Vereador Tarcísio Paixão se entregou à Justiça no início da tarde || Foto Blog do Gusmão

O ex-presidente da Câmara de Ilhéus Tarcísio Paixão, do PP, acaba de se entregar à Justiça. Investigado por atos de corrupção no legislativo, o vereador estava foragido desde a última quarta-feira (15), quando foi deflagrada a Operação Xavier (Chave E).  Tarcísio se entregou no Fórum Epaminondas Berbert de Castro, sendo indiciado.

A operação resultou na prisão do ex-vereador e secretário de Agricultura de Ilhéus, Valmir Freitas, exonerado na última quarta pelo prefeito Mário Alexandre (Marão), além dos contabilistas Aêdo Laranjeiras e Cleomir Primo. Tarcísio é acusado de desviar R$ 260 mil da Câmara em um contrato com a empresa SCM Contabilidade. A decisão do ex-presidente de se entregar foi publicada pelo Blog Agravo e confirmada pelo PIMENTA.

FORAGIDOS

Continuam foragidos o vereador e ex-presidente da Câmara Lukas Paiva (PSB), Paulo Leal e Leandro da Silva Santos. Ainda como desdobramento da operação, o vereador Aldemir Almeida foi afastado e proibido de comparecer à Câmara.