Prefeito Fernando Gomes recebe representantes do Ciso e da Câmara || Foto Divulgação

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, sinalizou nessa segunda (14) pela permanência da parceria com o Colégio Ciso, desde que haja redução nas despesas bancadas pelo Município. Um levantamento será feito pela Secretária de Educação, Ciso e Câmara Municipal para propor economia de despesas. Já na audiência, Ciso propôs redução de 20% no aluguel do imóvel. Outra alternativa será diminuir comissionados na escola.

Alegando dificuldades financeiras na Prefeitura, Fernando Gomes definiu como “constrangedor e desagradável” a necessidade de encerrar o contrato com o Ciso. Na audiência dessa manhã, intermediada pela Legislativo, FG recordou a ligação dele com o fundador do Ciso, o ex-vereador Josué Brandão, falecido em 1989. “Ele morreu [em Plenário] me defendendo”, recordou Fernando.

Comentando o resultado da audiência, o presidente da Câmara, Ricardo Xavier (PPS), disse que “o Ciso permanecer aberto é uma vitória para Itabuna”, ao mesmo tempo em que defendeu a revitalização do Imeam, colégio municipal sugerido pelo governo para receber os alunos e funcionários transferidos do Ciso. “São duas instituições históricas muito importantes para nossa cidade”.

Dois estudantes discursaram emocionados em defesa do Ciso. Fernanda Santana, do 8º Ano, elogiou a boa localização da escola, o que permite a estudantes irem a pé para o colégio. A metodologia de ensino e espaço reservado à pratica de esportes (como natação) seriam outras vantagens do Ciso, na visão do estudante do 9º ano, João Ítalo Freitas.

Participaram da reunião as secretárias Maria Alice Pereira (Governo) e Nilmecy Gonçalves (Educação) e os vereadores Júnior Brandão (PT) e Beto Dourado (PSDB), além do priemiro secretário da Câmara, Manoel Júnior (PV).