Polícia Federal faz operação contra o tráfico de drogas || Foto Arquivo

A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã (4), a Operação Voo Baixo para desarticular uma organização criminosa internacional especializada no tráfico de drogas, em São Paulo. O grupo era comandado por um empresário, que promovia a compra e distribuição de cocaína boliviana. Mandados de prisão temporária e de busca e apreensão estão sendo cumpridos em 4 estados diferentes. Na Bahia, cumprimento de mandado ocorre em Eunápolis, no extremo-sul do Estado.

Segundo a PF, estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão. Os 46 mandados judiciais foram cumpridos em São Paulo, Bahia, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. Além dos mandados judiciais, foram realizadas apreendidas 15 aeronaves, além de solicitado o sequestro de imóveis, dentre eles três fazendas.

O grupo criminoso, conforme a Polícia Federal, era comandado por um suposto empresário do interior de São Paulo, que articulava a compra e o transporte aéreo da droga de traficantes bolivianos. Ele recebia a cocaína no Mato Grosso do Sul e a transportava por meio de aviões ao Estado de São Paulo.

Iniciada em maio de 2018, a ação da polícia federal resultou em apreensões que totalizam, aproximadamente, 2,6 toneladas de cocaína e na prisão de outras 11 pessoas. Os investigados serão indiciados pela prática de crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. As penas para os dois crimes variam de 05 a 15 anos e multa e 03 a 10 anos e multa, respectivamente.