Laytyane e os contratos e cartões roubados || Imagens PC-BA

Equipes da Delegacia de Polícia Civil de Canavieiras prenderam em flagrante Laytyane Laytynher Costa, de 35 anos, acusada de manter uma idosa, de 82 anos, em sua casa e cometer estelionato. Desaparecida desde 29 de setembro, a vítima foi levada por Laytyane, da cidade de Santa Luzia, onde mora, para Canavieiras.

Conforme as investigações, Laytyane, que se apresentava como funcionária de um banco, levou a idosa para Canavieiras com a promessa de empréstimos e vantagens financeiras. Ela manteve a vítima na sua casa, reteve o cartão da conta bancária e realizou saques de valores dos benefícios, de pensão e aposentadoria, da mulher de 82 anos.

Com a chegada dos policiais, Laytyane tentou fugir pelos fundos da casa, mas foi alcançada. Com ela foram encontrados os documentos da idosa de 82 anos, 17 cartões de benefícios de aposentados, procurações e contratos de empréstimos consignados, além de documentos pessoais de outros idosos.

Laytyane foi autuada em flagrante por estelionato e por retenção de cartão magnético de idoso, crime descrito no Estatuto do Idoso. Após a prisão da acusada, mais cinco denúncias contra ela chegaram à delegacia de Canavieiras. Laytyane segue presa à disposição da Justiça.