Barbosa aponta queda de 74% em número de roubo a bancos || Foto Carla Ornelas

Suspeitos foram presos com explosivos no sul da Bahia

A Bahia registrou queda de 74% no número de roubos a bancos em quatro anos, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-BA). O estado registrou 276 ocorrências deste tipo em 2014 contra 66 em 2018.

De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, há cinco anos que este tipo de crime segue em rota decrescente. Dos 276 casos em 2014, o número passou em 2015 para 252. Em 2016, a polícia investigou 115 assaltos. Em 2017, caiu para 108. Já em 2018, 66 ocorrências.

Na semana passada, polícias desarticularam, em Salvador e Almadina, duas quadrilhas especializadas durante ações das polícias Civil, Militar e Federal. No total, sete criminosos foram presos e três morreram em confrontos. Foram apreendidos explosivos, fuzil, pistolas, coletes balísticos, munições e veículos.

O último ataque ocorreu ao Posto de Atendimento Bancário do Bradesco em Almadina, no sul da Bahia, quando aproximadamente 10 bandidos explodiram o caixa eletrônico e destruíram o imóvel. Moradores falaram em mais de 100 disparos e gritos para que não saíssem de casa. Dois dos bandidos morreram em confronto com a polícia em Itapitanga e outros dois foram presos.

Posto do Bradesco em Almadina ficou destruído

“É inegável o empenho das forças de segurança nas reduções seguidas. Precisamos valorizar o trabalho de cada policial em ações de inteligência que duram meses e também nos momentos em que é preciso usar a força”, destaca o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.