Obras estão na fase de colocação de estaios do vão central || Foto Rodrigo Macedo

A Comissão de Acompanhamento das obras da ponte estaiada de Ilhéus discutiu a regularização das licenças ambientais e a reutilização das pedras usadas no projeto. Dentre os locais que deverão receber o volume de pedras estão São Miguel e São Domingos, na zona norte, e Enseada da Sapetinga, na região do Pontal.

De acordo com a superintendente do Meio Ambiente, Joélia Sampaio, essas licenças ambientais estão em fase final de conclusão. “A previsão é que no mês de agosto se inicie a retira das pedras para estas áreas indicadas.

Comissão avalia estágio das obras da nova ponte em Ilhéus

O vice-prefeito de Ilhéus e membro da comissão, José Nazal, falou da importância do acompanhamento de uma obra importante para o município de Ilhéus. “Sobretudo no desenvolvimento da obra nas questões de edificação, licenças ambientais e sobre os acessos do viário norte/sul. Nosso papel é vistoriar, questionar e acompanhar todos as etapas”.

Atualmente a empresa OAS já instalou quatro estaios, cabos que sustentam o vão central da ponte. Com 533 metros de comprimento e 24,6 metros de largura, o projeto inclui passeio, canteiro central, uma ciclovia e pista dupla nos dois sentidos, além de um acesso viário ao Centro e Litoral Sul, com cerca de 2,7 quilômetros, que também está em execução.