Governo assina protocolo para investimentos na Bahia|| Foto Carlos Prates GOVBA

Representantes do grupo Prima, que atua na Bahia nos setores imobiliário e hoteleiro, comprometeram-se com o governador Rui Costa, durante encontro na Espanha, nesta quarta-feira (3), a investir R$ 425 milhões no Litoral Norte do estado, nos próximos cinco anos. Os empresários estimam a geração de 10.500 empregos diretos e indiretos no estado nos próximos 15 anos.

Atualmente, o grupo está construindo o Ponta de Inhambupe Residencial, que contempla 270 unidades residenciais e 43 lojas em Esplanada. Serão construídos ainda, como parte do Destino Baixio, o Ponta de Inhambupe Hotelaria, com 29 suítes; Condomínio Residencial Rio do Boi, com 162 unidades e resort; pousada com 27 quartos; Condomínio Villas de Esplanada; Condomínio Praias de Esplanada; e o Destino Baixio Premium, com quatro hotéis de luxo.

Para viabilizar os empreendimentos, o governador Rui Costa assinou, nesta quarta-feira (3), um protocolo de intenções com o grupo Prima. O documento garante apoio do Estado em áreas como construção de acesso viário, esgotamento sanitário e abastecimento de água e fornecimento de energia elétrica para o desenvolvimento do Destino Baixio.

Rui Costa, que está em missão na Espanha desde segunda-feira (1º), disse que o investimento do Governo da Bahia é imprescindível à implantação do empreendimento, mas também permite a atração de outros negócios para Baixio e também beneficia moradores da região.

TURISMO NO LITORAL NORTE

“A assinatura desse documento com a Prima é um dos frutos dessa nossa missão internacional. Viemos, justamente, buscar mais investimentos para o nosso estado e mais empregos para os baianos. O Destino Baixio também vai alavancar o turismo no Litoral Norte, movimentando toda uma cadeia de serviços”, comentou o governador Rui Costa.

Finalizando a agenda do dia, o governador, executivos da Prima e da Obrascon Huarte Lain (OHL) visitaram o empreendimento Canalejana, na região histórica de Madrid. A obra está revitalizando a área com a recuperação de imóveis que serão transformados em residenciais, comerciais e um hotel de luxo.

Canalejana é um exemplo do trabalho desenvolvido pela OHL e que se pretende replicar no Centro Histórico de Salvador. Na capital baiana, a OHL deve associar-se à Prima para ocupação de prédios no Centro Histórico, através dos editais de concessão de imóveis públicos que serão lançados pelo governo.

CENTRO DE CONVENÇÕES EM ILHÉUS

Ainda durante a reunião, o governador Rui Costa apresentou aos executivos das empresas Prima e da Obrascon Huarte Lain (OHL) algumas oportunidades de investimentos na Bahia, como a Ponte Salvador-Itaparica, os Centros de Convenções em Salvador e Ilhéus, a gestão do Hospital Metropolitano, e um Sistema de Saneamento da Região Metropolitana de Salvador e Feira de Santana.

Acompanham Rui na Espanha os secretários estaduais do Planejamento, Walter Pinheiro; da Casa Civil, Bruno Dauster; e do Turismo, Fausto Franco; além do cônsul-geral da Espanha no Brasil, Gonzalo Fournier.