Receita federal notifica 22 mil empresas

Cerca de 22.300 empresas estão sendo notificadas pela Receita Federal, por meio de carta, para corrigirem inconsistências nas declarações de recolhimento de FGTS e Contribuição Previdenciária.A medida faz parte do Projeto Malha Fiscal da Pessoa Jurídica, que tem como objetivo combater a sonegação fiscal.

Nesta etapa, a Receita Federal investigou declarações feitas por pessoas jurídicas desde setembro de 2013 até dezembro de 2017 e encontrou indícios de que cerca de R$ 1,6 de bilhão em imposto previdenciário pode ter sido sonegado em todo o país.

A investigação foi feita a partir do cruzamento de informações eletrônicas.A Receita começou a realizar este procedimento no início de 2017. Após receber a carta, as empresas podem corrigir as informações e pagar o valor devido voluntariamente. Se isso não for feito, elas correm o risco de receber multas de 225% do montante sonegado e de serem acionadas na Justiça pelo Ministério Público Federal. Com informações da EBC.