Câmara adia votação do orçamento de 2020, após pedidos de vista

A votação da proposta orçamentária de Itabuna para 2020 foi adiada por 12 dias, após pedidos de vista apresentados por seis vereadores. Os pedidos foram protocolados na sessão desta quarta (6). Em 2020, o Executivo estima arrecadar R$ 652,4 milhões.

No Legislativo, a LOA recebeu oito emendas, a metade delas remanejando recursos dentro do Orçamento. O relator, Ronaldão (PMN), deslocou R$ 138 mil para manutenção de feiras livres; Charliane Sousa (PTB), R$ 45 mil para combate à violência contra mulher; Milton Gramacho (PRTB), R$ 33 mil para regularização fundiária; e Júnior Brandão (PT), R$ 15 mil para o Conselho de Turismo.

Jairo Araújo (PCdoB) apresentou emenda autorizando o uso de dotações orçamentárias, oriundas de créditos adicionais, em despesas com revisão salarial anual, tíquete alimentação e implementação do plano de cargos. O Plenário ainda deve decidir a respeito de limites percentuais solicitados pelo Governo para abertura e destinação de créditos orçamentários.