Imeam atraiu mais alunos e está em reforma || Foto Wilson Oliveira/Arquivo

As aulas nas escolas da rede municipal de Itabuna começam na próxima quinta-feira (16) com pouco mais de 16,6 mil alunos matriculados para o ano letivo de 2019. As atividades preparatórias começaram desde a semana passada, com a realização da pré-jornada e da jornada pedagógica da rede. O início tardio do ano letivo se deve a greves dos educadores no período 2017-2018.

Apesar da grande queda no número de alunos na rede municipal, a Secretaria de Educação de Itabuna aponta que houve aumento no alunado do Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam), que saiu de 700 alunos em 2018 para 1.100 em 2019. O colégio terá 37 turmas neste ano.

O acréscimo se deve, principalmente, ao fim do convênio do município com o Ciso. O convênio foi rompido, unilateralmente, pelo prefeito Fernando Gomes com o colégio por questões político-partidárias. Os alunos tiveram que ser remanejados para o Imeam, que terá como um dos atrativos a adoção do modelo militar.

De acordo com a secretária de Educação, Nilmecy Gonçalves, o número de alunos até agora, na rede, é 16.623, porém as matrículas para o ano letivo estão abertas até 31 de maio. A expectativa, segundo ela, é que a rede alcance 18 mil alunos matriculados. A rede conta com 1.223 professores e 800 funcionários de apoio, conforme dados da Secretaria de Educação de Itabuna.