WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

editorias






:: ‘Cultura’

AULA SHOW ABRE FESTIVAL SABORES DE ITACARÉ

Cozinha show abriu festival, ontem à noite (Foto Divulgação).

Cozinha show abriu festival, ontem à noite (Foto Divulgação).

O Festival Gastronômico Sabores de Itacaré foi aberto, ontem à noite (1º), com aula show dos chefes Fabrício Lemos e Liziane Arouca, em praça pública. É a terceira edição do festival, que será encerrado em 17 de dezembro e reúne 42 bares e restaurantes. Os pratos do festival variam de R$ 6,00 a R$ 40,00.

Além da aula show, a solenidade de abertura do III Festival Gastronômico Sabores de Itacaré contou degustação dos pratos preparados pelos chefes convidados, e a apresentação de grupos culturais.  Autoridades locais, empresário e a comunidade prestigiaram o evento, que foi realizado na cozinha show, montada em praça pública, na Pituba.

O evento gastronômico é uma espécie de “esquenta” para o verão de Itacaré. “O turista vem atraído por uma boa gastronomia, infraestrutura hoteleira e pelas belezas naturais da cidade”, ressalta o prefeito eleito, Antônio de Anízio.

SHOW DE JU MORAES

A cantora Ju Moraes é uma das atrações musicais do festival. Ela se apresenta neste sábado (3). Nesta sexta, quem comanda é a banda U Tal do Xote. A programação contará ainda com apresentações culturais Levada Cultural, Rancho, Bicho Caçador, Volta da Jiboia, Capoeira, Maculelê, Samba de Roda, Puxada de Rede e Dança Afro, entre outras.

:: LEIA MAIS »

MOSTRA DE CINEMA TRAZ 11 CURTAS

Mostra exibirá filmes, gratuitamente, nesta sexta, no DayHorc.

Mostra exibirá filmes, gratuitamente, nesta sexta.

A Fundação Regina Cunha (FURC), que promove ações de prevenção à cegueira, traz a Mostra Inclusiva de Cinema Terceiro Olho – Cinema para todos os sentidos a Itabuna. A partir das 8h desta sexta (2), serão exibidos, gratuitamente, 11 curtas-metragens com audiodescrição (confira os filmes e programação abaixo).

Além da exibição dos filmes, também haverá debates sobre acessibilidade de pessoas com deficiência visual à cultura. Segundo os organizadores, a mostra contempla a diversidade da produção contemporânea de curtas brasileiros.

Os filmes serão exibidos no 4º andar do Hospital de Olhos Ruy Cunha (DayHorc), na Avenida Ruffo Galvão, próximo à Catedral de São José.

Clique no link abaixo e confira a programação

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS TERÁ GRANDE SHOW SOLIDÁRIO NO NATAL

natal-solidarioO clima natalino chegará mais cedo em Ilhéus com música e Papai Noel no I Natal Musical Solidário, com um grande show reunindo o talento do pianista Márcio Thadeu e músicos da banda Salvador Jazz Quarteto, no Teatro Municipal de Ilhéus, dia 14 de dezembro, às 19h30min.

Realizado pelo Rotary Club de Ilhéus Jorge Amado (RCIJA), co-realização da Prefeitura Municipal de Ilhéus e apoio da Secretaria de Cultura, a iniciativa reverterá 100% dos recursos com a venda dos bilhetes em prol da Escola Dom Bosco, que atende mais de 90 crianças carentes, e outros projetos sociais do RCIJA.

“A ideia do Natal Musical Solidário é aproveitar o espírito natalino para revigorar o sentimento solidário nas famílias, com a mistura mágica de música e filantropia para transformar vidas”, explica a rotariana Luana Mahé.

A promessa é de uma noite inesquecível e surpreendente, com a apresentação de peças como Fantasia Improviso, de Chopin, Fantasia Triunfal, peça com 3 atos que simulam a Independência do Brasil, de Louis Moreau Gottschalk, além de outras surpresas, música clássica, jazz, samba, música cubana e salsa.

:: LEIA MAIS »

VALÉRIA LEAL LANÇA “O CRIME POR UM FIO”

Valéria estreia na ficção com conto investigativo.

Valéria estreia na ficção com conto investigativo.

fio-valeriaA fonoaudióloga itabunense Valéria Leal está lançando o livro O crime por um fio, pela Editora Chiado. O livro é o retrato ficcional da atualidade e destaca o papel da ciência forense na solução de crimes, da favela no Planalto Central do Brasil. A protagonista da trama, a perita forense Isadora Romanesky, trabalha para a Agência Nacional de Inteligência (ANI), com sede no Rio de Janeiro, desvendando diversos casos de violência urbana. O jornalista investigativo Beto Lopes, do Jornal da Manhã, revela um dossiê sobre contas ilegais nas Ilhas Cayman. “A busca pela verdade e pela justiça será uma verdadeira obsessão”.

Valéria é filha do jornalista Manuel Leal, fundador e diretor do jornal A Região. Leal foi assassinado a tiros em janeiro de 1998, num típico crime de mando. Até hoje, os responsáveis permanecem impunes.

Ricardo Trotti, jornalista e diretor executivo da Sociedade Interamericana de Imprensa, assina o prefácio do livro. “A obsessão pela verdade e a justiça são dois elementos que me fascinam no conto de Valéria Leal. O crime por um fio constrói uma ficção que é real, dolorosa e desesperada, como o clima de violência e corrupção que envolve uma sociedade que pode ser a pior e habitar qualquer país, e descreve uma impressionante similitude de caráter, conhecimentos e destreza que precisa possuir quer um perito forense, quer um jornalista para fazer um trabalho de investigação eficiente, com a esperança de construir uma sociedade melhor”.

Para Trotti, o livro não é uma alegoria à consciência criminal das nossas sociedades, mas sim uma ópera dramática à esperança de uma sociedade mais digna. “É o que Valéria Leal aprendeu do seu pai, a sua inspiração. É a ele quem dedica as suas lágrimas, e este livro, o seu tributo póstumo. Mas também por meio de Manoel, cuja memória impregna estas páginas, a autora rende homenagem a centenas de jornalistas dos quais, no Brasil, na América Latina e no mundo inteiro, arrebataram-lhes a vida enquanto trabalhavam por descobrir a verdade”, afirma.

O crime por um fio pode ser adquirido online na Livraria Saraiva e Livraria Cultura. No Brasil o livro custa R$ 32,00. A Editora Chiado está presente em países como Portugal, , Itália, Estados Unidos, Inglaterra, França. O livro está sendo vendido também em euros no site da Chiado Editora, a 10 euros livro físico e 3 euros na versão digital.

NAYNARA TAVARES E WALMIR DO CARMO LANÇAM LIVROS DE POESIA

Naynara e Walmir lançam obras poéticas nesta sexta.

Naynara e Walmir lançam obras poéticas nesta sexta.

Os poetas Walmir do Carmo e Naynara Tavares lançam obras, nesta sexta (4), às 18h, no foyer cultural da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), em frente à Catedral de São José.

Naynara apresenta Puta poesia, obra ilustrada por Carlos Rezende, enquanto Walmir derrama poesia com Essa gente & Outros poemas, ambos publicados pela Editora Mondrongo.

Walmir do Carmo, ao falar do seu primeiro livro de poesias, explica que se trata de poemas que abordam as questões sociais, ambientais e urbanas. “Quem ler, irá mergulhar num universo de jogo de palavras que fala por si só das coisas da nossa terra e de pessoas”, explica.

Naynara Tavares é mestre em Literatura e Diversidade Cultural. Além de poemas escritos e reescritos ao longo de uma vida, conta com a contribuição luxuosa do cartunista Carlos Rezende em várias ilustrações de Puta poesia.

– O lançamento marca, em ambos os casos, a estreia dos dois autores em livros, muito embora Naynara e Walmir não sejam exatamente debutantes em poesia. São poetas experientes, cujos originais estavam há muito tempo “engavetados” – diz Gustavo Felicíssimo, da Mondrongo. O lançamento das obras tem apoio da FICC.

SERVIÇO
Lançamento dos livros Puta poesia e Essa gente & Outros poemas.
Quando: 4.nov.16, às 18 horas
Onde: Foyer Cultural da FICC – Praça Laura Conceição, 339 – Centro
Valor: R$30,00 (cada um)
Entrada: Franca
Classificação: 14 anos.

GILBERTO GIL PERMANECE INTERNADO PARA EXAMES DE ROTINA

Cantor está internado desde a última sexta (Foto Fernando Frazão/Agência Brasil).

Cantor está internado desde a última sexta (Foto Fernando Frazão/Agência Brasil).

O cantor e compositor Gilberto Gil continua internado no Hospital Sírio-Libanês, segundo sua assessoria de imprensa, para fazer exames de rotina. O músico está em tratamento de complicações renais e faz acompanhamento mensal do estado de saúde. Gil, que está com 74 anos, deu entrada no hospital na última sexta-feira (21) e não há previsão de alta.

Está marcado para o próximo domingo (30), um show de Gil com Caetano Veloso no Metropolitan, no Rio de Janeiro. A apresentação aconteceria originalmente no dia 27 de agosto, mas teve de ser adiada após Gil passar mal e se internar naquela data.

Neste ano, Gil foi internado em julho e no final de agosto para tratar a insuficiência renal. Neste intervalo, apresentou-se na abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Da Agência Brasil.

No último domingo (23), fãs do cantor foram surpreendidos com notícia falsa dando conta de uma suposta morte do cantor. O boato correu as mídias digitais, principalmente no WhatsApp, aplicativo de troca de mensagens.

TEODORICO MAJESTADE NA TENDA DO TPI

Sessão de Teodorico Majestade será sábado, na Tenda do TPI (Foto Karoline Vital).

Sessão de Teodorico Majestade será sábado, na Tenda do TPI (Foto Karoline Vital).

O grupo Teatro Popular de Ilhéus apresenta, no próximo sábado (29), às 20h, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, a peça Teodorico Majestade – As últimas horas de um prefeito, uma sátira política em linguagem de cordel.

Teodorico Majestade conta a história de um prefeito beberrão e corrupto que está prestes a ser expulso do seu cargo pela população. Para tentar se livrar da situação, ele negocia a sua permanência. A peça, que completa dez anos em cartaz em novembro deste ano, é promessa de riso garantido.

Escrita em 2006 pelo dramaturgo e diretor de teatro, Romualdo Lisboa, a peça já circulou por várias cidades brasileiras, chegando a participar da Mostra Latino-Americana de Teatro, em São Paulo. Teodorico… ainda recebeu duas indicações ao cobiçado prêmio Braskem de Teatro. O ingresso individual para a apresentação deste sábado pode ser adquirido na bilheteria da Tenda, por apenas R$ 20,00 (inteira).

ILHEENSE BRENA GONÇALVES AVANÇA NO “THE VOICE”

Brena Gonçalves avançou à próxima fase com Alguem me disse (Reprodução Globo).

Brena Gonçalves avançou à próxima fase com Alguém me disse (Reprodução Globo).

A cantora ilheense Brena Gonçalves classificou-se para a próxima fase do The Voice Brasil (Rede Globo) nesta noite de quinta (20). Cantando Alguém me disse, ela cativou público e as atenções dos técnicos Cláudia Leite e Michel Teló, mas também foi elogiada por Lulu Santos e Carlinhos Brown.

Cláudia Leite a definiu como maravilhosa. “Falar de afinação, talento é chover no molhado”, disse ela. Apesar dos elogios, Cláudia foi preterida como técnica de Brena. O músico sertanejo Michel Teló foi o escolhido. “Dá pra sentir no seu cantar que você [Brena] ama fazer isso”.

Brena avançou na fase de audição às cegas, quando os quatro técnicos fazem as escolhas ouvindo a apresentação de costas. A ilheense canta profissionalmente há dez anos.

FLICA ATRAI MAIS DE 35 MIL PESSOAS

Festa Literária teve recorde de público em 2016 (Foto Carla Ornelas/GovBA).

Festa Literária teve recorde de público em 2016 (Foto Carla Ornelas/GovBA).

A edição deste ano da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) superou as expectativas, segundo os organizadores, e bateu recorde de público em quatro dias de festa. De quinta-feira (13) até ontem (16), cerca de 35 mil pessoas circularam pelas ruas de Cachoeira, município do recôncavo baiano, para aproveitar a programação gratuita.

De acordo com a organização, foi o maior público desde que a Flica passou a ser realizada em quatro dias. Os visitantes, que encheram as ruas da cidade, não só valorizaram o patrimônio cultural do recôncavo. Movimentaram o turismo na região.

O público, que se espalhou entre as nove mesas de debates, conheceu cerca de 30 autores, incluindo convidados internacionais, participou dos mais de 15 eventos da Fliquinha, entre outras ações. A rede hoteleira atingiu 100% de ocupação.

“Essa Flica foi um sucesso surpreendente. A cidade nunca esteve tão cheia. As pessoas nunca estiveram tão participativas. Todas as mesas estavam lotadas, pessoas em pé, pessoas sentadas no chão. E não só isso”, afirma o curador do festival literário. “As ruas estavam tomadas de artistas, artesãos, mostrando seus trabalhos. A participação do Governo do Estado, principalmente nos últimos dois anos, deu força e uma ampliada que colocou esse evento entre um dos maiores do segmento no País”, afirmou.

“A BOFETADA” ENTRA EM CARTAZ EM ITABUNA

A Bofetada estará em cartaz em Itabuna até o próximo domingo (Foto Pimenta/7.07.2012)

A Bofetada estará em cartaz até domingo em Itabuna (Foto Pimenta/Arquivo).

A comédia A Bofetada, da Cia Baiana de Patifaria, será apresentada desta quinta (13) até domingo (16), sempre a partir das 20h, no Centro de Cultura Adonias Filho, em Itabuna. A turnê comemora os 28 anos de sucesso da companhia de teatro.

Diogo Lopes Filho, Lelo Filho, Mário Bezerra, Marcos Barreto sobem ao palco para interpretar personagens que já marcaram o teatro baiano, como Dirce, Fanta Maria, Pandora, Marivaldo e Rainha.

A versatilidade da Cia de Patifaria assegura uma nova “Bofetada” a cada noite, com improviso e interação, o que faz da comédia um sucesso de público e de crítica.

SERVIÇO

A Bofetada
Quando: De 13 a 16 de outubro, às 20h
Onde: Centro de Cultura Adonias Filho (Itabuna).
Ingressos: no Pimenta Ingressos (Shopping)
Classificação: 14 anos

BOB DYLAN RECEBE NOBEL DE LITERATURA

Astro da música, Bob Dylan recebe Nobel de Literatura (Foto Keyston/Agência Lusa).

Astro da música, Bob Dylan recebe Nobel de Literatura (Foto Keyston/Agência Lusa).

O prêmio Nobel de Literatura 2016 foi atribuído a Bob Dylan, por ter criado novas formas de expressão poéticas no quadro da grande tradição da música americana, anunciou hoje (13) a Academia Sueca. Bob Dylan  é o nome artístico de Robert Allen Zimmerman, nascido em 24 de maio de 1941 – compositor, cantor, pintor, ator e escritor norte-americano.

Nascido no estado de Minnesota, neto de imigrantes judeus russos, aos 10 anos Dylan escreveu seus primeiros poemas e, ainda adolescente, aprendeu piano e guitarra sozinho. Começou cantando em grupos de rock, imitando Little Richard e Buddy Holly, mas quando foi para a Universidade de Minnesota em 1959, voltou-se para a folk music, impressionado com a obra musical do lendário cantor folk Woody Guthrie, a quem foi visitar em Nova York em 1961.

Em 2004, foi eleito pela revista Rolling Stone o sétimo maior cantor de todos os tempos e, pela mesma revista, o segundo melhor artista da música de todos os tempos, ficando atrás somente dos Beatles. Uma de suas principais canções, Like a Rolling Stones, foi escolhida como uma das melhores de todos os tempos.

Em 2012, Dylan foi condecorado com a Medalha da Liberdade pelo presidente dos Estados Unidos Barack Obama. Com informações da Agência Lusa.

NOVA OBRA DE LOPES

Lopes lançará nova obra pela Editus em breve (Foto Divulgação).

Lopes lançará nova obra pela Editus em breve (Foto Divulgação).

O jornalista e escritor Antônio Lopes lançará nova obra em breve.

Manoel Lins: O Canto da Eterna Esperança é o título do livro.

Será publicado pela editora da Universidade Estadual de Santa Cruz, a Editus.

 

OBRAS DO JORNALISTA DANIEL THAME SÃO EXPOSTAS EM SALÕES DE BERLIM E LISBOA

Obras de Thame são expostas em salões internacionais.

Obras de Thame são expostas em salões internacionais.

Os livros Vassoura e Jorge100anosAmado-Tributo a um Eterno Menino Grapiúna, do jornalista e escritor sul-baiano Daniel Thame, estão sendo expostos nos salões Internacionais do Livro em Berlim (Alemanha) e Lisboa (Portugal).

A exposição dos livros ocorre no estande da ZL Editora, do Rio de Janeiro, com a coordenação da escritora e produtora cultural Jô Ramos, ao lado de outros autores brasileiros.

Vassoura, que acaba de ganhar uma edição revista e ampliada, bebe na fonte bíblica em uma  contos sobre os impactos da vassoura de bruxa, doença que devastou a lavoura cacaueira, na vida da população sul-baiana.

Jorge100anosAmado… traz uma série de contos que fazem uma releitura contextualizada dos principais romances do escritor grapiúna que fascinou o mundo, como Gabriela Cravo e Canela, Terras do Sem Fim, Capitães da Areia, Mar Morto, Cavaleiro da Esperança, Tocaia Grande, Tieta do Agreste.

CABEÇA ISIDORO APRESENTA “ENSAIO SOBRE UMA TAL DEMOCRACIA” NO TMI

Cabeça apresenta "Ensaio sobre uma tal democracia", no Teatro Municipal (Foto Divulgação).

Cabeça apresenta “Ensaio sobre uma tal democracia”, no Teatro Municipal (Foto Divulgação).

Sucesso de público e crítica, o espetáculo musical Ensaio sobre uma tal democracia será reapresentado em Ilhéus. No próximo dia 1º, vésperas das eleições, o Teatro Municipal receberá Cabeça Isidoro e sua inquietação, consequência da crise política, social e moral do mundo contemporâneo. A partir das 20h, o cantor e compositor discute com o público sobre o uso, o desuso e o abuso da democracia nos últimos tempos.

“Aos gregos, deram a primazia de primeiro tê-la pensado, deram-lhe um nome: democracia”, este é um dos trechos do musical. Cabeça será acompanhado mais uma vez por um dos melhores percussionistas baianos, JahGGa, e utilizará projeções audiovisuais para costurar o seu repertório de 19 canções inéditas sobre a conjuntura política do Brasil atual.

Segundo Cabeça, suas fontes de pesquisa não foram nem um pouco formais. Alimentou-se tanto das mesas de bares quanto dos debates acadêmicos, da poesia dos amigos e de tudo aquilo que pudesse ilustrar o universo simbólico que o termo “democracia” tem protagonizado nos últimos tempos.

Para ele, Ensaio sobre uma tal democracia traz à tona as mais íntimas inquietudes do cidadão brasileiro em meio a tantas percepções diferentes que surgem sobre o termo “democracia” e sua prática no nosso cotidiano: a democracia que é mito, demagogia, sonho, solução, prêmio de consolação… Acredita que este show represente um verdadeiro passeio entre os equívocos e os acertos das definições de que nos cercam e seus reflexos.

O ingresso para o espetáculo custa R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia) e está à venda na bilheteria do teatro.

SHOW ABRE FESTIVAL MULTIARTE EM ITABUNA

Mou Brazil abre festival com show de jazz (Foto Divulgação).

Mou Brasil abre festival com show de jazz (Foto Divulgação).

Fernando Caldas é curador de festival.

Fernando Caldas é curador de festival.

Maior encontro de artistas e espetáculos do sul da Bahia, a nona edição do Festival Multiarte Firmino Rocha (Multiarte) começará às 19h desta terça (20), no Centro de Cultura Adonias Filho. O evento será encerrado no próximo domingo.

“Mou Brasil Jazz Band”, estrelado pelo músico Mou Brasil, um dos melhores do gênero no Brasil e no mundo, abre o festival. Nos dias seguintes, o Multiarte contará com 54 apresentações de música, teatro e dança, além de contar também com a exibição de 9 produções de cinema. Em todos os dias, o público apreciará também diversas obras de 13 artistas plásticos.

Todos os trabalhos foram selecionados entre mais de 100 inscritos. “Nosso festival é muito amplo e tem uma coisa muito bacana, que é a capacidade de congregar no mesmo espaço artistas renomados e iniciantes, pessoas de Itabuna e pessoas de fora, com distribuição de prêmios para as melhores apresentações”, explicou Fernando Caldas, curador do festival.

Todos os espetáculos têm entrada franca. O público está condicionado ao limite de capacidade da Sala Principal do Centro de Cultura, que é de 300 pessoas. “Neste ano, há um aceno dos organizadores de que não haja superlotação, atento às próprias normas de segurança da casa. Sabemos que o festival em si já tem um público cativo, mesmo porque traz consigo torcidas organizadas, caravanas e tudo o mais. Mas, de fato, teremos que tomar cuidado com a quantidade de pessoas”, explicou a professora Luciana Soares, que responde pela diretoria administrativa da FICC.

No encerramento, serão conhecidos os artistas e grupos premiados e o público poderá assistir também ao espetáculo “Deus Danado”, um drama estrelado pelos atores Bira Freitas e Psit Mota. “A FICC está com um pressentimento muito bom sobre a realização desse festival, primeiro por causa de sua importância, segundo porque a gente contempla da forma mais ampla possível as mais diversas categorias de premiação”, diz a presidente da FICC, Nilmecy Gonçalves.

:: LEIA MAIS »

UM CANDIDATO SINCERO…

O ator e comediante baiano Alan Miranda, que já se apresentou várias vezes em Itabuna, está fazendo sucesso no Facebook com a sua interpretação de um candidato que foge ao script. O candidato é “Broder”…

PRESIDENTE ZÉ LEZIN EM ITABUNA

Zé Lezin se apresenta em Itabuna pela primeira vez (Foto Divulgação).

Zé Lezin se apresenta em Itabuna pela primeira vez (Foto Divulgação).

O humorista Zé Lezin, o Presidente do Riso, se apresenta em Itabuna, pela primeira vez, no próximo sábado, às 20h, no Terceira Via Hall, na Avenida J.S. Pinheiro, ao lado da Brione/Fiat.

O novo show é uma alusão à politicagem brasileira, ao cenário atual da crise econômica e às olimpíadas, reunindo também as melhores piadas de seus 30 anos de carreira. “O Presidente do Riso” foi lançado em DVD e já é recorde de vendas.

“É a primeira vez que irei fazer um show em Itabuna e estou muito animado para fazer um show inesquecível, com muitas piadas e diversão”, acrescentou Nairon Barreto, o famoso Zé Lezin.

SERVIÇO
Zé Lezin Presidente do Riso
Onde: Terceira Via Hall (Itabuna)
Quando: Sábado | 20h
Quanto: R$ 50,00 e R$ 25,00
Pontos de vendas: Stand do Karioka (Ilhéus), Pimenta Ingressos (Shopping)
Informações: 73 99126-0756

ESCRITORES LANÇAM LIVROS NO IGHB

Gileno Felix e Ricardo Ferreira lançam obras em Salvador.

Gileno Felix e Ricardo Ferreira lançam obras em Salvador.

O escritor angolano-português radicado na Bahia, Ricardo Ferreira, lança dia 16 de Setembro às 18h, no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), o seu terceiro livro, O grande banquete: Eles e elas e os risos do Fado. No evento, também será lançado O trem, a cidade e o cordel, do poeta baiano Gileno Felix. A noite de autógrafos terá, ainda, recital de poesias e pocket show com Lazzo Matumbi.

Nascido em Angola, Ricardo Ferreira cresceu e se formou na cidade do fado (Lisboa) em meio às mudanças que Portugal experimentava e da democracia que se implementava no país. São as memórias desse novo tempo vivido na capital portuguesa que se misturam às vividas em Salvador, onde veio morar, e se transformam no novo livro: O grande banquete: Eles e elas e os risos do fado. Tais experiências de vida pintam o cenário de um romance entre um estudante português e uma estudante brasileira.

O poeta baiano Gileno Félix, nascido em Salinas da Margarida, começou na arte por meio da música, apesar de exercer a advocacia. Compositor de música popular, com trabalho reconhecido nacionalmente, sempre desenvolveu temas de inspiração social. Militante das causas sociais, foi um dos fundadores do Movimento de Defesa dos Favelados (MDF). Criou o núcleo de Assistência Judiciária do Mosteiro de São Bento da Bahia. O livro de poemas, O Trem a Cidade e o Cordel é a sua primeira obra.

VINGADORA DISPUTA PRÊMIO MULTISHOW DE MELHOR CLIPE

A ilheense Tays Reis é vocalista da Banda Vingadora, que disputa prêmio nacional (Foto Divulgação).

Tays Reis, vocalista da Banda Vingadora, que disputa prêmio nacional (Foto Divulgação).

A banda Vingadora está entre os indicados ao Prêmio Multishow 2016 com o clipe Paredão Metralhadora. A produção audiovisual, que ultrapassou 170 milhões de visualizações no Youtube e foi eleita a música do Carnaval, está disputando o prêmio com Bang, de Anita, Porque eu sinto falta, de Lexa, e Essa é a hora, de Mc Marcelly.

A votação dessa primeira fase será finalizada na próxima sexta-feira (26) e conta com a votação popular que está sendo realizada por meio de hashtags no Twitter.

– Estou muito feliz em ser uma das indicadas deste prêmio do Multishow. Estamos contado com o apoio dos fãs e do Brasil inteiro que curtiu bastante a nossa proposta – comemora Tays Reis, vocalista do grupo.

O clipe possui diversas referências ao filme Mad Max: Estrada da fúria, que tem a personagem Imperatriz Furiosa. As imagens mostram um campo de batalha. A cantora, ao lado de outras “companheiras”, duela com um violonista e seus músicos. Confira link para votação.

Relembre o clipe.

MARACÁS TERÁ JORGE VERCILLO, TARGINO E LUIZ CALDAS NO 3º FESTIVAL DE INVERNO

Cidades das flores e do frio, Maracás sedia Festival do Inverno (Foto Tácio Fontes).

Cidades das flores e do frio, Maracás sedia Festival do Inverno (Foto Tácio Fontes).

Vercillo é uma das atrações do festival (Foto Divulgação).

Vercillo é uma das atrações do festival (Foto Divulgação).

Celina Santos

O frio que deixa tudo cinza contrasta com a imensidão de cores a saltar das flores e árvores espalhadas por toda a parte. A arquitetura formada por charmosas construções antigas transporta para outro tempo, em pleno século 21. Assim é Maracás, cidade a 976 metros de altitude, no Vale do Jiquiriçá, e a 90 quilômetros de Jequié.

Com 24 mil hospitaleiros habitantes, dando calor às temperaturas mínimas de 11 graus, o lugar sedia o 3º Festival de Inverno neste sábado (20), a partir das 22 horas.

A festa, que já recebeu atrações como Jau, Cidade Negra, Vander Lee e Geraldo Azevedo, este ano será animada pelo romantismo de Jorge Vercillo, o molejo eclético de Luiz Caldas e, para não fugir da tradição forrozeira da terra, virá o sanfoneiro Targino Gondim.

Segundo o organizador, Artur Pires Souza, a expectativa é reunir cerca de duas mil pessoas no Parque dos Eucaliptos. O público seleto, amante de um clima mais intimista, vem de várias cidades da região e também de Salvador.

Frio é uma das características da aconchegante Maracás.

Frio é uma das características da aconchegante Maracás.

Animado diante da procura intensa e da rede hoteleira já lotada para o evento, Artur considera que o município tem atrativos de sobra para ser mais explorado o “turismo de inverno”. “Maracás é muito rica; tem a Avenida Brasília, com mais de 100 coqueiros imperiais, uma rodovia que leva à capital federal, está crescendo e se tornando a ‘Menina dos Olhos’ da região. Espero que o festival continue enquanto vida eu tiver, eu vejo o quanto o projeto já faz parte da vida do maracaense”, afirmou o profissional, que mora em Jequié e tem 35 anos de experiência na realização de shows.

Quem quiser conhecer a bela cidade, onde fica a nascente do rio Jiquiriçá e tem uma das maiores minas de Vanádio do mundo, pode ver, inclusive, o mais amplo cultivo de flores da Bahia. As estufas da produção vendida até para o exterior ficam no parque onde ocorre o festival.

No mais, é providenciar agasalhos bem confortáveis, tomar quentão e caipivinho (drinks típicos), além de sentir o calor humano tão comum naquele recanto que se aproxima da Chapada Diamantina. O ingresso para o festival custa R$ 60,00 a inteira. Mais informações sobre o festival podem ser obtidas pelo telefone (73) 99121-3014.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia