Ação por permanência de hospital teve participação de Rosemberg, Tonho de Anízio e governador

Numa ação conjunta da Prefeitura de Itacaré, Câmara de Vereadores, Governo do Estado da Bahia e o deputado estadual Rosemberg Pinto, o governador Rui Costa publicou no Diário Oficial desta quinta-feira (14) o decreto 19.336 considerando de utilidade pública, para fins de desapropriação, o imóvel sede da Fundação Hospitalar de Itacaré, com os bens móveis e benfeitorias nele existentes. Desta forma, o imóvel da Fundação Hospitalar não irá mais a leilão, como estava previsto, e será destinado, conforme o decreto, ao funcionamento da Unidade Hospitalar e Ambulatorial de Saúde de Itacaré.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anizio, comemorou a decisão, não somente por garantir a todo o povo do município a permanência do hospital, prestando importantes e relevantes serviços, mas também pela história da Fundação Hospitalar, criada com a missão de salvar vidas e que ao longo desses anos vem garantindo atendimento a todos que procuram esta unidade. E com a desapropriação, a Prefeitura de Itacaré e o Governo da Bahia poderão realizar investimentos, reformas, melhorias e benfeitorias que possam garantir um atendimento cada vez melhor a todo o cidadão.

Prédio foi considerado de utilidade pública e será desapropriado

O prefeito falou da luta de todos para garantir a permanência do hospital, transformando definitivamente numa unidade de atendimento da rede pública, mas fez questão de parabenizar a todas as voluntárias sociais que um dia tiveram o sonho e concretizaram essa missão de criar a Fundação Hospitalar de Itacaré. “Foram tantas mulheres de garra que fizeram desse sonho realidade. Mulheres como Mãe Ju, Dona Geni, Rejane, Cleonice Sá, Dona Zil e tantas outras a quem devemos muita gratidão, respeito e homenagens. A desapropriação é mais uma etapa para que a gente possa melhorar a cada dia o atendimento”, complementou o prefeito.

Fundada em 1970, a Fundação Hospitalar de Itacaré, entidade mantenedora do hospital, vem prestando ao longo desses anos relevantes serviços na área de saúde. Atualmente a entidade conta com o apoio da Prefeitura de Itacaré, que vem garantindo o funcionamento do hospital com a aquisição de equipamentos, materiais, médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e serviços gerais, além das despesas com água, energia e manutenção.

Já em outubro, o prefeito Antônio de Anízio encaminhou à Câmara de Vereadores o projeto de lei declarando de utilidade pública o prédio onde funciona o Hospital de Itacaré e colocando o imóvel com a finalidade de utilização como Unidade Hospitalar. No projeto, que foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, o prefeito justifica “a necessidade da permanência do hospital, que durante décadas vem servindo à população, beneficiando os itacareenses e turistas com um serviço tão essencial que é a saúde”.