Tonho de Anízio apresentou projeto de desapropriação à Câmara e matéria foi aprovada

Considerado como de utilidade pública e com a finalidade de utilização como unidade hospitalar, o prédio da Fundação Hospitalar de Itacaré poderá ser desapropriado e passar definitivamente para o poder público municipal. O objetivo é assegurar que o hospital, que atualmente pertence à Fundação Hospitalar de Itacaré e é mantido pela Prefeitura, possa continuar prestando serviços públicos e tenha condições de ser ampliado reformado e melhorado, oferecendo cada vez mais atendimentos para os itacareenses e turistas.

Em outubro, o prefeito Antônio de Anízio encaminhou à Câmara de Vereadores o projeto de lei declarando de utilidade pública o prédio onde funciona o Hospital de Itacaré e colocando o imóvel com a finalidade de utilização como Unidade Hospitalar. No projeto, que foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, o prefeito justifica a necessidade da permanência do hospital, que durante décadas vem servindo à população, beneficiando os itacareenses e turistas com um serviço tão essencial que é a saúde.

Prédio deverá ser desapropriado pelo município, segundo Tonho de Anízio

O próximo passo, segundo o prefeito, é garantir a desapropriação para assegurar que o Hospital de Itacaré possa continuar funcionando e prestando um serviço público a todo cidadão. “Nós estamos desapropriando e vamos pagar o preço da desapropriação. A Câmara aprovou e o prédio só pode funcionar como hospital ou similar”, afirmou Tonho de Anízio ao PIMENTA há pouco. O imóvel está na lista dos lotes de leilão da Justiça do Trabalho (reveja aqui).

Fundada em 1970, a Fundação Hospitalar de Itacaré, entidade mantenedora do hospital, vem prestando ao longo desses anos relevantes serviços na área de saúde. Atualmente a entidade conta com o apoio da Prefeitura de Itacaré, que vem garantindo o funcionamento do hospital com a aquisição de equipamentos, materiais, médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e serviços gerais, além das despesas com água, energia e manutenção.