Cidade da cachaça não registra homicídio há cinco anos

O município de Abaíra, também conhecido como a cidade da cachaça, completou cinco anos sem registros de homicídio. A última ocorrência deste tipo de crime no município da região da Chapada Diamantina foi registrado no dia 4 de janeiro de 2014, segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Em parceria com a 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Seabra), a 29ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) desenvolve atividades que visam a prevenção e redução de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs).

As rondas e abordagens em áreas rurais e urbanas são consideradas pelas polícias umas das principais ações que evitam delitos contra a vida. Desta forma, bares, pessoas e veículos são constantemente alvos de revistas preventivas.

FESTIVAL DA CACHAÇA

Para o comandante de Policiamento da Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Chapada, coronel PM Valter Araújo, “isso é resultado do trabalho integrado das unidades de defesa social que de foma unida buscam fortalecer as diversas atividades policiais que temos na região. Abaíra, além de ser produtora e fornecedora de aguardente é também uma cidade que atrai inúmeros turistas para o Festival da Cachaça’, que acontece a cada dois anos”, pontuou .

O diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis, salientou ainda o trabalho de inteligência como outro fator preponderante na ausência de crimes contra a vida. “Conseguimos nos antecipar a alguns fatos e impedi-los. Agradecemos também à população que colabora com o trabalho das forças de segurança”, completou.