Gracinha recorre contra cassação || Foto Maraú Notícias

A prefeita de Maraú, Gracinha Viana (PP), entrou com recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) contra a sentença, de primeira instância, que determinou a cassação da gestora do município sul-baiano devido à compra de votos na eleição de 2016. Advogados da oposição, Huryck Simões e Wagner Ayres já entraram com as contrarrazões.

Caso o TRE baiano mantenha a sentença de 1º grau, Gracinha Viana será afastada do cargo. Para ser cassada definitivamente, dependerá de decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A sentença do juiz Nascimento Júnior foi proferida no último dia 29 de agosto, que julgou procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) movida pela Coligação Um novo caminho para Maraú, de Vera Lúcia (PSB).