Professores ocupam Secretaria de Educação de Itabuna

Do Diário Bahia

Um grupo de professores da rede municipal, que está em desvio de função, ocupa a sala da Secretaria de Educação de Itabuna, no Centro Administrativo, desde as 10 horas da manhã desta quarta-feira (31). A cobrança é o pagamento dos dois meses de salários atrasados.

Com a presença da assessoria jurídica e da diretoria do sindicato, eles enviaram mais um ofício pedindo audiência com o prefeito Fernando Gomes, porque querem ouvir dele ou do secretário da Fazenda, Moacir Messias, a previsão de quando será paga a remuneração. Ao todo, são 157 professores que estão em desvio de função, atuando fora da sala de aula devido a recomendação médica.

Afora essa pendência, continua a paralisação iniciada em setembro, envolvendo toda a rede municipal. Somada esta greve e outros dias anteriores sem aula, o calendário de reposição poderá estender-se até depois do Carnaval do próximo ano. É o que afirma a presidente do Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna(SIMPI), Maria do Carmo Oliveira, a Carminha Oliveira.

Cerca de 18 mil estudantes da rede municipal de Itabuna estão há quase dois meses sem aula por causa da greve do profissionais da educação, que revindicam reajuste de 6,81%. Já o município oferece 2,8% parcelados.