WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia





setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: 30/set/2018 . 18:48

PRESIDENCIÁVEIS DEBATEM NA RECORD NESTE DOMINGO

Debate não terá presença de Bolsonaro || Foto Diário Brasil

A Rede Record promove debate com os presidenciáveis na noite deste domingo (30), a partir das 22h, ainda sem Jair Bolsonaro (PSL), que recebeu alta médica ontem, após mais de 20 dias após levar facada.

Os candidatos Álvaro Dias (Podemos), Cabo Daciolo (Patriota), Ciro Gomes (PDT), Fernando Haddad (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede) participam do confronto.

ELEIÇÕES MUDAM DATA DE INÍCIO DO HORÁRIO DE VERÃO

Horário de verão entra em vigor em novembro

As eleições vão causar mudanças até no cronograma do horário de verão. Tradicionalmente, o início é a partir da meia-noite do terceiro domingo de outubro, mas neste ano foi adiado para dia 4 de novembro – primeiro domingo após o segundo turno. Com 15 dias a menos, o novo horário durará cerca de três meses, até o dia 6 de fevereiro de 2019.

No entanto, é possível que essa data ainda sofra modificações. O Ministério da Educação (MEC) solicitou ao presidente Michel Temer o adiamento do início do horário de verão em razão das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A avaliação do MEC é que a alteração no horário poderia gerar confusão, fazendo com que candidatos possam perder o exame devido à alteração no horário.

ALTERAÇÕES

A decisão de adiar o início do horário de verão ocorreu no final de 2017, quando Temer atendeu a um pedido do ministro Gilmar Mendes, então presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e assinou um decreto para reduzir o período com o objetivo de evitar conflitos com as eleições.

A expectativa é que a medida dê mais agilidade à apuração dos votos, pois a diferença máxima de fuso horário em relação a Brasília, também durante o segundo turno das eleições, continuará sendo de duas horas e não de três horas, como ocorre a partir da entrada em vigor do horário de verão.

Outro reflexo da medida deve ser percebido na divulgação dos resultados parciais da votação para presidente da República, que só pode começar após a conclusão da votação em todo país.

Neste ano, municípios do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná, de São Paulo, do Rio de Janeiro, Espírito Santo, de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e do Distrito Federal adiantam em uma hora o relógio.

O leste do Amazonas, Roraima e Rondônia deixam o relógio atrasado em duas horas em relação a Brasília, enquanto Acre e parte oeste do Amazonas atrasam o relógio em três horas em relação ao horário oficial do país.

ENEM

As datas das provas do Enem foram marcadas para os dias 4 e 11 de novembro. No dia 4, serão aplicadas as questões de linguagem, ciências humanas e redação, com duração prevista de 5 horas e 30 minutos. No dia 11, será a vez das questões envolvendo ciências da natureza e matemática, com duração de 5 horas. A abertura dos portões será às 12h e o fechamento, às 13h.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não discute a possibilidade de alterar as datas das provas. Caso o pedido não seja acatado, o horário de verão começará à 0h do dia 4 de novembro e terminará em 16 de fevereiro de 2019.

COOPERAST FECHA APOIO AOS CANDIDATOS ROSEMBERG PINTO E ELIZANGELA ARAÚJO

Rosemberg discursa em evento da Cooperast

A Cooperativa de Desenvolvimento Teritorial (Cooperast), com sede em Itabuna, fechou apoio aos candidatos a deputado estadual Rosemberg Pinto e a federal Elizangela Araújo neste ano. O martelo foi batido em evento com associações de agricultores familiares, entidades parceiras e cooperantes da Cooperast.

Segundo o presidente da Cooperast, Vinícius Monteiro, os dois candidatos são nomes que apoiam a agricultura familiar. “Rosemberg Pinto atua em defesa da agricultura familiar e desenvolvimento de condições que favorecem o trabalho no campo”. Já a candidatura de Elizangela, apontou que a candidatura dela é resultado do empenho de parceiros para o desenvolvimento para o campo e a cidade.

Segundo Vinícius, “é fundamental o apoio da instituição aos candidatos que trabalham em defesa da proposta política que trará desenvolvimento e comprometimento com a agricultura familiar, fortalecendo assim suas ações”. Diretor-executivo da Cooperast, Marcello Layandys ressaltou que o papel da cooperativa está muito além de apenas escolher candidatos. Para ele, é preciso conscientizar o eleitor da importância de eleger representantes que abraçam a causa da agricultura familiar.

DEM CRESCE NO CENÁRIO NACIONAL, MAS FUGIU DA RAIA NA DISPUTA BAIANA

Neto, ao centro, foi eleito presidente do DEM no primeiro semestre || Foto Divulgação

As eleições de 2018 trazem bons ventos a um dos principais partidos do “Centrão”, o DEM do prefeito de Salvador, ACM Neto. A legenda poderá assumir o comando dos governos estaduais de Goiás, com Ronaldo Caiado, Mato Grosso, com Mauro Mendes, e Rio de Janeiro, com o ex-emedebista Eduardo Paes, governando população de 26,8 milhões de habitantes.

– O DEM ganhou muito no governo Temer, atuando em ministérios, no Congresso. Se fortaleceu depois de um tempo atuando de forma inexpressiva – diz a cientista política Vera Chaia, da PUC-SP, ao Estadão.

Além da expectativa de vencer o pleito em três estados, o DEM espera eleger 40 deputados em 2018 ante os 22 em 2014, um dos períodos mais difíceis do partido que foi rebatizado após ser conhecido como PFL e ter nome envolvido em grandes escândalos nacionais com figuras como o ex-senador de Goiás Demóstenes Torres e o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda.

O partido cresce com o prefeito de Salvador no comando, mas ACM Neto, na Bahia, foi bastante criticado por aliados por ter “amarelado” no início de abril deste ano, quando decidiu não concorrer ao governo do Estado. Fez as contas e preferiu não enfrentar o petista Rui Costa. Hoje, pesquisas Ibope e Big Data revelam Rui na faixa dos 60% das intenções de voto. Neto preferiu continuar à frente da prefeitura. Corre, ainda, o risco de ver a bancada de oposição diminuir no Estado tanto nos planos estadual como federal.

BRASIL PERDE ANGELA MARIA, A RAINHA DO RÁDIO

Angela Maria estava internada há um mês || Foto Thiago Duran/AgNews/R7

Aos 89 anos, morreu em São Paulo, a cantora Angela Maria. Ela estava internada há 34 dias, no Hospital Sancta Maggiore em decorrência de um quadro de infecção. O velório e o enterro ocorrerão hoje (30) no Cemitério Congonhas. De acordo com a família, foi um período de sofrimento para a artista.

A cantora morreu na noite deste sábado (29). Em um vídeo, publicado no Facebook, Daniel D’Angelo, marido da cantora, Alexandre, um dos quatro filhos adotivos do casal, e um assessor confirmaram a morte e pediram orações. Também afirmaram que jamais deixarão a estrela dela apagar.

Angela Maria, conhecida como a Sapoti, foi uma das rainhas do rádio e de estrondoso sucesso entre os anos de 1950 e 1960, em um vídeo no Facebook. “É com meu coração partido que eu comunico a vocês que a minha Abelim Maria da Cunha, a nossa Angela Maria, partiu, foi morar com Jesus”, disse Daniel D’Angelo.

MAIS DE 60 MILHÕES DE DISCOS VENDIDOS

Angela Maria, nasceu em Conceição de Macabu, no Rio de Janeiro. Foi operária e teve várias atividades profissionais, mas sempre quis seguir carreira artística. Mas jamais deixou de cantar.

A artista se consagrou na era dourada do rádio, tornando-se uma referência ao lado de Maysa, Nora Ney e Dolores Duran. Recentemente, a cantora disse que gravou 114 discos e vendeu aproximadamente 60 milhões de exemplares.

Em 2012, tentou seguir carreira política. Candidatou-se a vereadora da cidade de São Paulo, mas não se elegeu. Há três anos foi lançada a biografia Angela Maria: a eterna cantora do Brasil, escrita pelo jornalista Rodrigo Faour, que reuniu depoimentos e relatos da cantora. Com informações da Agência Brasil.

MAIS DE CEM TARTARUGAS SÃO ENCONTRADAS MORTAS NO SUL DA BAHIA EM 2018

Projeto no sul da Bahia contabiliza mais de 100 mortes de tartarugas

Mais de cem tartarugas já apareceram mortas nas parias do sul da Bahia, este ano. Segundo informações do Projeto Tamar, só entre agosto e setembro foram 42. Em 2017, foram cerca de 75 mortes durante o ano inteiro.

De acordo com a entidade, que atua na proteção de tartarugas, as causas mais comuns das mortes dos bichos são a ingestão de lixo e a captura acidental em redes de pesca.

Segundo a bióloga Stella Tomás, nesta época do ano, o número de tartarugas mortas tende a aumentar, porque é época de reprodução. “Agora em setembro já começa o período reprodutivo delas, e em outubro elas começam a subir para desovar e ficam mais próximas do litoral. Então o risco aumenta, tanto com a questão de ingestão de lixo, como de captura acidental nas redes”, explica ao G1BA.

Ela destaca que, caso uma pessoa encontre uma tartaruga na praia, viva ou morta, ela deve entrar em contato com o Projeto Tamar.

“E se ela estiver viva, não pega o animal e solta diretamente no mar, porque às vezes é uma fêmea que está subindo para reproduzir. E aí você está interrompendo o ciclo, o que pode trazer problemas”, acrescenta.

O veterinário Wellington Laudano afirma que, além da morte das tartarugas, há pessoas que pegam ovos dos ninhos, para comer. “Infelizmente há a violação de ninhos. Só quem pode fazer monitoramento e manipulação são pessoas especializadas e autorizadas”, diz.

MANHÃ DE PRIMAVERA NA ALAMEDA DA JUVENTUDE

Manhã de Primavera leva música e arte à Beira-Rio em saudação à Primavera

Alunos da Escola Curumim, de Itabuna, promovem uma releitura de Domingo no Parque, um dos grandes sucessos do músico baiano Gilberto Gil, na Alameda da Juventude, na Beira-Rio, a partir das 8h deste domingo (30). A proposta da 28ª edição da Manhã de Primavera da Curumim é, por meio da música, falar de um setembro dourado e de amor à vida, segundo a direção da escola.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia