Professores, Câmara e município avaliam reordenamento || Foto Pedro Augusto

Vereadores itabunenses estão acompanhando o reordenamento na rede municipal de ensino. As mudanças começaram a ser executadas neste início de 2019 pela Secretaria de Educação de Itabuna e afeta, principalmente, estudantes de bairros como Fátima, Califórnia, Parque Boa Vista que estavam matriculados no Colégio Ciso. “Nos propomos a ajudar o Governo na busca de soluções para manter o funcionamento do Ciso”, disse Manoel Júnior (PV), primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara.

O vereador representou o presidente Ricardo Xavier (PPS) no encontro na Usemi, com a participação das secretárias Nilmecy Gonçalves (Educação) e Maria Alice Pereira (Governo) e do vice-prefeito Fernando Vita. Para o Governo, o fim da parceria com o Ciso seria justificável pela contenção de despesas (aluguel e energia elétrica). A intenção é transferir os alunos para o Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam).

Mais cedo, na manhã de quarta, um grupo de sete vereadores visitou o Ciso. A comitiva parlamentar, da qual fez parte o presidente Ricardo Xavier, reuniu-se com pais de alunos que fizeram apelos pela permanência da escola, que funciona há várias décadas, no bairro de Fátima. Após a visita, Ricardo agendou audiência com o chefe do Executivo para segunda (14). “Abrimos esse canal para que pais e alunos dialoguem diretamente com o prefeito”, ressaltou Xavier.