O petista Rui Costa foi o mais votado na disputa ao governo baiano em Itabuna. No maior município sul-baiano, ele obteve 63,12% dos votos (58.836 votos). Zé Ronaldo (DEM) ficou com 33,4% (31.136).

A disputa pela presidência da República teve vitória de Jair Bolsonaro (PSL) em Itabuna, com 40,62% (42.190 votos), sendo perseguido por Fernando Haddad (PT), que alcançou 36,57% dos votos válidos (37.980 votos).

Mangabeira, do PDT, foi o mais votado para deputado federal

SENADO FEDERAL

Na corrida ao Senado, também houve vitória do campo oposicionista. Irmão Lázaro (PSC) alcançou 43.917 votos (26,43%). Jaques Wagner (PT) obteve 39.191 votos (23,59%) e Angelo Coronel (PSD) teve 37.137 (22,35%). Wagner e Coronel foram eleitos senadores baianos.

DEPUTADO FEDERAL

Segundo colocado na eleição a prefeito itabunense em 2016, Dr. Mangabeira (PDT) foi o preferido do eleitor para o cargo de deputado federal em Itabuna neste domingo (7), com 19.944 votos. Em segundo, Josias Gomes (PT) obteve 5.754 votos. Roberto José (Rede) ficou com 5.156, seguido de Dayane Pimentel, que atingiu 3.994 votos.

DEPUTADO ESTADUAL

Assim como na disputa federal, o mais votado para a Assembleia Legislativa em Itabuna concorreu ao cargo de prefeito do município em 2016. O deputado estadual e candidato à reeleição Augusto Castro (PSDB) obteve 12.538 votos em Itabuna neste domingo.

O segundo mais votado também concorreu à prefeitura no último pleito: Geraldo Simões (PT) alcançou 9.088. O vereador Enderson Guinho (PDT) conseguiu 8.444 votos, seguido por Jairo Araújo (PCdoB), que é colega de Guinho na Câmara de Itabuna, com 4.188. Rosemberg Pinto (PT) obteve 3.605 votos.