Barragens na Bahia atingem ótimo nível de reservação, segundo a SIHS || Arquivo Pimenta

As chuvas dos últimos meses no Estado promoveram a recuperação de reservatórios importantes para a garantia da segurança hídrica da população baiana. A barragem de Ponto Novo, localizada no Rio Itapicuru Açu, município de Ponto Novo, operada pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), teve um aporte de 13,3 milhões de metros cúbicos (m³) de água em menos de 12 dias.

Segundo a SIHS, o volume armazenado saltou de 74,64% da sua capacidade, em 23 de março, para mais de 100% na primeira semana de abril, estando atualmente com 97,64% da sua capacidade. Isso garante tranquilidade aos sistemas de abastecimento dos municípios de Ponto Novo, Filadélfia, Caldeirão Grande, Senhor do Bonfim, Itiúba, Jaguarari e Andorinhas. São beneficiados cerca de 217 mil habitantes atendidos pela barragem, além do Projeto de Irrigação de Ponto Novo, que tem uma importante área produtiva e geradora de empregos no município, com base na agricultura irrigada.

Da mesma forma, a barragem de Pedras Altas, localizada no Rio Itapicuru Mirim, município de Capim Grosso, operada pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), teve uma recuperação impressionante, saindo de 33% da sua capacidade em 22 de março, para os atuais 94,69%, recebendo nada menos que 22,14 milhões de m³. Isso tranquiliza outro grande sistema de abastecimento, o da região do Sisal, que atende a uma população total de mais de 241 mil pessoas.

A barragem de Sobradinho, território Sertão do São Francisco, maior reservatório do estado, com uma capacidade total de armazenamento de 34,11 bilhões de m³ de água, também se recuperou. Sobradinho se encontra em uma situação confortável, neste final de período úmido, registrando atualmente 48,76% do seu volume útil (19,43 bilhões de m³), tendo tido um aporte de 10,7 bilhões de m³ desde o mês de novembro passado, quando se encontrava com 22% da sua capacidade. Esse volume aportado por Sobradinho representa mais de duas vezes o volume total da barragem de Pedra do Cavalo. Dessa forma poderemos atravessar bem o restante do ano, sem restrições nos usos que dependem desse reservatório, dentre eles abastecimento humano, e irrigação.

Para para o secretário de Infraestrutura Hídrica, Leonardo Góes, esse aumento na reservação cria uma situação confortável no nosso Estado, principalmente na região do semi-árido mas “é importante salientar que a população baiana continue economizando e usando a água de modo sustentável “.

Outras barragens localizadas no Estado da Bahia que tiveram uma recuperação considerável, segundo o governo baiano, foram Jacurici, município de Cansanção; Cocorobó, em Canudos; Zabumbão, em Paramirim; Gasparino, em Coronel Joao Sá; e Pedra do Cavalo, em Cachoeira.