WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia





maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: ‘Pimenta na Muqueca’

CONTRA AS PICADAS… AGULHADAS!

Agulhão Afiado está armado e pronto para entrar na guerra contra o mosquito insolente.

O mosquitinho não escapa
de combate tão audaz,
nós vamos matá-lo a tapa,
numa cruzada eficaz!…
Depois do serviço feito,
vamos dizer ao prefeito:
“Aedes aegypti… aqui jaz!

WAGNER PARTICIPA DA FOLIA EM ILHÉUS

O governador Jaques Wagner vai reservar pelo menos dois dias de carnaval para prestigiar a folia no interior do estado. Dois dos municípios escolhidos estão na região oeste. O terceiro é Ilhéus.

O governo garantiu o carnaval ilheense com a liberação de recursos para a folia, via Bahiatursa. Wagner estará em Ilhéus na próxima segunda-feira.

DANIEL DANTAS INVESTE NO SUL DA BAHIA

dantas1De olho na construção da ferrovia Oeste-Leste, o megaespeculador baiano Daniel Dantas estaria investindo pesado na compra de áreas de grande potencial para a extração de pedras e matéria-prima para a obra. O negócio é mais do que rentável.

A informação é confirmada por especialistas contratados por empresas responsáveis por tocar o projeto do complexo portuário de Ilhéus, que estará interligado à ferrovia.

A compra de áreas não se limita ao sul da Bahia, mas a quase todo o trecho baiano da ferrovia de 1.500 quilômetros de extensão. Dantas não entraria sozinho nas aquisições.

E LÁ SE FOI MANOEL CARLOS

Mané foi um dos maiores defensores do patrimônio histórico de Ilhéus (Foto José Nazal)

Mané: defesa do patrimônio histórico ilheense (Foto José Nazal)

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) declarou luto formal pela morte do fundador do Instituto Histórico de Ilhéus, Manoel Carlos de Almeida Amorim, Mané.

Ele foi um dos maiores defensores da preservação da identidade ilheense e também fundou a Sociedade de Defesa do Patrimônio Histórico de Ilhéus.

Mané, como era carinhosamente chamado pelos amigos, descansa em paz e deixa entre os filhos o presidente da Bahiapesca, Isaac Albagli. O corpo foi sepultado na tarde desta quarta-feira, em Ilhéus.

Q DE QUEDA DE ENERGIA…

A Coelba reuniu prefeitos e secretários municipais, ontem à noite, para apresentar o seu propalado programa de eficientização do consumo de energia.

O encontro no Palace Hotel ia bem, o superintendente de operações da Coelba na Bahia, Jobert Menegueli, falava com desenvoltura das ações voltadas à “eficientização energética” e da qualidade dos serviços da empresa… até que acontece uma queda de energia, criando um quase-apagão momentâneo.

Foi quando um prefeito espirituoso (mas tímido) sugeriu trocar o Q de qualidade da Coelba por um outro Q, o de queda de energia.

É, faz sentido. Basta conferir como é o fornecimento em bairros de Itabuna, como o Alto Mirante e o Conceição. Clientes perdem aparelhos ou produtos com as quedas constantes e a relutância da empresa em ampliar o número de transformadores nestas regiões.

AS VÍTIMAS DA DENGUE

hannasantosNossa, fiquei chocado com a notícia da morte de Hanna (leia aqui).

Há pouco mais de um mês, no início de janeiro, meu filho ficou internado no Novaes, e no mesmo apartamento em que ele estava, Hanna também estava lá.

Era um menina muito, mas muito alegre, comunicativa, conversava sobre tudo, super educada e percebi que ela era (e continuará sendo) muito amada por todos da família, já que o número de visitas era muito grande, todos querendo saber como estava aquela menininha linda.

Quando minha esposa me ligou avisando do falecimento dela, mesmo dentro da sala de aula, tive que me sugurar para não chorar.

Acho que aquele rostinho alegre nunca sairá da lembrança da minha família também (minha esposa, meu filho e eu).

Muito triste.

Derni Borges

SÓ AO INSS ITACARÉ DEVE 12 MILHÕES

A Prefeitura de Itacaré está falida e mal-paga. Segundo informações do secretário de finanças do município, Rosivaldo Bispo, somente o debito com a Previdência é de aproximadamente R$ 12 milhões. O governo vai tentar renegociar o pepino para não ficar impossibilitada de firmar convênios.

Há outros problemas.

Por falta de prestação de contas ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), no ano passado, a Prefeitura corre o risco de ter que devolver um ônibus entregue recentemente pelo Ministério da Educação.

Bispo, que também é vice-prefeito, reclama e diz que faltou responsabilidade ao grupo que deixou o governo no dia 1º de janeiro. “Os débitos só foram descobertos após a posse do atual prefeito, não houve processo de transição”, chora.

A situação é feia, mas o prefeito Antônio de Anízio promete fazer de tudo para tirar Itacaré da lista de inadimplentes do Cadastro Único de Convênios (Cauc).

POLÊMICA: PROCURADOR QUER O FIM DE ESCOLA DO MST

PROCURADORES QUEREM O FIM DE ESCOLAS DO MST

PROCURADORES QUEREM O FIM DE ESCOLAS DO MST

Um debate dos bons (e polêmico) rola no judiciário gaúcho.

O procurador de Justiça Gilberto Thuns acusa o Movimento dos Sem-Terra (MST) de fazer lavagem cerebral em crianças com as suas escolas de cartilhas e projeto didático-pedagógico próprios. Para Thuns, o modelo faz lavagem cerebral com a divulgação de teoria marxistas. Ele quer o fim das escolas autônomas do MST, conforme entrevista ao jornal Zero Hora (confira aqui).

O modelo autônomo de educação esbarra na forte oposição de grande parte do Ministério Público gaúcho.

– Esses estabelecimentos não estão alcançando nenhum objetivo pedagógico a não ser servir como fonte de aliciamento. Os filhos dos sem-terra não precisam reproduzir a ideologia dos pais – argumenta o promotor Thuns.

O modelo foi expandido para vários estados e nasceu lá, no Rio Grande do Sul. O MP quer acabar com o movimento e já interferiu para que a governadora gaúcha, Yeda Crusius, cancelasse todos os convênios que ajudavam a manter estas escolas.

A briga vai ferver.

VACINAÇÃO CONTRA AFTOSA ATINGIU 96% DO REBANHO

A Agência Baiana de Defesa Agropecuária (Adab) divulgou há pouco que a última campanha de vacinação contra a febre aftosa atingiu índice de cobertura 96% do plantel de bovinos e bubalinos em todo o estado.

A segunda etapa da campanha foi a mais longa da história. Iniciada em novembro, a vacinação foi prorrogada devido à grande estiagem em quase todas as regiões da Bahia nos dois últimos meses do ano passado.

O percentual garante o certificado de zona livre da doença. Segundo o secretário estadual de agricultura, Roberto Muniz, a meta é obter o certificado de zona livre sem vacinação, equiparando-se a Santa Catarina.

TARIK LANÇA PROJETO NA ÁREA AMBIENTAL

Será apresentado logo mais, às 19 horas, no Tarik Fontes Plaza Hotel, o Projeto de Gestão Ambiental como Processo de Inovação na Pequena e Média Hotelaria. Trata-se de um conjunto de idéias inovadoras no que se refere à destinação de resíduos, baseado na preservação do meio ambiente.

A apresentação do projeto, que é fruto de parceria do Tarik com o Instituto de Atendimento à Família e ao Adolescente (Iafa) e a Universidade Estadual de Santa Cruz, contará com a presença do diretor de Inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), Elias Ramos de Souza.

UESC PROÍBE TROTES E PROPRÕE TROCA SOLIDÁRIA

Uesc proíbe trote e estimula doação de sangue

Uesc proíbe trote e estimula doação de sangue

As aulas na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) começam no dia 2 e a instituição decidiu proibir a prática do trotes. A punição a quem desrespeitar a resolução aprovada pelo Conselho Universitário (Consu), no segundo semestre do ano passado, vai de advertência escrita a suspensão de 3 a 30 dias e até desligamento da Uesc.

Em vez de trote, a pró-reitoria de graduação e os colegiados e departamentos de curso vão realizar a “troca solidária”, entre os dias 4 e 5. Calouros e veteranos serão estimulados a doar sangue, roupas, alimentos, brinquedos e livros.

Todo o sangue coletado será doado para o Hemocentro de Ilhéus, mas parte poderá ser revertida para o Banco de Sangue de Itabuna, que enfrenta enormes dificuldades e atende a mais de 120 municípios baianos.

O trote é prática comum na recepção aos calouros nas universidades e escolas técnicas. Embora não registre incidentes de maiores proporções, a Uesc resolveu adotar a prevenção. Ano passado, estudantes da área de agrárias recepcionaram os novos colegas em trotes que contaram com auxílio de facões.

Os veteranos, de facão em punho, levaram os calouros para sala de aula, onde soltaram bomba de fabricação artesanal. Apesar do enorme estrondo causado pela explosão da bomba, ninguém se feriu. Nem o professor que estava na sala.

A resolução do Consu proíbe a utilização de “elementos ou substâncias, gêneros alimentícios ou não, em especial os podres ou deteriorados, dejetos de animais ou humanos, bebidas alcoólicas e quaisquer substâncias ou elementos repugnantes ou malcheirosos, que possam constranger ou causar danos à saúde e à integridade física a quem quer que seja”.

P.S: Projeto da Câmara Federal torna crime o trote violento nas universidades e co-responsabiliza os dirigentes da instituição superior. O trote seria enquadrado como crime de constrangimento ilegal. A pena varia entre três meses a um  ano de prisão ou multa.

GRATIFICAÇÃO LEVA MP A ACIONAR VEREADORES DE ITAPEBI

Do Radar 64

Dois vereadores e oito ex-vereadores de Itapebi são alvos de uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público estadual por receberem um total de R$158.841,00 em gratificações. Segundo o promotor de Justiça Luciano Medeiros Alves da Silva, o recebimento “é flagrantemente inconstitucional”.

Segundo o MPE/BA, receberam as gratificações indevidas nove vereadores da legislatura 2005-2008: Adelino Walter Ferreira, Aristides Nery Filho, Domingos Lopes, Florisvaldo da Silva Nunes, Genildes Sebastiana Seara, Juarez da Silva Oliveira, Maria Aurélia Pereira, Ubiratan Silva Ribeiro e Zelito Gomes da Silva. Além deles, também recebeu o dinheiro o vereador, de legislatura anterior, Eduardo Paulo Oliveira de Souza, informou o MPE.

UMA PAUTA

Alguém experimentou saber (e publicar) qual a avaliação dos irmãos Vieira Lima sobre a entrevista bombástica do senador e ex-governador pernambucano Jarbas Vasconcelos?

Foge até ao estilo do presidente do PMDB baiano, Lúcio Vieira Lima, calar-se sobre este assunto. Logo ele, um falastrão reconhecido.

Quanto à entrevista, Jarbas disse à revista Veja que o seu partido é corrupto e se aproxima do poder em busca de comissões. Para refrescar, alguns trechos:

Veja – O senhor é um dos fundadores do PMDB. Em que o atual partido se parece com aquele criado na oposição ao regime militar?

Jarbas Vasconcelos – Em nada. Eu entrei no MDB para combater a ditadura, o partido era o conduto de todo o inconformismo nacional. Quando surgiu o pluripartidarismo, o MDB foi perdendo sua grandeza. Hoje, o PMDB é um partido sem bandeiras, sem propostas, sem um norte. É uma confederação de líderes regionais, cada um com seu interesse, sendo que mais de 90% deles praticam o clientelismo, de olho principalmente nos cargos.

Para que o PMDB quer cargos?

Para fazer negócios, ganhar comissões. Alguns ainda buscam o prestígio político. Mas a maioria dos peemedebistas se especializou nessas coisas pelas quais os governos são denunciados: manipulação de licitações, contratações dirigidas, corrupção em geral. A corrupção está impregnada em todos os partidos. Boa parte do PMDB quer mesmo é corrupção.

Quando o partido se transformou nessa máquina clientelista?

De 1994 para cá, o partido resolveu adotar a estratégia pragmática de usufruir dos governos sem vencer eleição. Daqui a dois anos o PMDB será ocupante do Palácio do Planalto, com José Serra ou com Dilma Rousseff. Não terá aquele gabinete presidencial pomposo no 3º andar, mas terá vários gabinetes ao lado.

Na entrevista, ele ainda deu estocadas no governo Lula: “O marketing de Lula mexe com o país. Ele optou pelo assistencialismo, o que é uma chave para a popularidade em um país pobre. O Bolsa Família é o maior programa
oficial de compra de votos do mundo.

Para conferir a íntegra da entrevista de Jarbas à Veja, clique aqui.

VÁ ENTENDER…

O Colo Colo vai para o terceiro treinador no Campeonato Baiano em apenas 10 jogos. O primeiro, Antônio Dumas, saiu após quatro derrotas seguidas. Dumas elogiou a qualidade dos jogadores e atirou na presidência do clube que gosta, segundo ele, de atribuir a culpa pelos erros aos outros.

O segundo, Laelson Lopes, acha o contrário. Livrou a cara do presidente José Maria Santana. o treinador ficou à frente do Tigre por cinco partidas, quando a equipe perdeu três, ganhou uma e empatou outra. Ao sair, afirmou que só metade do elenco presta e os outros 15 jogadores “não têm a mínima condição de jogar no Campeonato Baiano”.

Resta saber se as contratações foram feitas a pedido só do ex-técnico Dumas ou se a diretoria “mandou” em todas…

AJUDANDO A DENGUE

O promotor Clodoaldo da Anunciação disse tudo quando chamou a Secretaria Municipal de Saúde à responsabilidade, cobrando ações efetivas no combate à dengue.

Para Anunciação, é inaceitável que as medidas do plano de combate, preparado em 2008, ainda não tenham sido executadas. É como se o governo estivesse na arquibancada, assistindo de boca aberta, enquanto o Aedes aegypti bate um bolão em campo.

Uma das negligências da Secretaria Municipal de Saúde é o não funcionamento do Centro de Saúde José Maria de Magalhães, que deveria ser uma das unidades de referência no atendimento de pacientes com sintomas de dengue.

Como a unidade de referência não está atendendo, as pessoas estão procurando os hospitais, já sobrecarregados.

Desse jeito, realmente, fica muito difícil.

O COMETA LULINha…

Apesar de sua origem vermelha, o cometa "LULINha" se aproxima da Terra e poderá ser visto a olho nu entre segunda e terça (dias 23 e 24).

Apesar de sua origem vermelha, o esverdeado cometa "LULINha" se aproxima da Terra e poderá ser visto a olho nu entre segunda e terça (dias 23 e 24).

Clique aqui e entenda.

DEPOIS DA FOLIA…

… PREFEITURA ACORDA PARA A DENGUE!!!

Depois de concentrar esforços para realizar o carnaval antecipado e travar embates com o Ministério Público para que a festa acontecesse, finalmente a prefeitura de Itabuna acorda (tarde!!!) para a dengue.

Até a segunda-feira, o secretário de saúde, o vice-prefeito Antônio Vieira, fazia malabarismo verbal para negar a existência de um quadro epidêmico (e gravíssimo) de dengue no município. A realidade falou mais forte e, nesta terça, o município se viu obrigado a decretar estado de emergência em Itabuna.

Em todas as suas entrevistas e no material oficial, Vieira quase nunca falava de ações de combate à dengue. Somente ontem, e com o decreto de emergência, falou-se em mandar a campo 300 homens para revistar e tampar reservatórios d´água, tradicional criadouro de larvas do mosquito quando destampados.

Que a epidemia viria, todos sabiam. Não foi por falta de aviso. Quem entrou na prefeitura sabia que o cenário seria de caos (logo, logo) tamanho o descaso da gestão sucedida por Azevedo. Fernando Gomes e Jesuíno Oliveira, ex-prefeito e ex-secretário de saúde, respectivamente, praticaram um crime contra a população.

Eles não seguiram as recomendações para este período. Pior fez Jesuíno. Dias antes de sair do cargo, “alertou” que a cidade teria dias mais do que preocupantes neste verão por causa da dengue. Faltou prevenção e sobraram desvios de recursos (confessados pelo próprio Jesuíno) e incompetência.

Juntando a competência dos que se foram e a lentidão dos que chegaram, o Aedes aegypti retribuiu trazendo um cenário de caos nos hospitais e ceifando vidas. Por conta disso, hoje não se fala mais em combate, mas controle da dengue.

A ARGUMENTAÇÃO DOS BURGOS

Para emplacar a advogada Juliana Burgos na Procuradoria-Geral da Prefeitura, o governo explora um lapso da redação da lei municipal antinepotismo. É que o texto do dispositivo se refere a cargos “eletivos” e segue elencando, “notadamente”, os de secretário, procurador-geral etc.

Logicamente, os cargos visados pelo legislador não são os eletivos, mas os comissionados, de livre nomeação e exoneração pelo chefe do Executivo.

A redação da lei é imperfeita, mas existem diversas maneiras de interpretar um diploma legal. E nesse caso, mais importante que a interpretação da letra, é preciso mirar o chamado espírito da coisa.

Quem é do ramo sabe bem como funciona.

CARTEL ENCARECE GASOLINA EM ITABUNA

cartelizacaoitabunaA combinação de preços elevou de R$ 2,59 para R$ 2,69 o litro da gasolina em Itabuna. Quase todos os postos têm cobrado o mesmo valor pelo produto, segundo a mais nova edição do jornal O Trombone. A cartelização foi denunciada por um motorista e comprovada pela reportagem do semanário.

Na edição que já está nas bancas, o jornal explica como age o cartel dos combustíveis e revela os prejuízos para o consumidor com a prática que é considera crime pela legislação brasileira. A combinação de preços é confirmada por um frentista.

TSE CASSA GOVERNADOR DA PARAÍBA EM SESSÃO HISTÓRICA

cunhalimacassadoO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve, na sessão plenária desta terça-feira (17), a cassação dos mandatos do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), e de seu vice,  José Lacerda Neto (DEM), por abuso de poder econômico e político e conduta vedada a agente público nas eleições de 2006.

Os ministros rejeitaram os sete recursos que pediam mudanças na decisão da Corte que cassou o mandato de Cunha Lima no dia 20 de novembro passado.

O TSE definiu, ao rejeitar os recursos, que o governador Cássio Cunha Lima deve deixar imediatamente o cargo tão logo a decisão seja comunicada ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) e à Assembléia Legislativa do Estado. Ficou decidido ainda que Cunha Lima deve ser substituído pelo segundo colocado nas eleições de 2006, no caso, o senador José Maranhão (PMDB).

O julgamento desta noite esgotou os efeitos da liminar que permitiu a Cunha Lima permanecer no cargo até o julgamento dos recursos (embargos de declaração) contra a decisão da Corte que cassou o seu mandato. A liminar havia sido concedida pelo plenário do próprio TSE no dia 27 de novembro passado.

De acordo com denúncia do Partido Comunista Brasileiro (PCB) ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), o governador distribuiu cerca de R$ 3,5 milhões em cheques para eleitores por intermédio de programa assistencial, influenciando o resultado do pleito no estado, já que era candidato à reeleição. O TSE manteve no julgamento de 20 de novembro a decisão do TRE que cassou o mandato de Cunha Lima e de seu vice em julho de 2007.

Leia mais clicando AQUI.

Charge extraída do Jornal do Comércio.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia