Servidores municipais em Itabuna têm reajuste de 2,5%

O Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna (Sindserv) acusa a prefeitura de não conceder o reajuste oferecido no início das negociações com os trabalhadores. A entidade reclama que o governo recuou da proposta da apresentada na primeira rodada de negociação, quando ofereceu 3% de reposição, além de aumento de R$ 100,00 no tíquete alimentação para a categoria.

Depois de muita discussão e ânimos exaltados, o governo municipal decidiu conceder reposição salarial de 2,5% e R$ 100,00 de aumento no tíquete. O Sindserv conseguiu elevar a linha de corte do tíquete para R$ 2.100,00. Dessa forma, o servidor que recebe até esse valor passará a ter um tíquete de R$ 300,00 e quem tem um salário acima de R$ 2.100,00 receberá R$ 200,00.

Como a folha de pagamento de maio já foi fechada, os reajustes serão efetuados na folha de junho, sendo que o retroativo referente ao mês de maio será pago em 3 parcelas nos meses de junho, julho e agosto.

INSATISFEITO

O Sindserv afirma que encerrou, nesta terça-feira (28), as “discussões das pautas econômicas da Campanha Salarial 2019 manifestando publicamente sua indignação com a maneira desrespeitosa com que a administração se comportou na mesa de negociação”.

O sindicato ressalta que o município recuou de uma proposta por ele mesmo apresentada no início das negociações. Para entidade, ” a decisão configurou uma conduta de verdadeiros moleques, que não honram aquilo que dizem, não de gestores comprometidos com a coisa pública”.