WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba










novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: ‘Geral’

CERIMÔNIA RECONHECE IRMÃ DULCE COMO A SANTA DOS POBRES, O “ANJO BOM DA BAHIA”

Santa Dulce é reconhecida por milagres e grande trabalho social || Acervo Irmã Dulce

Gilberto Costa | Agência Brasil

Na primeira quinzena de agosto deste ano, a professora aposentada Miralva Tito Moreno Oliveira, 74 anos, preparava-se para um procedimento cirúrgico no Hospital da Bahia, em Salvador, para retirada de cálculos que podiam chegar ao ureter, quando o médico a informou que não seria mais necessária a operação.

“Dona Miralva, a senhora não tem a pedra mais”, disse o urologista conforme relato da paciente à reportagem. De acordo com o exame pré-operatório feito no hospital, o cálculo não estavam lá. Miralva Oliveira temia dor e desconforto se as pedras chegassem e crescessem no ureter. O risco havia sido detectado por um exame de ultrassom e confirmado por ressonância magnética.

A paciente mostrou, então, ao médico o santinho impresso da beata Irmã Dulce, que ela mantinha sobre o abdome, pedindo intercessão de Irma Dulce, a futura Santa Dulce dos Pobres. Emocionada, Miralva Oliveira descreve ter recebido “uma graça” do “Anjo Bom da Bahia” que foi canonizada hoje (13) pelo papa Francisco na Praça São Pedro, no Vaticano; e se tornou a primeira santa brasileira. A celebração litúrgica reuniu cerca de 50 mil pessoas.

A ex-paciente comemora a canonização da religiosa, “uma santa brasileira e baiana! A gente só pode ter orgulho de louvar a Deus”, diz Miralva.

SANTA DOS BRASILEIROS

Para a pesquisadora baiana Thiaquelliny Teixeira Pereira, que escreveu tese de doutorado sobre a construção social da santidade, Irmã Dulce já é considerada santa pelos brasileiros e, em especial, pelos baianos. “População brasileira é pouco entendida na questão da liturgia, é um povo de muita fé e de pouco conhecimento teológico”, observa. “[Há] Pessoas que são cultuadas pela população baiana à procura de milagres, de terem suas aflições respondidas”, revela a pesquisadora.

Conforme o jornalista Graciliano Rocha, autor da biografia Irmã Dulce, a Santa dos Pobres, são comuns relatos de fiéis, como Miralva Oliveira, descrevendo recuperação da saúde e o recebimento de outras graças após fazer orações e promessas à Irmã Dulce.

“Há um imenso mosaico de fé popular. A devoção à Irmã Dulce mobiliza todo o tipo de gente, de qualquer classe social”, descreve o biógrafo que realizou pesquisa por oito anos no Brasil, no Vaticano e até nos éEstados Unidos. Segundo ele, nos vinte anos após a morte da beata (entre 1992 e 2012) mais de 10 mil relatos de graças foram descritos em cartas de fiéis.

“É impossível não perceber beleza na devoção das pessoas”, observa o biógrafo após leitura de amostra dessas mensagens para escrever o livro. Há nas cartas “a inquietação genuína dos devotos”, principalmente de “causas ligadas à saúde”.

Dulce dos Pobres construiu um dos maiores hospitais do país || Foto Acervo Irmã Dulce

HOSPITAL EM LUGAR DE GALINHEIRO

Para o Graciliano Rocha, a vinculação à saúde tem muito a ver com o trabalho e o legado que a beata deixou após 60 anos dedicados à vida religiosa e à assistência aos mais pobres. Atualmente, as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) contabilizam 2,2 milhões de procedimentos ambulatoriais por ano, e dispõem de 954 leitos em cinco hospitais.

Segundo descreveu Maria Rita de Souza Brito, sobrinha da freira e superintendente das Osid, à agência de notícias do Vaticano, o complexo hospitalar interna, por ano, 18 mil pessoas, realiza 12 mil cirurgias, atende 11,5 mil pessoas em tratamentos de câncer.

As obras sociais tiveram início no ano de 1949, quando Irmã Dulce ocupou um galinheiro ao lado do Convento Santo Antônio para cuidar de 70 doentes. Onze anos depois, a futura santa cuidava de um hospital que dispunha de 160 leitos.

“Era um momento que não havia direito à saúde pública. As pessoas para serem atendidas em hospital público tinham que ter carteira de trabalho assinada. O hospital dela era o único que não rejeitava ninguém. Isso foi fundamental para que o colapso da cidade de Salvador não tenha sido pior na segunda metade do século 20. Isso é a base da santidade que ela tinha em vida”, avalia o biógrafo.

Sérgio Lopes, assessor corporativo das Osid, avalia que erguer a infraestrutura de atendimento hospitalar – e que também oferta ensino fundamental para 750 crianças e adolescentes, e fornece 1,7 milhão de refeições gratuitas por ano – “foi o primeiro milagre de Santa Dulce dos Pobres.”

O assessor crê que a canonização “vai aumentar a visibilidade” do trabalho da Osid e ajudar o fechamento das contas. O atendimento à saúde é feito graças a convênios com o Sistema Único de Saúde (SUS).  No ano passado, o dinheiro não foi suficiente. Conforme Lopes, restou um déficit de R$ 11 milhões que foi coberto posteriormente por repasses do Ministério da Saúde e doações, que equivalem a 5% do orçamento anual.

Papa Francisco na canonização de Santa Dulce dos Pobres || Foto Diego Mascarenhas

INVASÃO DE CASA

Assim como a história do galinheiro transformado em hospital, outras passagens alimentam a visão de que Irmã Dulce dedicou sua vida a acolher as pessoas mais humildes, como um menino ardendo em febre que a procurou pedindo para “não morrer na rua”. De acordo com o biógrafo Graciliano Rocha, o menino tinha 15 anos, trabalhava vendendo jornal na rua, era franzino e, provavelmente, sofria de malária. “Foi a primeira pessoa que a futura santa tirou das ruas”, relembra Graciliano.

O local era próximo à Igreja do Bonfim, e ao avistar uma casa vazia e fechada, Irmã Dulce pediu a um passante que arrobasse o imóvel, assegurando que ela assumiria a responsabilidade. A freira providenciou colchão e um candieiro para o menino passar a noite, forneceu alimento, pediu que a irmã do pároco da Igreja do Bonfim cuidasse do garoto. Ela depois voltou com o médico.

“Irmã Dulce atendeu o menino. No dia seguinte, tinha diante de si uma cancerosa, que ela atendeu. Depois apareceram mais alguns necessitados, e ela foi atendendo”, complementa Dom Murilo Krieger, arcebispo de Salvador, em entrevista por escrito à Agência Brasil. O arcebispo ressalta que Irmã Dulce “era de baixa estatura, pesava somente 45 quilos, tinha uma saúde muito precária, dormia três ou quatro horas por noite etc. E, no entanto, foi à luta. Foi fazendo o que podia fazer, à medida em que os desafios se multiplicavam à sua frente”.

O religioso também assinala que “mais e mais as pessoas estão descobrindo a importância da vida de Irmã Dulce e do legado que nos deixou. E isso é muito importante porque o número de pobres, doentes e necessitados só aumentou e, por isso, há necessidade de muitas outras Irmãs Dulce.”

“O trabalho de Irmã Dulce era dedicado aos pobres mais pobres, aos desvalidos, aos sem casa, aos que estavam na sarjeta: o marginal, a prostituta, o bandido. Ela tinha o coração aberto a todo mundo”, comenta o advogado Antônio Gilvandro Martins Neves, que conheceu Irmã Dulce no final dos anos 1960 e teve sua ajuda para fundar uma casa de estudante em Salvador e depois manter um hospital beneficente em Paramirim, no interior da Bahia.

O biógrafo Graciliano Rocha acredita que a dedicação aos mais humildes pesou favoravelmente na decisão de canonizar Irmã Dulce. “Ela via no pobre a figura de Jesus Cristo a ser acolhido. Esse era o imperativo ético e religiosos que a movia”, comenta. Para a Thiaquelliny Teixeira Pereira, a canonização de Irmã Dulce não vai reverter o quadro social que se agrava segundo estatísticas oficiais que atestam aumento de pobreza e desigualdade, “mas é sempre bom ter em evidência alguém reverenciável que olha para os pobres”.

RUI: CANONIZAÇÃO DE IRMÃ DULCE É SONHO REALIZADO DE QUEM DECIDIU A VIDA AO PRÓXIMO

Cerimônia de canonização de Dulce dos Pobres nesta manhã || Foto Diego Mascarenhas

O governador da Bahia, Rui Costa, acompanhou diretamente da Praça São Pedro, no Vaticano, a cerimônia em que Irmã Dulce foi reconhecida como santa pela igreja católica, neste domingo (13). Canonizada, agora será a Santa Dulce dos Pobres. A cerimônia, no Vaticano, teve a presença de várias autoridades baianas, dentre elas o prefeito de Salvador, ACM Neto.

Governador baiana participa de cerimônia de canonização || Foto Diego Mascarenhas

Rui Costa definiu o momento. “É a celebração que realizou o sonho de milhares de baianos, nordestinos e brasileiros, com a canonização de Irmã Dulce, agora Santa Dulce dos Pobres. Agora aguardamos a nossa missa, no próximo domingo, em Salvador. É um sonho realizado, o reconhecimento de alguém que dedicou a vida a cuidar do próximo”, afirmou Rui.

PEDALADA AZUL TERÁ APOIO DAS ÓTICAS DINIZ; EVENTO ABRE O NOVEMBRO AZUL

Valdino, da Diniz, ao centro, fecha apoio à Pedalada Azul de 2019

A Óticas Diniz é a nova parceira da Pedalada Azul, uma das ações do Mutirão do Diabetes, promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, de Itabuna. A pedalada deverá reunir cerca de 1,5 mil ciclistas em 3 de novembro. O empresário das Óticas Diniz em Itabuna, Valdino Cunha, se reuniu com o presidente da ONG, o médico Rafael Andrade, e o diretor do Hospital de Olhos Beira Rio, médico Vável Andrade.

No encontro, foi firmada a parceria para a pedalada. O evento, além de incentivar a prática de atividades saudáveis, também mobiliza para a 15ª edição do Mutirão do Diabetes de Itabuna. Rafael Andrade agradeceu a parceria firmada. “O envolvimento de toda a sociedade é fundamental nesse trabalho permanente de orientação sobre os cuidados na prevenção e tratamento do diabetes”, afirmou.

A Pedalada Azul terá saída da Praça Rio Cachoeira, em frente ao Hospital Beira Rio, na Beira-Rio, por volta das 8h do dia 3 de novembro, percorrendo as principais avenidas de Itabuna, retornando ao ponto de origem. Na Praça, haverá confraternização entre os participantes. A atividade contará com o apoio e coordenação de grupos de ciclismo, como Pedal Bom, Amigos das Trilhas, Pedal Livre, Ciclo Bike Grapiúna, Pé de Cana e Selva no Pedal.

AÇÃO SOCIAL DE EMPRESAS PARCEIRAS BENEFICIA CRIANÇAS DA ACEAI, EM ILHÉUS

Crianças da Aceai tiveram dia de espetáculos e ganharam brinquedos também para irmãos

Alunos da Associação Centro Educacional de Ação Integrada (Aceai) ganharam uma tarde festiva em comemoração ao Dia das Crianças nesta semana. O evento faz parte do Projeto “Adote um Sorriso”, organizado pela Cidadelle, com o apoio de funcionários e colaboradores terceirizados de construtora, de condôminos e empresas parceiras.

Os alunos de 2 a 12 anos assistiram ao espetáculo circense As Aventuras do Carrapicho e Andorinha. Todas as crianças atendidas pela Aceai ganharam brinquedos novos doados pelos funcionários da Cidadelle.

Uma equipe de colaboradores da empresa Cidadelle lançou o desafio entre os colegas para arrecadar mais de cem brinquedos. O objetivo foi alcançado e o resultado foi de quase 200 presentes. Na tarde festiva teve também lanches para serem consumidos durante o evento e kits para levar para casa, com a intenção de dividir com os irmãos.

Alunos da Aceai tiveram tarde de espetáculo com o Circo da Lua

Já os brinquedos usados arrecadados pelo projeto foram doados para a brinquedoteca da Associação. A Aceai fica localizada na Vila Celina, no bairro Nossa Senhora da Vitória, em Ilhéus, e oferece às crianças aulas de ballet, música, capoeira e reforço escolar.

Além das atividades, a Associação também dá almoço para cerca 50 crianças. A professora Larissa Lisboa agradeceu a Cidadelle por escolher a Aceai. “Me emocionei várias vezes, porque realmente foi providência de bons corações. Estamos em um momento difícil e com certeza não teríamos como proporcionar um evento como esse para as nossas crianças”, disse.

O projeto “Adote um Sorriso” contou com a solidariedade das empresas Batele Vidros, LP Cardoso Construtora, LUC – Locação de Equipamentos, Tormaq Usinagem, Lumiplack, Outplak, Núcleo Soluções Imobiliárias, P2 Buffets e Eventos, Boteco Gaúcho, Thadeu Henrique Buffet, Dissulba, Guimarães Festa Itabuna e Léo Bispo Decorações.

JUSTIÇA ORDENA PÔR BARREIRAS PARA CONTER AVANÇO DE DE ÓLEO EM SERGIPE

Mancha de óleo avança por praias de Sergipe e da Bahia

A Justiça Federal em Sergipe determinou que a União, junto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), implante barreiras de proteção nos rios São Francisco, Japaratuba, Sergipe, VazaBarris e Real, no litoral sergipano. A medida deve ser tomada em até 48 horas, para evitar uma contaminação maior do óleo de origem desconhecida que tem se espalhado pelo litoral do Nordeste brasileiro.

A União e o Ibama terão que pagar R$ 100 mil para cada dia de descumprimento da medida. A decisão do juiz Fábio Cordeiro de Lima atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF) no estado. Para o MPF, a União não tem tomado todas as medidas que poderia para proteger as áreas sensíveis.

“Desde o primeiro instante os Planos Estratégicos de Proteção de Áreas Vulneráveis (existentes e aprovados pelo órgão ambiental competente) poderiam ter sido acionados em Sergipe, de modo a serem implementadas todas as medidas necessárias de contenção e recolhimento do material poluente”, diz um trecho da ação do MPF.

Procurada, a Advocacia-Geral da União (AGU) afirmou que ainda não foi notificada e que, assim que isso ocorrer, analisará as medidas a serem adotadas.

Em sua decisão, o juiz afirma que não é possível colocar barreiras de contenção de óleo em toda a costa do Sergipe e que uma decisão judicial deve ser tomada considerando sua possibilidade de realização, para que não se torne uma medida inócua. :: LEIA MAIS »

TERCEIRA MULHER É ENCONTRADA MORTA EM PRAIA DA ZONA NORTE DE ILHÉUS

Corpo da jovem foi encontrado com sinais de violência na Praia do Malhado || Foto Reprodução

Uma mulher de aproximadamente 20 anos foi encontrada morta na Praia do Malhado, zona norte de Ilhéus, neste sábado (12). Assim como em outros dois casos, a vítima apresentava sinais de violência sexual. O corpo da jovem, encontrado na praia em frente a um hotel, estava sem a parte de baixo do biquíni e espancamento da face.

A mulher ainda não havia sido identificada até o início desta noite. O corpo foi localizado no final da madrugada deste sábado e encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Das três mortes registradas até agora, apenas a investigação da morte de Juliana Vieira Lima, morta em março, chegou a um suspeito. Ricardo Benedito dos Santos, o Neguinho, de 38 anos, é apontado pela polícia como o autor do feminicídio. Ele nega (reveja aqui).

A segunda das três vítimas, Jamile Gomes, foi morta em 28 de setembro, também numa praia do Malhado, próximo à avenida Petrobras, sendo identificada há uma semana. A polícia ainda tenta identificar o autor do crime (clique aqui).

BAIANA, IRMÃ DULCE SERÁ RECONHECIDA SANTA NESTE DOMINGO

Neste domingo (13), às 5h da manhã em Brasília (10h em Roma), a soteropolitana Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes (1914–1992), Irmã Dulce desde 1933, torna-se a primeira santa nascida no Brasil reconhecida pela Igreja Católica Apostólica Romana. Torna-se Santa Dulce dos Pobres.

A canonização ocorre nove anos após o colegiado de cardeais e bispos da Congregação para a Causa dos Santos, da Cúria Romana, atestar o primeiro milagre atribuído à Irmã Dulce descrito no processo de beatificação da religiosa iniciado pela Arquidiocese de São Salvador da Bahia. A decisão do colegiado é baseada em avaliação de peritos de saber científico (como médicos) e teólogos.

O milagre que levou à beatificação foi a intercessão da freira, a pedido de orações de um padre, para salvar a vida de uma mulher que deu à luz a um menino e estava desenganada por causa de uma hemorragia depois do parto, que os médicos não conseguiam conter. O caso ocorreu nove anos após a morte de Irmã Dulce (2001), em uma cidade do interior de Sergipe.

Para a canonização, a Constituição Apostólica exige a comprovação de um segundo milagre e semelhante ritual processual e comprobatório. A segunda graça, conforme publicado pela Arquidiocese de Salvador, foi a recuperação da visão do músico e maestro José Maurício Bragança Moreira, após 14 anos sem enxergar por causa do glaucoma.

“Eu fui paciente de glaucoma muito grave que me cegou durante 14 anos. No dia do milagre, 10 de dezembro de 2014, o meu coral ia cantar, mas a minha esposa nem me deixou sair de casa por causa do derrame que eu tive nos olhos devido a uma conjuntivite viral. Eu passei a noite sem conseguir dormir e por volta das 4h eu peguei a imagem de Irmã Dulce, que fica na cabeceira da minha cama, a coloquei nos meus olhos e pedi que ela aliviasse a minha dor”, descreve Moreira em relato publicado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

De acordo com o músico, após colocar o santinho impresso sobre os olhos, sentiu sono e adormeceu. “Quando eu acordei de manhã, a minha esposa me deu umas compressas de gelo e foi quando eu comecei a enxergar o gelo e a ver a minha mão, e aos poucos a visão foi voltando. O momento que começou o retorno da visão foi pouco tempo depois da oração. É um milagre”, afirma. Após o reconhecimento do milagre pela Igreja, o Papa Francisco anunciou a canonização de Irmã Dulce.

Irmã Dulce durante trabalho social || Foto Acervo social

VOCAÇÃO SOCIAL

A vocação religiosa de Irmã Dulce é revelada ainda na adolescência sob influência de uma tia paterna. Ela tornou-se freira no começo da década de 1930 pela Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, em São Cristóvão (Sergipe).

Formada como professora, teve como primeira missão ensinar a crianças em colégio de sua congregação em Salvador. A vocação para as causas sociais teve início naquela década quando passou a prestar assistência à comunidade pobre de Alagados, e a participar da União Operária São Francisco.

Em 1937, funda o Círculo Operário da Bahia, juntamente com Frei Hildebrando Kruthaup. Em 1939, Irmã Dulce inaugura o Colégio Santo Antônio, escola comunitária voltada para operários e filhos de operários. Dez anos depois, ocupa um galinheiro ao lado do Convento Santo Antônio de Salvador para acolher 70 doentes. Em 1959, é instalada oficialmente as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) e no ano seguinte é inaugurado o Albergue Santo Antônio.

CELEBRAÇÃO

O Santuário de Irmã Dulce, em Salvador, ao lado da sede das Osid permanecerá aberto durante toda noite de sábado (12) e a madrugada de domingo para a vigília à espera das canonizações que o Papa Francisco presidirá no Vaticano.
Junto com a santa brasileira, serão canonizados os beatos John Henry Newman (1801-1880), cardeal, fundador do Oratório de São Filipe Néri na Inglaterra; Giuseppina Vannini, Madre Josefina (1859-1911), italiana, fundadora das Filhas de São Camilo; a Maria Teresa Chiramel Mankidiyan (1876-1926), indiana, fundadora da Congregação das Irmãs da Sagrada Família; e Margherita Bays (1815-1879), suíça, da Ordem Terceira de São Francisco de Assis.

A primeira missa em honra à Santa Dulce dos Pobres ocorrerá em Roma na igreja San’t Andrea della Valle, segunda-feira(14), 24 horas depois da canonização. No dia 20 de outubro, domingo, em Salvador, haverá a celebração pela canonização da Santa. Será no estádio de futebol Arena Fonte Nova, com abertura dos portões ao meio-dia. Os ingressos gratuitos estão à disposição nas diversas paróquias da Arquidiocese de Salvador e começaram a ser distribuídos no início deste mês.

REDE FTC CONCEDERÁ PRÊMIO MÉRITO EDUCACIONAL A 26 PROFESSORES NO SUL DA BAHIA

Prémio por mérito profissional já foi entregue a 170 educadores em seis edições || Foto Divulgação

Na próxima quarta-feira (16) a Rede FTC concederá o Mérito Educacional FTC 2019 para 26 professores itabuneses e de outras seis cidades do sul da Bahia. O prêmio, criado em 2011 por iniciativa do Conselho Superior Acadêmico da instituição, é concedido em reconhecimento à dedicação, ao empenho e à abnegação de professores e professoras que, ao longo da história, contribuíram para o desenvolvimento regional por meio da Educação.

Segundo o diretor-geral da FTC Itabuna, Kaminsky Mello Cholodovskis, o objetivo é resgatar e preservar a memória da educação regional, homenageando os principais protagonistas na construção da história do ensino no sul da Bahia.

O evento, que chega a sua 7ª edição, marca também as comemorações pelo Dia do Professor, celebrado em 15 de outubro. A entrega do prêmio será no espaço Terceira Via Hall, na Avenida J.S. Pinheiro, bairro Lomanto, às 19h da próxima quarta (16).

HOMENAGEM A LUIZ ALFREDO OMENA

Até o ano passado, 170 professores foram agraciados com a distinção. Este ano, além de conferir a premiação aos 26 educadores indicados pela Comissão Organizadora, a FTC Itabuna também concederá homenagem póstuma à família do professor Luiz Alfredo Cortez de Omena, ex-diretor da unidade falecido em julho de 2017. Estão sendo convidados a participar da solenidade do Mérito Educacional FTC familiares dos homenageados, ex-alunos, autoridades, profissionais de imprensa e líderes regionais ligados a área educacional.

Integrante da Comissão Organizadora, o professor Edmundo Dourado relembra que, em 2011, quando foi homenageado, o Mérito Educacional FTC foi uma surpresa muito agradável. “Eu não acreditava mais que alguém fosse lembrar do velho professor. Nós, os professores, somos sempre verbalizados com importantes, mas não somos realmente promovidos na nossa importância. Eu me encontrei novamente depois de 70 anos de idade e quase 60 anos de atuação como professor”, declarou Dourado.

CONFIRA A RELAÇÃO DOS HOMENAGEADOS

1. Ana Cristina de Oliveira Guimarães (Itabuna)
2. Ana Maria de Mello (Gandu)
3. Cosme Santos Araújo (Canavieiras)
4. Denise de Oliveira Kruschewsky (Ilhéus)
5. Edna Monteiro Gonçalves Novais (Itabuna)
6. Eleuzina Maria Santos Melo (Itajuípe)
7. Elna Ettinger de Menezes (Itabuna)
8. Ilce Tourinho da Silva (Camacan)
9. Janete Nascimento Carvalho (Itabuna)
10.José Geraldo da Silva Ribeiro (Itabuna)
11.Lindóia Coutinho Kruschewisky (Itabuna)
12.Luiz Antônio Teixeira Carilo (Itabuna)
13.Manoel Renato de Souza (Ilhéus)
14.Maria Anália São Mateus (Itabuna)
15.Maria da Conceição Veloso (Itabuna)
16.Maria das Graças Amaral da Silva (Itabuna)
17.Maria Laura Oliveira Gomes (Itabuna)
18.Mariângela Montalvão Souza Oliveira (Itabuna)
19.Marta Regina de Oliveira Sousa (Ubaitaba)
20.Neide Brito da Silva (Itabuna)
21.Nildenice Ramos Costa (Itabuna)
22.Norma Clara Batista Pereira (Itabuna)
23.Rilvan Batista de Santana (Itabuna)
24.Rita de Cássia Conrado Almeida (Itabuna)
25.Shirley Vitória Pinto Leal Costa (Itabuna)
26.Tereza Cristina Galeão Costa Pereira (Itabuna)

HOMENAGEM PÓSTUMA
Professor Luiz Alfredo Cortez de Omena (Ex-diretor da FTC Itabuna)

IGREJA BATISTA TEOSÓPOLIS EMPOSSA GERALDO MEIRELES COMO PASTOR PRESIDENTE NESTE SÁBADO (12)

Pastor Geraldo Meireles tomará posse como pastor-presidente da IBT

A Igreja Batista Teosópolis, de Itabuna, no sul da Bahia, realizará no próximo sábado (12), culto de posse do pastor Geraldo Santos Meireles como titular do seu Ministério Pastoral. A cerimônia ocorrerá às 19h30min, no templo da igreja, situado na Avenida Felix Mendonça,75, Bairro da Conceição, em Itabuna.

O pastor, que vinha atuando interinamente há seis meses, foi eleito por 94% dos membros da igreja após um período de 40 dias de orações. Meireles, agora, assumirá a titularidade da Igreja Batista Teosópolis, uma das mais tradicionais do sul da Bahia.

Geraldo é formado em Administração de Empresas pela Uesc e pós-graduado com MBA em Gestão Empresarial. Meireles é servidor público federal vinculado à Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), onde trabalha há 35 anos. Atualmente, é Diretor do Serviço de Registro de Pessoas.

O pastor nasceu em Itabuna-Bahia em 30 de abril de 1965. Filho de Geraldino Pinto Meireles e Risalva Francisca dos Santos Meireles, é casado há 25 anos com Valdecy Eduvirgens de Oliveira Meireles, com quem tem três filhos – Daniel, Gabriel e Geraldo Júnior.

A conversão de Meireles, figura carismática e bastante conhecida em Itabuna, ocorreu em 1984, num domingo à noite, durante um culto coletivo da Igreja Batista Teosópolis, após uma mensagem proferida pelo professor Hilton Medeiros. Em 1989, foi batizado pelo Pastor Hélio Lourenço da Silva, com quem desenvolveu um forte relacionamento de cooperação, parceria, aprendizado e admiração.

Em 1993 foi eleito vice-presidente e relator da Comissão de Finanças e Patrimônio da Igreja Batista Teosópolis, cargos que ocupou até 1997. Durante esse período, juntamente com sua esposa, ajudou a implantar os Encontros de Casais com Cristo e Encontros de Jovens com Cristo, tornando-se também conselheiro dos Jovens, atuando em diversos outros departamentos da Igreja.

Em 1997 mudou-se para a cidade de Ipiaú onde congregou na Primeira Igreja Batista de Rio Novo, sob a liderança do pastor Carlos Cezar Januário. Ali ajudou a implantar o Encontro de Casais com Cristo, ministério que abraçou com sua família, tornando-se líder de ECCs em diversas cidades e igrejas da região e outros estados, a exemplo da Igreja Memorial de Ilhéus, PIB de Itapetinga, PIB de Aracaju, Igreja Batista Avenida de Feira de Santana, PIB de Itapuã em Salvador e Igreja Batista Alvorada em Feira de Santana, dentre outras.

SESI EM ILHÉUS LANÇA CURSO BÁSICO DE HIGIENE OCUPACIONAL

O Sesi lançou, na unidade de Ilhéus, o Curso Básico de Higiene Ocupacional, voltado para agentes químicos e físicos. O objetivo é a capacitação de profissionais das áreas de Engenharia de Segurança e Saúde do Trabalhador, com conhecimentos teórico e prático sobre higiene ocupacional.

De acordo com a coordenação, o curso será dividido em 10 módulos em modalidade semipresencial, com 100 horas de treinamento. As aulas presenciais ocorrerão na unidade do Sesi, no quilômetro 13 da Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), próximo à Universidade Estadual de Santa Cruz. São 25 vagas. A inscrição pode ser feita pela internet (clique aqui). Os telefones para contato são (73) 3222-7057 e 99914-9912.

CONQUISTA: NOVO SAC TERÁ O DOBRO DE TAMANHO E CAPACIDADE DE ATENDIMENTO

Novo SAC terá quase o dobro de tamanho e capacidade de atendimento

O vice-governador e secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado, João Leão, vai a Vitória da Conquista nesta sexta-feira (11), para inaugurar, às 10h, o novo SAC da cidade que foi transferido do Shopping Conquista Sul para o Boulevard Shopping com, aproximadamente, o dobro de tamanho e capacidade de atendimento.

Além dos outros órgãos já sediados no endereço anterior, a unidade SAC Conquista II traz, como novidade, a inclusão dos serviços do Procon e da 4ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito), com estrutura para vistoria de veículos. O Boulevard Shopping fica na Avenida Olívia Flores, no bairro de Candeias.

Com investimento de R$ 4,5 milhões, feito apenas pelo centro de compras, o novo SAC Conquista II terá capacidade operacional ampliada. Somente a Ciretran, que ficava no bairro Jurema e tinha capacidade de realizar a vistoria de 10 veículos por dia, poderá atender, agora, a 60 automóveis por dia em um pátio de 550 metros quadrados. O serviço de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é outro que também terá mais pontos de atendimento, saltando de quatro para sete, assim como os serviços da Polícia Federal, que pulam de três para cinco.

MEGA-SENA ACUMULA E PAGARÁ R$ 30 MILHÕES NA SEGUNDA; VEJA NÚMEROS SORTEADOS

Mega-Sena deverá pagar R$ 30 milhões na próxima segunda || Foto Marcelo Camargo

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas na noite desta quarta-feira (9). O próximo sorteio será na segunda (14) devido ao Feriado do Dia das Crianças e da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.

Os números sorteados no concurso 2196 da Mega-Sena foram 01-25-27-28-41-56.

A estimativa é de que a Caixa pague prêmio de R$ 30 milhões na segunda, após a loteria ter acumulado, novamente, hoje. Ainda no concurso de hoje, 58 apostadores vão embolsar R$ 47.367,07 por terem acertado cinco dezenas (quina). Outros 4.166 apostadores acertaram quatro dezenas (quadra) e cada um vai levar R$ 942,07.

SINEBAHIA TEM 204 VAGAS EM ITABUNA, JEQUIÉ, CONQUISTA E T. DE FREITAS NESTA QUARTA (9)

Quatro das principais cidades do interior do Estado oferecem mais de 200 vagas de emprego nesta quarta-feira (9) em unidades do SineBahia. De acordo com levantamento feito pelo PIMENTA, são mais de 160 vagas em Itabuna, principalmente para profissionais da área de eletricidade.

Outras 19 oportunidades são ofertadas pelo SineBahia em Vitória da Conquista. Também no sudoeste baiano, Jequié disponibiliza 12 vagas, igual número de oportunidades ofertado no SineBahia em Teixeira de Freitas, no extremo-sul do Estado.

Os interessados devem procurar as unidades do SineBahia nestes municípios. Quem não possui cadastro, precisa se apresentar com carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de endereço e de escolaridade. Se for pessoa com deficiência (PCD), necessário ter laudo médico. Clique em Leia Mais e confira todas as vagas em aberto. :: LEIA MAIS »

ILHÉUS: FEIRÃO DIGITAL COMEÇA NESTA QUARTA

Feirão Digital começa nesta quarta (9), na praça do Palácio Paranaguá || Divulgação

A TV Santa Cruz e a Rede Globo promovem em Ilhéus, a partir desta quarta (9), às 8h, o Feirão Digital. O evento leva informações e dicas sobre a tecnologia digital que permite melhor qualidade de som e de imagem na TV. Ainda hoje, milhões de brasileiros contam com TV com sinal analógico, milhares deles no sul da Bahia.

O Feirão vai até o próximo sábado (12), na Praça J.J. Seabra, em frente ao Palácio Paranaguá, no Centro de Ilhéus. Durante o Feirão Digital, o visitante poderá conhecer e experimentar o serviço de streaming Globoplay, gratuitamente, por 30 dias, segundo a organização.

O evento em praça pública tem parceria com a prefeitura e dispõe de tendas com fabricantes de receptores e antenas parabólicas. O evento vai das 8h às 17h até sexta. No último dia, sábado (12), será das 8h às 14h.

Será oferecido acesso gratuito ao Globoplay, por 30 dias, a participantes do Feirão

 

PORTO SEGURO: CLÁUDIA OLIVEIRA É MULTADA PELO TCM E TERÁ DE DEVOLVER R$ 78 MIL

Cláudia Oliveira foi multada e terá que devolver R$ 78 mil || Reprodução O Povo

A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira (PSD), foi multada em R$ 5 mil e terá que devolver aos cofres municipais, com recursos pessoais, R$78.035,58, por determinação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA). A corte julgou procedente, nesta terça-feira (8), termo de ocorrência que apurou irregularidades num pregão presencial para a compra de combustíveis. Os fatos ocorreram em 2013 e envolveram a empresa Ébano Derivados de Petróleo Ltda.

Os auditores do TCM, ao final do relatório de apuração, chegaram à conclusão de que houve sobrepreço da ordem de R$78.035,58, considerando que a despesa somou o montante de R$3.407.077,95, enquanto os preços máximos praticados segundo o site da Agência Nacional do Petróleo (ANP), no exercício financeiro de 2013, totalizaram R$3.329.042,37.

Por esta razão foi determinado o ressarcimento, proposto pelo conselheiro Francisco Netto – relator do processo – e aprovado pelos demais conselheiros presentes à sessão. Ele também sugeriu e foi aprovada uma multa de R$ 5 mil para a gestora. Em sua defesa, a gestora alegou que as aquisições do município de Porto Seguro precederam de procedimento licitatório e que os preços praticados são regulados pelo mercado e não pelo poder público. Para o relator, a singela explicação da defesa não pode ser aceita. Cabe recurso da decisão.

MISSA LEMBRA UM ANO DO FALECIMENTO E O LEGADO DO EMPRESÁRIO HELENILSON CHAVES

Helenilson Chaves construiu o Shopping Jequitibá

Uma missa em homenagem ao empresário Helenilson Chaves será celerada, no próximo sábado (12), às 18h, na Catedral de São José, em Itabuna. Dirigente do Grupo Chaves, o empresário faleceu há um ano. Helenilson foi um dos grandes empreendedores do Sul da Bahia, responsável, entre outras ações, pela implantação da TV Santa Cruz, afiliada da Rede Globo no sul da Bahia, e o Shopping Jequitibá.

O empresário também desenvolveu importante trabalho na área social, como a Fundação Manoel Chaves, mantenedora da Escola Ação e Cidadania, responsável pela formação e capacitação de estudantes carentes e seus familiares, na área da Bananeira e da Mangabinha, em Itabuna.

ILHÉUS: EMBASA TRANSFERE LOJA DE ATENDIMENTO PARA A CIDADE NOVA

A Embasa informa que, para realização de manutenção em computadores e redes da Loja de Atendimento de Ilhéus, atenderá o público, somente nesta quarta e quinta-feira (9 e 10) em sua sede administrativa, na Cidade Nova. No local de atendimento provisório, todos os serviços normalmente disponíveis na loja serão ofertados aos clientes.

Também é possível solicitar diversos serviços e registrar anormalidades no abastecimento de água e esgotamento sanitário de sua localidade através do telefone 0800 0555 195, site www.embasa.ba.gov.br e utilizando aplicativo da Embasa para smartphone (celulares Android e Iphone).

Serviço: Mudança provisória da Loja de Atendimento de Ilhéus dias 09 e 105
Endereço: Rua Major Homem del Rey, 45 – Cidade Nova (ao lado do Hospital de Ilhéus)
Horário: de 08 às 12h e das 13h30 às 17h.

EMPRESA QUE CULPAVA FUNCIONÁRIO MORTO É CONDENADA A PAGAR R$ 500 MIL POR ACIDENTE FATAL

Funcionário morreu enquanto fazia manutenção em rede elétrica

A Morel Montagens de Redes Elétricas Ltda. foi condenada a pagar R$ 500 mil por dano moral coletivo ao Fundo de Promoção do Trabalho Decente (Funtrad). A ação movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) por falhas na de gestão da segurança dos seus funcionários tramita na 34ª Vara do Trabalho de Salvador. A ação civil pública, de autoria da procuradora Cleonice Moreira, foi ajuizada após inquérito aberto para apurar as circunstâncias de um acidente fatal de trabalho de um empregado da Morel que prestava serviços à Companhia Baiana de Eletricidade (Coelba), empresa do grupo Neoenergia.

Além de laudos e documentos, foi ouvida uma testemunha que relatou as ilegalidades da Morel. No processo, o MPT conseguiu comprovar que o descumprimento das normas de saúde e segurança previstos na norma que regulamenta as atividades do setor elétrico eram descumpridas de forma ostensiva pela prestadora de serviços. “Essa é uma condenação exemplar para o setor de manutenção de redes elétricas que é um dos maiores causadores de acidentes graves de trabalho, inclusive com muitas mortes”, declarou a procuradora.

A empresa passou por uma inspeção e foram constatadas diversas irregularidades que ocasionaram acidentes como o do funcionário Paulo Roberto Batista da Silva, que teve dois dedos da mão esquerda amputados após levar um choque elétrico. O caso mais grave, no entanto, foi a morte por eletrocução de Rodrigo dos Santos Bailhão.

O relatório apresentado pelos auditores-fiscais do trabalho que vistoriaram o local da tragédia mostrou que, tanto a morte de Rodrigo dos Santos Bailhão, quanto o acidente com Paulo Roberto Batista da Silva, foram causados por falhas na gestão de segurança dos trabalhadores por parte da empresa, que colocou a execução do serviço em primeiro lugar em vez da saúde e segurança dos trabalhadores.

EMPRESA CULPAVA O MORTO 

Durante o inquérito e mesmo na fase de instrução do processo judicial, a Morel tentava responsabilizar os funcionários pelos acidentes ocorridos, sendo que ela deveria realizar a fiscalização em relação à execução do serviço, ao cumprimento dos procedimentos de segurança e à utilização dos equipamentos de proteção individual e coletivo pelos funcionários.

A Justiça do Trabalho, em decisão da juíza substituta Monique Fernandes Santos Matos, considerou a empresa culpada pelos acidentes que ocorreram e atendeu aos pedidos do MPT na ação. Além da indenização, a Morel terá a obrigação de cumprir 12 itens de segurança em todas as suas futuras obras, sob pena de multa de R$50 mil por item descumprido.

Entre as obrigações previstas na decisão estão a de construir, reformar e ampliar instalações elétricas, de forma que garanta a segurança e a saúde dos trabalhadores e dos usuários, adotar medidas preventivas de controle do risco elétrico em todas as intervenções, planejar e realizar serviços em instalações elétricas em conformidade com os procedimentos de trabalho específicos entre outras medidas.

MORTE

No dia 15 de julho de 2013, o eletricista Rodrigo dos Santos Bailhão morreu enquanto realizava serviço de extensão na rede elétrica para instalação de novo poste. Ele era responsável pela instalação dos cabos elétricos no poste novo e outro colega pela instalação dos cabos elétricos no poste existente. Após concluída a instalação da rede elétrica no poste existente, a rede elétrica foi reenergizada, mesmo não tendo sido finalizado o serviço que era executado por Rodrigo.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia