Joelson acabou baleado em ataque que tinha o tio como alvo || Reprodução Facebook

O suspeito de balear e matar o garoto Joelson Neto França de Oliveira, de 8 anos, na cidade de Eunápolis, no sul da Bahia, foi identificado pela Polícia Civil no domingo (13). Segundo a polícia, após cometer o crime, João Vitor Fonseca Cardim, de 20 anos, acompanhou o velório da criança, informa o G1-BA.

O crime aconteceu no início do mês, quando o garoto estava em um bar com o tio, que era o alvo dos disparos.

A suspeita é de que João Vitor tenha agido a mando de um traficante, em uma cobrança de R$ 400,00 de uma dívida de drogas.

João Vitor foi assassinado a tiros, na manhã desta segunda (14), no Residencial Paquetá, em Eunápolis, onde ele estava escondido.

O tio da vítima e alvo dos disparos, Iago França dos Anjos, de 24 anos, também foi baleado na ação. Na época, ele foi levado para o Hospital Regional de Eunápolis. Iago prestou depoimento à polícia e contou que contraiu a dívida ao atuar no tráfico de drogas. Ele disse que não atua mais no tráfico e que quitou a dívida semanas antes do ataque. Com G1 e Redação.