Corpos só devem chegar ao sul da Bahia nesta sexta

Os corpos das três pessoas que morreram asfixiadas no interior de uma casa, em Guarulhos, na Grande São Paulo, só devem chegar ao sul da Bahia nesta sexta-feira (12). As famílias não conseguiram, para esta quinta-feira (11), vagas nas companhias aéreas para o transladado dos corpos de Uildes Lima Moreira, de 27 anos, Gilnara Pinheiro de Jesus, 20, e o filho do casal, Brenno Pinheiro Moreira, 2 anos.

Os corpos das três pessoas da mesma família foram encontrados perto de uma churrasqueira acesa, que teria causado as mortes por asfixia. O casal deixou o sul da Bahia com destino a São Paulo há três anos para trabalhar. Os familiares falaram, por telefone, com Uildes Lima no sábado (6). Já os familiares de Gilnara Pinheiro conversaram com ela pela última vez no domingo (7).

Os familiares descobriram que as vítimas da tragédia eram seus parentes pelo noticiário na TV e, no primeiro momento, não acreditaram no que viram e ouviram. Os corpos serão sepultados na amanhã ou sábado, a depender do horário que chegarem ao aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, de onde serão levados de carro para Ipiaú.

TRAGÉDIA: FAMÍLIA DO SUL DA BAHIA MORRE ASFIXIADA EM SÃO PAULO