Baiano Daniel Alves também deixou o dele na partida contra o Peru || Imagem CBF

O Brasil desencantou na Copa América 2019, neste sábado (22), ao golear a Seleção do Peru, por 5 a 0, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP). Após somar 7 pontos em três jogos na fase classificatória, a equipe agora aguarda a definição de quem será a adversária nas quartas de final. O jogo será na próxima quinta-feira (27), às 21h30min, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

A Seleção foi convincente não apenas no placar. Jogou bem nos dois tempos e ainda se deu ao luxo de perder um pênalti, no finalzinho da partida, em lance não convertido pelo atacante Gabriel Jesus, aos 48min da etapa final.

O placar foi aberto aos 13min do primeiro tempo, por Casemiro. O atleta do Real Madrid fez o seu primeiro gol pela Seleção, porém levou segundo cartão amarelo e não poderá jogar nas quartas de final.

Logo depois, o Brasil ampliou com Roberto Firmino. O goleiro peruano vacilou ao tentar afastar a bola da área. Firmino conseguiu rebater. A bola foi na trave e, no rebote, o jogador brasileiro conseguiu driblar Pedro Gallese e ampliar, aos 19min. Já aos 31min, Everton “Cebolinha” conseguiu avançar em direção ao centro da grande área, deu corte e chutou para fechar o primeiro tempo em 3 a  0.

O quarto gol veio dos pés do lateral-direito Daniel Alves em jogada iniciada com Arthur. Ele saiu tabelando e “chapou” no canto direito do goleiro peruano, aos 9min da etapa final. Pela ponta direita, Wilian, que havia saído do banco há pouco tempo, avançou e da entrada da grande área colocou no canto esquerdo de Pedro Gallese.

A Seleção Brasileira enfrentará um dos dois melhores terceiros colocados da primeira fase da Copa América. Pelo regulamento, este adversário não poderá ser o Peru, que hoje integra o grupo do Brasil. Com campanha ruim, a Argentina é séria candidata a adversária da equipe brasileira nas quartas de final.