Marão, prefeito de Ilhéus, fala em cargo para a mãe, Ângela Sousa

Do Metro1

Rejeitada pelas urnas, a ex-deputada estadual Angela Sousa (PSD) pode estar perto de garantir uma vaga no segundo escalão do governo Rui Costa (PT).

Aliados da deputada conversavam ontem (7), durante a nomeação de novos secretários, sobre o intento. Prefeito de Ilhéus e filho de Angela, Mário Alexandre, mais conhecido como Marão, disse esperar com paciência pelo espaço. “Primeiro é isso aí, o primeiro escalão”, disse.

Em tom jocoso, brincou com um colega que, se não conseguisse, iria mandar a mãe para se empregar em uma cidade do interior.

Perguntado sobre sua candidatura de reeleição, avaliou como “difícil”. “É complicado tomar conta de tudo em pouco tempo. Pegamos a cidade acabada”, desabafou.

A dificuldade sentida por Marão foi por Angela nas urnas. Na última eleição, ela teve apenas 9 mil votos na cidade. Ficou atrás de Cacá Colchões, seu adversário político, com 12 mil sufrágios.

Angela Sousa está acossada ainda por investigações no Ministério Público Federal. A ex-parlamentar é acusada de praticar fraudes que são apuradas pela operação Águia de Haia.