu 5,1, quando a meta era de 4,4 para as séries finais do Ensino Fundamental (do 6º ao 9º ano). Uma década depois a nota baixou para 3,5, quase 2 pontos abaixo da meta prevista de 5,8. A nota de 2017 ficou abaixo dos 4,4 pontos de 2015.

O Ciso não teve número mínimo de alunos participantes nas séries iniciais (1º ao 5º ano do ensino fundamental) em 2017, mas os dados dos anos anteriores mostram quedas seguidas nas notas. Para 2015, a meta era 5,2, mas ficou em 4,7. Muito abaixo da nota de 2013, quando a escola conseguiu 5,2, superando a meta de 4,9.

IMEAM

Outra unidade escolar com resultado muito ruim no Ideb foi o Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam), que em 2017 teve nota Ideb de 2,6, muito distante da meta de 4,9 estabelecida pelo MEC. No ano passado, a unidade instalada no centro de Itabuna registrou número insuficiente de participantes na avaliação para as séries finais.

A Escola Genival Correia de Almeida, localizada no bairro João Soares, também ficou longe de atingir o Ideb nas séries iniciais. O desafio era alcançar 5,8 em 2017, mas não passou do vergonhoso 2,7. A nota foi inferior à obtida em 2015, quando a unidade conseguiu 4,6. No ano passado, a escola não teve o número suficiente de alunos participantes para avaliação nas séries finais.

COMO É FEITA A AVALIAÇÃO DO IDEB

O Ideb é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e a taxa de aprovação, indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar, ou seja, na progressão dos estudantes entre etapas/anos nos ensinos fundamental e médio.

Na avaliação do MEC, essas duas dimensões, que refletem problemas estruturais da educação básica brasileira, precisam ser aprimoradas para que o país alcance níveis educacionais compatíveis com seu potencial de desenvolvimento e para a garantia do direito educacional expresso em nossa constituição federal.

Veja a seguir a situação nas demais escolas que funciona na zona urbana.

Escolas                                     bairros                      séries inciais                                   séries finais

Brasília Baraúna,                    São Roque                sem nota                                         Ideb 2,2

Ewerton Chaloup                      Zizo                         Ideb 3,5* e a meta era 5,3                sem nota**

Eduardo Fonseca -Sítio II      Fonseca                   Ideb 3,2* e a meta era 4,5               sem nota**

Educandário Isa Brito            Banco Raso             Ideb 5,4 , acima da meta  5,1            sem nota**

João Mangabinha F.               Mangabinha            Ideb 4,0 e a meta era 5,1                   sem nota**

Margarida Pereira                   Pedro Jerônimo      Ideb 2,6* e a meta era 4,9                sem nota**

Maria Rosa                               Antique                      Ideb 3,2, acima da meta 3,0            sem nota**

Novo Horizonte                       Novo Horizonte       Ideb  3,7* e a meta era 4,6                sem nota**

Lions Club de Itabuna           Santo Antônio           Ideb 3,3* e a meta era 4,8                sem nota**

Plínio de Almeida                   Lomanto                     Ideb 3,9 e a meta era 4,5                  sem  nota**

Só o Amor Constrói              Santo Antônio             Ideb 4,4* e a meta era 5,4                 sem nota**

Verdes Campos                     Monte Cristo               Ideb 4,9* e a meta era 5,6                  sem nota**

28 de Julho                           Nova Califórnia           Ideb 3,9* e a  meta era 5,1                  sem nota**

*Nota menor que em 2015

** não participou ou não atendeu os requisitos necessários para ter o desempenho calculado