WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia






abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

editorias





itao

ADOLESCENTES APREENDIDOS COM 1 QUILO DE MACONHA E CRACK

– DROGA ABASTECERIA PRESÍDIO ARISTON CARDOSO, EM ILHÉUS

Drogas apreendidas com adolescentes abasteceriam presídio de Ilhéus (Foto Ricardo Alves).

Drogas apreendidas com adolescentes abasteceriam presídio de Ilhéus (Foto Ricardo Alves).

Dois adolescentes de 15 e 16 anos faziam algazarra em um ônibus da linha Vitória da Conquista-Ilhéus, neste final de semana, quando foram apreendidos com uma barra de aproximadamente um quilo de maconha e trocha de 50 gramas de crack.

O ônibus da Rota parou no posto do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), da PM, no quilômetro 23 da rodovia Ilhéus-Itabuna, porque um dos adolescentes viajava com uma das pernas do lado de fora do veículo, enquanto o outro fazia intenso barulho.

A droga foi descoberta quando a polícia revistou uma mochila que a dupla carregava. “Apertados”, os adolescentes revelaram que traziam a “encomenda” de Vitória da Conquista para o presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus.

A maconha e as pedras de crack seriam entregues a um homem na rodoviária de Ilhéus e repassadas a um presidiário de prenome Mateus. Os adolescentes C.M.B. e F.P. não souberam dizer qual o nome do homem que os receberia no terminal rodoviário. O contato inicial seria por telefone, assim que desembarcassem no município.

A polícia rodoviária ainda descobriu que os menores são naturais de Jequié, também no sudoeste baiano. Eles foram apreendidos e conduzidos para a delegacia. Informações do repórter Costa Filho, da rádio Jornal.

NEPOTISMO: MEDIDA DO MP ATINGE FAMÍLIA BURGOS

O prefeito Capitão Azevedo tanto rezou por uma solução que apareceu alguém para lhe dar uma forcinha. O Ministério Público Estadual (MP) enviou correspondência à prefeitura pedindo todas as informações sobre os ocupantes de cargos comissionados.

A medida visa identificar os casos de nepotismo no município – que não são poucos. Dentro do governo, está claro que o chefe do setor de Tributos, Otaviano Burgos, será exonerado, pois trabalha num setor diretamente ligado à Secretaria da Fazenda, que é comandada pelo advogado e paizão Carlos Burgos.

Na árvore do nepotismo, ainda há a procuradora-geral do Município, Juliana Burgos – que também periga cair por conta da “prensa” da promotoria local. O ofício encaminhado à prefeitura tem a assinatura do promotor Clodoaldo da Anunciação.

O documento parou na mesa da procuradora-geral e do secretário de Administração, Gilson Nascimento. Ao ser encaminhado às secretarias, causou o maior rebuliço.

O GOLPE DAS DISTRIBUIDORAS DE ÁGUA

Vasilhames: olho na validade e no golpe.

Vasilhames: olho na validade e no golpe.

Há um novo golpe na praça e dói na parte mais sensível dos pobres mortais, o bolso. As distribuidoras de água mineral fornecem o líquido em garrafões de 10 ou de 20 litros acima de três anos de uso e depois não os aceitam de volta na hora do reenvase.

A alegação das distribuidoras é a de que cumprem determinação do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), que estabeleceu prazos de validade para aqueles garrafões.

Nesses casos, o consumidor parece não ter outra alternativa a não ser comprar outro vasilhame (varia de R$ 12,00 a R$ 17,00, a depender da distribuidora).

Mas, atenção, pois você pode questionar a esperteza destas empresas. Elas devem aceitar os vasilhames de acordo com as datas-limites a seguir.

– Até 30 de janeiro de 2010, para vasilhames com fabricação em 2005;

– Até 30 de abril de 2010, para os de fabricação em 2006; e

– Até 30 de junho de 2010, para vasilhames com fabricação entre 1º de janeiro e 30 de junho de 2007.

Se a conversa da distribuidora de água mineral for diferente desta, acione o Procon.

ROMPEMOS A SEXTA E O SÁBADO; OREMOS PELO DOMINGO

Essa é uma contagem mórbida ao contrário. Itabuna registra um fim de semana sem homicídios até aqui – embora tenha havido duas tentativas, na sexta e no sábado, graças a Deus sem êxito.

Aliás, a calmaria dos assassinatos se registra desde a morte dos dois jovens no crime do São Judas Tadeu, Jéferson Pereira e Pedro Silva Santos, na noite de quarta-feira (9).

Que sigamos assim.

Numa época que para a imensa maioria das pessoas é uma celebração à vida – o nascimento de Cristo –, seria bem lógico que as pessoas parassem de se matar. E que pegassem gosto por essa nova rotina, de não violência. Amém.

A INSTITUCIONALIZAÇÃO DO CALOTE

.

Allah Góes | [email protected]

Nunca a frase do inesquecível ex-governador Octavio Mangabeira, que diz: “pense num absurdo, e este tem precedentes na Bahia”, esteve tão atual (e tão nacional), quanto agora, pois os absurdos, e os precedentes a estes absurdos, que antes ocorriam apenas aqui nesta nossa “Bahia de todos os Santos”, agora, talvez por conta da “modernidade” e dos avanços nas comunicações, ocorrem primeiro em nossa Capital Federal.

Sim, em Brasília, mais precisamente em nosso Congresso Nacional, é onde hoje, parafraseando nosso antigo governador, se precedem os absurdos, pois pressionados por governadores e prefeitos, nossos Congressistas sacramentaram um assalto a milhares de credores dos municípios e dos Estados, ante a promulgação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 12/06, também conhecida como PEC do Calote.

Agora que promulgada, a proposta passa a ser a EC – Emenda Constitucional nº 62, os governos estaduais poderão destinar ao pagamento de precatórios (que são os débitos já confirmados pela Justiça) apenas 2% de sua receita corrente líquida. Para as prefeituras, a obrigação não passará de 1,5%.

Na prática, a nova EC nº 62 institui é um “leilão inverso”, onde quem der o maior desconto ao órgão estatal devedor recebe primeiro, vez que destina-se 60% dos recursos previstos ao pagamento de precatórios para a realização desses “leilões”.

Assim, como consequência, aqueles que forem credores de Prefeituras, e não se dispuserem a participar dos “leilões”, poderão levar décadas para receber seu crédito, e isto apesar de terem seu direito reconhecido por um Tribunal, sendo que muitos desses cidadãos, por conta da inevitável demora que se criará, provavelmente não viverão o bastante para ver esse dinheiro.

Mas o “afago” que nossos congressitas fizeram nos governadores e prefeitos, com vistas aos votos de outubro de 2010, felizmente já encontra resistencias dentro do Judiciário, onde recentemente o presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Cláudio José Montesso, comentou que: “Alongar o pagamento e limitar o orçamento para precatórios tira o poder do Judiciário de decidir. É uma afronta à Justiça e às decisões já transitadas em julgado”.

Mas, mesmo antes da EC nº 62, o calote já existia, porque as dívidas se acumularam durante décadas tanto nas prefeituras quanto nos governos estaduais, vez que Prefeitos e Governadores, sempre quando tomavam posse, de imediato, demitiam todos aqueles que não eram de sua corrente partidária, bem como deixavam de pagar os valores acordados nas desapropriações feitas, empurrando para a Justiça a resolução do problema.

E na Justiça, além da morosidade na resolução do problema, vez que todas as decições contra a Fazenda Pública (União, Estados e Municípios), estão sempre sujeitas ao duplo grau de jurisdição, mesmo com a decisão favorável, o cidadão ainda teria que aguardar a sua vez na lista de precatórios, o que só aí já demorava anos. Mas pelo menos se tinha uma esperança de um dia se receber.

Agora, com a promulgação da EC do Calote, poderemos inaugurar, no entanto, algo pior que uma era de completa irresponsabilidade fiscal. Se o poder público puder demitir e desapropriar livremente, sem a obrigação de realizar o pagamento correspondente num prazo minimamente aceitável, os contribuintes passarão a conviver tanto com a insegurança jurídica, como com o confisco legalizado, o que não é aceitavel num Estado que se diz democrático e de Direito.

Allah Góes é advogado.

NOVA ENQUETE NA ÁREA

O médico e vice-prefeito Antônio Vieira (DEM) contestou um ouvinte, na rádio Jornal, e afirmou que a população quer a sua continuidade à frente da Secretaria de Saúde de Itabuna.

Aqui, você é convocado para a prova dos nove.

No lado esquerdo da tela do seu computador, há uma enquete onde você pode opinar. Será uma espécie de “fica” ou “ejeta” Vieira. Ou um meio termo. Lá, o que vale é a sua opinião.

Ao voto, pois.

OLHA O BABADO DA MANU!

manutvitabuna1

Manu: Babadão no impresso e na TV.

O “Babadão”, coluna semanal assinada por Manuela Berbert, no Diário Bahia, virou quadro de TV. A experiência acontece depois do sucesso de suas participações no programa Fina Estampa, na TV Itabuna.

O quadro é exibido às sextas-feiras, no programa Bem Viver, que vai ao ar das 17h às 19h, com reprise aos sábados, domingos e segundas. Manu explica a proposta-receita que garantiu o sucesso do Babadão também na TV:

– Nele, faço um breve resumo do que aconteceu de interessante durante a semana, geralmente mostrando imagens, além de apresentar, ao vivo, artistas regionais que estão se destacando, tudo com muita música e muita animação.

ENQUETE ENCERRADA

O Pimenta encerrou a enquete sobre a disputa eleitoral pelo Palácio de Ondina em 2010.

O governador Jaques Wagner (PT) apareceu em primeiro ao obter 720 cliques. Paulo Souto (DEM) ficou com 343 e o peemedebista Geddel Vieira Lima, 139. Luiz Bassuma (PV) pontuou com 51. A opção “nenhum deles” ficou com 171 cliques.

Em instantes, uma nova -e palpitante – enquete, desta vez sobre a gestão da saúde em Itabuna.

SHOW DA M21

A propaganda sul-baiana está fazendo bonito também lá fora. Veja o caso da M21. A agência ilheense do publicitário Marco Lessa atende a conta do Jequitibá Plaza e disputou com outras agências a campanha natalina de dois outros shoppings da rede, localizados em Feira de Santana (BA) e Campina Grande (PB).

Venceu.

A campanha estrelada pelo ator itabunense Jackson Costa para o Jequitibá também será veiculada pelos shoppings da rede em Feira e na cidade paraibana, alterando-se as marcas.

A agência criou, além de VTs para televisão, outdoors, spots de rádio e impressos e peças para a internet tendo como gancho não apenas o fato de dar presente, mas estar presente na vida das pessoas.

Marco Lessa, que tem uma prateleira lotada de prêmios do Bahia Recall, da Rede Bahia, diz que a conquista revela a força do que é produzido pelas agências do eixo Ilhéus-Itabuna.

O publicitário foi o diretor de criação e o redator da campanha natalina para os três shoppings, tendo ainda a direção de arte de Vinicius Trindade, produção de Luana Lessa e atendimento de Ângela Muniz.

Campanha vencedora, criada pela M21, de Ilhéus.

Uma das peças da campanha vencedora, criada pela M21, de Ilhéus.

ATRASO EM OBRAS DA FERROVIA OESTE-LESTE É DE SEIS MESES

Obra tem nova previsão de início: maio.

Obra tem nova previsão de início: maio.

Dia desses, o presidente da Valec Engenharia, Construções e Ferrovia, José Francisco das Neves, disse que as obras da Ferrovia Oeste-Leste começariam em novembro deste ano (relembre aqui).

O nobre até divulgou o cronograma da ferrovia que vai ligar Figueirópolis (TO) a Ilhéus (BA). Mas não é que, passados alguns meses, o homem aparece com um novo prazo?

Durante encontro com o governador Jaques Wagner, ontem, Neves disse que a empresa estatal tem condições de começar a “ajeitar os trilhos” em… maio do próximo ano. Vá lá que existam imprevistos de toda ordem, mas…

A ferrovia está integrada ao Complexo Intermodal Porto Sul, que prevê ainda construção de porto e aeroporto internacional em Ilhéus, num investimento total previsto de R$ 6 bilhões.

O DESEMBARQUE DO PV BAIANO

Depois dos peemedebistas, agora o PV anuncia, oficialmente, o desembarque da nave do Galego. Após encerramento da série de encontros regionais, sacramentou-se aquilo que estava escrito nas estrelas.

De acordo com dirigentes dos “verdes”, o PV entrega os cargos que ocupa na gestão de Jaques Wagner, na próxima segunda-feira, 14. O partido comanda a pasta do Meio Ambiente, pilotada por Juliano Matos.

A decisão pelo desembarque foi tomada no encontro em Salvador. Juliano Matos, aliás, era uma das vozes contrárias ao rompimento com o PT.

A chapa “verde” vai para a disputa tendo as pré-candidaturas de Luiz Bassuma a governador e Edson Duarte a senador. O modus operandi do PV foi o mesmo do PMDB quando do desembarque do governo estadual. Iniciou com encontros regionais (“para ouvir as bases”), apesar de saber qual seria o resultado…

Já na entrevista que concedeu ao Pimenta, há duas semanas, o deputado federal Edson Duarte deixava evidente a posição a ser adotada pelo partido (confira).

A imposição da candidatura própria é mais resultado da articulação nacional para dar sustentação à candidatura Marina Silva, presidente, do que motivada por insatisfações com o governo Wagner.

FLAMENGO REBAIXADO EM 2010?

Calma, nobre leitor ou torcedores flamengos/flamenguistas. Aqui pelas bandas do Pimenta não passou nenhuma “mãe Dinada” ou “pai Dinado”.

Se o “analista” for supersticioso, pode prever um 2010 complicado para o Flamengo.

Vamos, pois, ao raciocínio simplório: alguns dos melhores atletas brasileiros e melhores times nacionais estavam no auge ou liderando suas competições quando fizeram uma visita a Vossa Excelência. “Adispois”, a história mudou (que o diga Ronaldinho, Roberto Carlos – ou, ainda, o Fluminense de 2008).

Na segunda, 14, uma comitiva do campeão brasileiro de 2010 visitará o presidente, no Palácio do Planalto.

Pelo sim, pelo não, é bom encomendar uma carga extra de sal grosso.

CENAS (RECENTES) DE PORTO SEGURO

É de estarrecer os dias vividos pela população de Porto Seguro. A cidade, que foi atingida pela gripe suína, dengue e meningite, sofre com os desmandos administrativos do prefeito (sem pulso) Gilberto Abade.

O governo é dividido entre as facções dos “abadistas” e dos “janistas”. Dia desses, um secretário caiu por envolvimento com a máfia das funerárias (confira aqui).

Agora, imagine o seguinte diálogo:

– Você é moleque!

Do outro lado, dedo em riste:

– Moleque é você!

E sem parar, a tréplica:

– Você me deve.

– E você me deve mais ainda, moleque!

Pois é, leitor. A discussão, aberta, foi presenciado por turistas e moradores de Porto Seguro no saguão do Aeroporto Internacional da cidade onde, reza a lenda, Cabral descobriu este país “onde se plantando tudo dá”.

O “diálogo” era travado pelo prefeito Gilberto Abade (PSB) e o vereador Enildo Roló, ocorreu há poucos dias. Amigo deste blog assistiu à cena e lamentou não ter uma câmera para registrá-la.

Mas, afinal, do que tratavam os insignes?

ISTO É UM ASSALTO!

A cartelização do gás de cozinha, o GLP, propicia um cenário inquietante em Itabuna.

O gás de 13 quilos sai a R$ 38,00 no município.

Ali perto, no Salobrinho (Ilhéus), o produto não custa mais que R$ 31,00.

Lembra o leitor Sérgio Oliveira, que o produto sai ainda mais barato em Jequié: R$ 30,00.

E aí, nobre internauta, o que você acha disso?

TENSO, VIEIRA PROMOVE BATE-BOCA COM OUVINTE NA RÁDIO JORNAL

Vieira não suporta pressão de ouvinte.

Vieira não suporta pressão de ouvinte.

O tempo fechou, novamente, no estúdio da rádio Jornal.

O secretário de Saúde de Itabuna, Antônio Vieira, não suportou provocação de um ouvinte do programa Resenha da Cidade, que pediu para o vice-prefeito deixar o cargo de secretário.

Jorge Calixto Madalena aconselhou Vieira a pedir exoneração logo para que tenha um natal em paz e sustentou que a saída do secretário é o que todo itabunense deseja, por conta da péssima gestão do médico na Saúde.

Vieira, tenso, rebateu Jorge Calixto e disse que aquela era uma posição pessoal do ouvinte e não da maioria dos itabunenses (será, nobre secretário?).

A propósito, o médico participava do programa para responder às denúncias de estocagem de mais de meia tonelada de medicamentos vencidos recentemente (enquanto parte da população sofria sem acesso a remédios, no primeiro semestre) e abandono do Centro de Controle de Zoonoses.

Vieira ainda foi contraditado, no ar, pelo homem-bomba Nailton Almeida, ex-diretor do Centro de Zoonoses. A participação do secretário no programa, aliás, foi desastrosa.

Ele não respondeu às denúncias e afirmava sempre que a responsabilidade no caso dos medicamentos é do diretor de Vigilância à Saúde, Florentino Filho.

Em tempo: o secretário tentou a todo momento evitar a participação no Resenha da Cidade. Após confirmar a ida aos estúdios da emissora, Vieira alegava sempre – nas ligações hoje pela manhã – estar em sala de cirurgia. Acabou indo à rádio nos minutos finais do programa.

CÉSAR BORGES E O SENADO

Marco Wense

O senador César Borges vai tomar que caminho na sucessão estadual de 2010? Fica com Paulo Souto (DEM), o ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) ou o governador Jaques Wagner (PT)?

Se a eleição fosse hoje, o ex-mandatário da Bahia buscaria a reeleição na chapa majoritária encabeçada por Paulo Souto. Como são duas vagas para o Senado, a outra seria de José Ronaldo, ex-prefeito de Feira de Santana.

O deputado federal ACM Neto, sem dúvida a maior representação viva do carlismo, aceita uma composição de Borges com Geddel. Mas diz, de maneira peremptória, que com Jaques Wagner é imperdoável.

ACM Neto acha que uma aproximação do senador com Wagner é uma traição ao grupo político que sempre andou do seu lado, mesmo quando Borges estava em uma situação difícil, como na sucessão soteropolitana de 2004.

Em 2004, César Borges, então candidato a prefeito de Salvador, foi impiedosamente derrotado por João Henrique, que recebeu o apoio do PT e do PSDB.

César Borges acerta quando não tem pressa em definir sua posição diante do cenário sucessório. Qualquer atitude intempestiva pode criar obstáculos para sua permanência no Congresso Nacional.

O senador, que é cria política de Antonio Carlos Magalhães (ACM), só vai tomar uma decisão no início do mês de junho de 2010, quando começa o bafafá das convenções partidárias.

Uma coisa é certa: César Borges, que é presidente estadual do Partido da República (PR), só fica com Geddel se o peemedebista mostrar que sua candidatura ao Palácio de Ondina é viável.

Como a polarização entre Jaques Wagner e Paulo Souto é dada como favas contadas, o ex-governador da Bahia vai ter que escolher entre o petista e o democrata.

O melhor caminho para Borges é a majoritária do DEM. Muitos petistas, mesmo com o senador apoiando Jaques Wagner, não votariam no autor da famosa frase “água e óleo não se misturam”, se referindo ao PT e ao então PFL.

Quando o assunto é o cobiçado apoio de César Borges, o democrata Paulo Souto tem 70% de chance, o petista Jaques Wagner 25% e o peemedebista Geddel 5%.

O senador César Borges, que é o primeiro nas pesquisas de intenção de votos para o Senado da República, é a bola da vez. A bola mais disputada do jogo sucessório.

PS – São duas vagas para o Senado. O PSB tem como certo o nome de Lídice da Mata. O PT diz a mesma coisa com Walter Pinheiro. O imbróglio é que o governador Jaques Wagner não pode prescindir de César Borges e Otto Alencar.

IMPUNIDADE

Parece brincadeira, mas é a pura verdade. Uma verdade que só alimenta a corrupção e os corruptos.  Uma verdade que só faz aumentar a impunidade e, como consequência, o descrédito no Poder Judiciário.

O Ministério Público Federal (MPF) já contabiliza 129 ações por improbidade e 317 procedimentos criminais contra ex-prefeitos baianos. No MP da Bahia, só em 2009, são 310 ações por improbidade.

Pois é. Somando tudo, com a ressalva de que os atuais prefeitos estão fora do listão porque têm foro privilegiado, o total é de 756 ações. Vale lembrar que um processo envolvendo agente público pode demorar – se não prescrever – mais de 10 anos.

“Na Bahia, não há notícia de que alguém tenha ressarcido o erário público”, diz o promotor Valmiro Macedo. E finaliza com um óbvio ululante campeão de todas as obviedades: “No Brasil, quem tem dinheiro, o processo nunca transita em julgado”.

Para os pobres e o cidadão comum, a frieza e a imparcialidade da lei. Para os ricos, os engravatados, a impunidade. A expressão latina “dura lex, sed lex” (a lei é dura, mas é lei) só vale para os descamisados.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

ESTIAGEM: ITABUNA TERÁ OUTRA SEMANA DE SOL A PINO

Uma pancada de um milímetro, à tarde, e outro à noite, lá pro dia 19 (sábado). Essa é a previsão da próxima chuva para Itabuna, que já não lembra da última vez que viu água caindo do céu – o que, também, se reflete na que vem por debaixo da terra, com oferecimento da gloriosa Emasa.

Segundo o site Tempo Agora, a semana será de sol pleno na terrinha, sem possibilidades de chuvas (veja aqui).

.

ENTIDADE FAZ DESAGRAVO A BABAU

.

Cacique Babau - Foto: Marcelo Min

A Associação Nacional de Ação Indigenista (Anaí), divulgou uma Nota de Desagravo ao cacique Babau, que foi “vítima” de uma reportagem da Revista Época, em que era comparado ao cangaceiro Lampião, publicada no dia 23 de novembro.

Bom, o cacique não parecia constrangido em suas declarações sobre a forma como zomba das autoridades, como, por exemplo, quando disse que os federais sempre vão em busca de alguma vítima de sequestro na aldeia, mas só encontram os índios comendo churrasco.

“De vez em quando a Polícia Federal vem aqui buscar um cadáver. Não encontra nada, só a gente comendo carne assada. Mas é carne de animal. Nossos antepassados faziam prisioneiros para virar almoço. É por isso que eu não sequestro ninguém. Se sequestrar, a gente vai ter de comer”.

Clique aqui e leia o desagravo. Aqui você pode ver a nota que o Pimenta postou sobre a reportagem de Época.

SOBRE O VIVER DOS OLHOS

70-mm

final 4

Leandro Afonso | www.ohomemsemnome.blogspot.com

.

Em Má Educação (2004), apesar de um discreto conflito entre (excesso de?) esmero e (certa falta de) fluidez, Pedro Almodóvar atingiu uma quase inacreditável combinação, límpida e convincente, entre o demonstrar sua paixão pelo ofício e o admirável caráter declaradamente auto-biográfico de sua obra. Cinco anos depois, aos 60 de idade, ele lança Abraços Partidos (Los abrazos rotos – Espanha, 2009), irmão daquele de 2004 e com um fascínio forte o suficiente para suplantar a marcha lenta que o mantém em boa parte do tempo.

A melhor personagem do filme é, sem dúvida, Penélope Cruz – que foi de uma potencial enganação a uma atriz cujo potencial ainda não nos apresentou seu limite. Lena é a imagem pura e auto-suficiente, é a vontade de existir no cinema, de fazer o cinema existir, e que representa não só ela como o próprio filme dentro do filme que temos aqui. Não menos bela é a cena do abraçar a imagem projetada, já filmada entre outros por Godard, emblemática de uma paixão que, no restante do filme, é puro Almodóvar.

Mais do que a auto-citação, ele volta a usar revelações e reviravoltas, comuns na sua escrita folhetinesca, que parecem (a maioria delas) menos relevantes e surpreendentes do que já foram em filmes anteriores. Bom dizer, contudo, que o que pode ser analisado como um pouco antecipável e sem um encaixe perfeito, pode ser visto também (prefiro olhar assim) como um ponto a favor da capacidade de Almodóvar trazer ardor e acaso com a naturalidade de quem sabe tratar com esse tipo de narração e essa mescla de gêneros. Sua assinatura é forte e bonita o suficiente para tornar uma suposta previsibilidade em marca inconteste – que pode incomodar a uns e maximizar o efeito da obra em outros.

O tom novelesco, por exemplo, se no começo não traz o mesmo impacto de muita coisa já feita por ele, acaba por premiar o até então impossível, em – aí sim – uma reviravolta digna de um apaixonado absurdamente talentoso. E capaz de finalizar um filme com uma frase explícita que, se na mão de outro poderia parecer forçada, nas dele parece potencializar ainda mais o nó na garganta de quem sente um mínimo de afeição por esse meio que é o cinema.

É verdade que o amor em comum pela arte talvez contribua para um caráter mais condescendente de quem o analisa, graças à carga emocional do fim do filme, mas também é verdade que não faltam obras que tentam transbordar cinefilia quando, de fato, derramam citações sem nada de genuíno como resultado à parte da referência. Diferente de Almodóvar, que, embora não chegue aqui à sua criação mais bem acabada, é provável que tenha nela a mais apaixonada e cativante.

Filme: Abraços Partidos (Los abrazos rotos – Espanha, 2009)

Direção: Pedro Almodóvar

Elenco: Penélope Cruz, Lluís Omar, Blanca Portillo, José Luiz Gómez

Duração: 127 minutos

Filmes da semana:

  1. 1. Abraços Partidos (2009), de Pedro Almodóvar (Cine Vivo) (****)
  2. O Poderoso Chefão Parte II (1974), de Francis Ford Coppola (****1/2)
  3. 3. Atividade Paranormal (2007), de Oren Peli (UCI Aeroclube) (***1/2)
  4. Um Sonho Americano (1993), de Emir Kusturica (**1/2)
  5. Barravento (1962), de Glauber Rocha (***)
  6. 6. Penalty (2001), de Adler “Kibe” Paz (Walter da Silveira) (curta) (**)
  7. 7. Rádio Gogó (1999), de José Araripe Jr. (Walter da Silveira) (curta) (***)
  8. Viver a Vida (1962), de Jean-Luc Godard (***)
  9. Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos (1988), de Pedro Almodóvar (***)

______________

Leandro Afonso é comunicólogo, blogueiro e diretor do documentário “Do goleiro ao ponta esquerda”

RESSUSCITADOR DO SAMU ESTÁ PEDINDO ARREGO

Essa, nem mesmo a auditoria do Ministério da Saúde viu. A ambulância avançada, do Samu de Itabuna, é equipada com um ressuscitador (desfibrilador). Velhinho, já não segurando a carga de energia, o aparelho só espera a hora da aposentadoria. O que já deveria ter acontecido há algum tempo.

Mas, se não ocorreu, não foi por falta de uma peça de reposição. Talvez, por falta compromisso da atual gestão do serviço de urgência e emergência. Descansa, na sala do coordenador Álvaro Catarino, um desfibrilador novinho, bem mais moderno que o atual e extremamente necessário aos pacientes.

“A diferença é que o que está em uso já chegou a sua capacidade de recargas. Toda vez que a ambulância sai para um socorro, ficamos torcendo para que o ressuscitador aguente o tranco. Se o novo já estivesse instalado, nosso trabalho seria bem mais tranquilo. Teríamos a certeza que estaríamos prestando um serviço com todos os recursos oferecidos pelo Samu. Aqui, esse não o caso”, afirma uma fonte.

Coisas de Itabuna.

.

Imagem ilustrativa; aparelho do Samu de Itabuna está 'muito bem guardado'




-->


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia