WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba











junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias





itao






UMA BOQUINHA, PLEASE

cesarbrandao

.

O ex-vereador César Brandão se achegou ao poder municipal e tenta de todo jeito obter uma secretaria no governo de Capitão Azevedo (DEM). Segundo conta o blog Políticos do Sul da Bahia, na sua aventura por um cargo na viúva, Brandão tem buscado comprometer até o seu partido, o PPS.

Foi assim numa entrevista à rádio Nacional, quando disse que o PPS vai ajudar Azevedo e este pediu tempo para analisar que secretaria poderá oferecer aos socialistas. A presidente do PPS, Mariana Alcântara, achou estranho o papo de César Brandão.

Mariana confirmou o apoio da legenda ao governo municipal, mas negou que esta ação esteja atrelada a cargos. “O partido vai ajudar o governo, porém, com independência”.

E aí, Brandão?

DASPU LANÇA A “PUTIQUE”

Abrem-se as cortinas, começa uma batida de funk. Numa imagem que remete a um cabaré há um palco e, nele, revezam-se imagens de um desfile com roupas que fogem à convencional alta costura, com peças justas, curtas e sensuais. As modelos também não lembram em nada as magérrimas de costume: são encorpadas, fazem poses sensuais.

Essa é a abertura do site da Daspu, a grife da ONG carioca Davida, que luta pelos direitos das prostitutas. Desde o início da semana passada, ao clicar nas fotos dos desfiles, o internauta é direcionado à recém-inaugurada Putique Daspu, a loja virtual da grife que cria roupas inspiradas no universo da prostituição.

Engana-se quem pensa que o objetivo do site é vender para as prostitutas que navegam pela internet.

“É um público que nos interessa, sim. Mas hoje em dia vestir Daspu virou ‘cult’, vendemos para mulheres de classe média, profissionais liberais, que têm entre 26 e 45 anos”, explica Flávio Lenz, diretor de marketing da Daspu.

Leia mais

O PEIXE SANTO

Famílias recebem peixe e arroz em Ibicaraí.

Famílias recebem peixe e arroz em Ibicaraí.

Alguns municípios sul-baianos alegaram crise financeira para não assegurar o peixe da Semana Santa a famílias carentes, outros ainda tiveram uma ‘sobrinha’ de caixa. Em Ibicaraí, cinco mil famílias inscritas em programas sociais foram beneficiadas com a distribuição do peixe corvina e arroz. A entrega foi operacionalizada por funcionários da secretaria de assistência social e pelo prefeito Lenildo Santana.

O FIM DO BURACO

Quatro meses de buraco e depois de nota publicada aqui no Pimenta (confira), no domingo, a Emasa decidiu fechar a cratera aberta na calçada da rua Miguel Calmon, no centro, nos fundos do edifício Atlanta Center.

O conserto da tubulação foi providenciado, assim como o da calçada. Falta apenas o reparo na rede de esgoto da escola municipal na avenida Bionor Rebouças, também denunciado na postagem.

PARALISAÇÃO DEVE CONTINUAR ATÉ ÀS 15H

Terminou há pouco uma reunião entre representantes do Sindicato dos Comerciários de Itabuna e do Sind-Super, que fala em nome das empresas do ramo de supermercados. Os trabalhadores exigiram que o Bompreço retome as negociações da campanha salarial.

A representação patronal firmou compromisso de que,  na próxima quarta-feira (15), membros da direção do Bompreço estarão em Itabuna para discutir a pauta de reivindicações do Sindicato. A proposta está sendo discutida neste momento em assembleia pelos trabalhadores e a posição predominante é de que a paralisação continue até as 15 horas.

Clique aqui e veja como foi a manifestação do Sindicato dos Comerciários, no início da manhã de hoje, na entrada do supermercado.

OS VERDADEIROS OVOS DE OURO

Daniel Thame

Apesar da tão propalada crise, cerca de 130 milhões de ovos de chocolate serão comercializados durante a Páscoa, um crescimento de 8% em relação a 2008.

Deveria ser motivo de foguetório no Sul da Bahia, principal produtora de cacau do país.

Mas não há motivo para foguetório algum, visto que a região é apenas produtora de cacau e não de chocolate. É mera fornecedora de matéria-prima, como se ainda habitássemos no Brasil Colônia.

Os números falam por si. Enquanto o mercado de cacau em amêndoa movimenta 300milhões de reais por ano no Brasil, o mercado de chocolate atinge 4 bilhões de reais. Uma diferença brutal, impressionante. Os fabricantes faturam 13 vezes mais do que os produtores.

Estados como São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, que não possuem um mísero pé de cacau, tÊm fábricas de chocolate de médio e grande porte, sem contar as empresas artesanais, que produzem chocolates finos, a preços de dar água na boca para quem vende a amêndoa a preço de banana.

Aqui no Sul da Bahia, a produção de chocolate é ínfima, insignificante. O Chocolate Caseiro de Ilhéus é uma experiência bem sucedida, mas isolada. Um nada dentro do nada, se comparado à produção nacional.

O aumento do consumo de chocolate, durante todo o ano e não apenas na Páscoa, é uma tendência mundial. Mais consumo, mais demanda, mais negócios, mais renda, mais emprego.

Enquanto isso, o Sul da Bahia continua sua sina de plantar, colher e entregar para outras regiões industrializarem, num ciclo vicioso que perdura há décadas, como se isso nos bastasse. A realidade atual mostra que não nos basta.

É tão óbvio, que não se entende porque a Região Cacaueira não adotou um projeto de produção de chocolate, absorvendo uma fatia significativa desse mercado que não para de crescer.

A Ceplac desenvolveu recentemente uma tecnologia para a produção de chocolate com alto teor de cacau. Verdadeiro manjar dos deuses, mas essa tecnologia ainda não conseguiu romper os muros da instituição, ainda que o PAC do Cacau tenha entre suas ações a instalação de 20 fábricas de chocolate. Algo que, infelizmente, ainda não saiu do campo das boas intenções.

Temos o apelo de região produtora do cacau de melhor qualidade do mundo, de ter em Jorge Amado um ícone de primeira linha e de preservar, graças próprio cacau, uma das áreas remanescentes de Mata Atlântica do país.

Falta, portanto, iniciativa, espírito empreendedor e apoio governamental para fazer com que o Sul da Bahia deixe de ser apenas produtor de matéria prima e possa fabricar chocolate.

Nos iludimos tanto com um fruto que parecia ser de ouro e não é e esquecemos de ovos que parecem valer ouro.

E valem mesmo!

0-0-0-0-0-

Pesquisa de mercado realizada pelo Ibope mostrou que Salvador é a capital brasileira com maior consumo de chocolate do país. 75% dos entrevistados revelam consumir chocolate ao menos uma vez por semana.

Ótima notícia.

Para os paulistas, gaúchos, capixabas…

Leia mais em www.danielthame.blogspot.com

GREVE NO BOMPREÇO

Com uma adesão de mais de 80% dos funcionários, foi deflagrada agora de manhã uma paralisação no supermercado Hiper Bompreço de Itabuna. O Sindicato dos Comerciários, que coordena a greve, afirma que o protesto é contra a postura da empresa na mesa de negociação da campanha salarial.

O presidente do sindicato, Jairo Araújo, diz que o Bompreço ofereceu um reajuste salarial de 7,5%, mas a categoria reivindica 12%. “As conversas travaram porque a empresa abandonou a mesa de negociação”, afirma.

Além da questão salarial, a greve também é uma resposta às agressões sofridas recentemente por funcionários, dentro do estabelecimento. Os agressores foram clientes, irritados com as filas cada vez maiores no supermercado.

Neste momento, o Bompreço funciona parcialmente. Gerentes e subgerentes foram deslocados para a função de caixas. A gerência também demonstrou que estava preparada para a greve, pois pagou táxis para pegar alguns funcionários em casa e levá-los para o trabalho bem cedo, antes do sindicato se postar na entrada do supermercado.

ITABUNA PERDE PARA O LANTERNINHA

Itabuna fez feio diante da sua torcida no último jogo no estádio Luiz Viana Filho no Baianão 2009. Contra o lanterninha Poções, o Azulino foi surpreendido aos 2 minutos de jogo, quando Tupanzinho marcou para o time do sudoeste baiano.

O jogo fraco não animou a torcida do Azulino, que ainda esperava reverter a desvantagem. O Itabuna empatou com o artilheiro Neto Berola. Após três jogos sem marcar, ele fez o gol de empate do Azulino, aos 9min do segundo tempo.

Os minutos seguintes foram de frustração. O desespero da torcida aumentou aos 42min, quando Bil fez o gol da vitória do Poções. O gol mantém o time do sudoeste com chances de se livrar do rebaixamento.

Com 18 pontos, o Poções subiu para décimo lugar com a vitória em cima do Azulino. O lanterninha agora é o Madre de Deus, com 16 pontos. O Feirense, com 17, é o 11º colocado. O Itabuna permanece em sexto, com 28 pontos. A rodada praticamente garantiu o Colo Colo na primeira divisão.

TROTES

Além de funcionar precariamente, com metade das viaturas encostada por falta de manutenção e outras podendo parar a qualquer momento, o Samu 192 ainda enfrenta outras dificuldades em Itabuna.

A principal delas é bastante conhecida: os trotes que alguns estúpidos com pouco o que fazer passam para o serviço. Segundo a coordenação, das 500 a 600 chamadas que o Samu recebe diariamente, 30% são apenas palhaçada. Sem a menor graça, é claro.

POÇÕES NA FRENTE. DE NOVO!

O fraco e lanterninha Poções acaba de desempatar a partida contra o Itabuna, no estádio Luiz Viana Filho.

Bil, aos 42 minutos, marcou o gol que pode ser decisivo para livrar o time do sudoeste baiano do rebaixamento.

Mais uma vergonha para o Itabuna, que teve um jogador expulso.

CUIDADO NA ESTRADA

Em 2007, foram registrados 15 acidentes durante o feriado da Semana Santa nas estradas estaduais que cortam o sul da Bahia. No ano seguinte, o número de acidentes caiu para 6, nenhum com morte.

A partir das 8h da manhã desta quinta-feira, a Polícia Rodoviária Estadual inicia a Operação Semana Santa, cobrindo principalmente a BA-001 e a BR-415 (rodovia federal estadualizada). E a meta é alcançar nova redução no número de acidentes, para isso mobilizando 47 patrulheiros, além do policiamento normal nos postos.

Para quem vai pegar a estrada, a PRE alerta para os cuidados necessários com a manutenção do veículo, o controle da velocidade e cautela redobrada em alguns pontos das rodovias estaduais.

Existem buracos em trechos da BR-415 e na BA-270, no trecho que liga Canavieiras a Santa Luzia. Também é preciso ficar atento na BA-262, entre Ilhéus e Uruçuca, onde a sinalização vertical é deficiente e não há acostamento em diversos pontos.

BEROLA EMPATA

Aos 9 minutos do segundo tempo, o atacante Neto Berola empata para o Itabuna.

O artilheiro desencanta depois de três jogos sem marcar.

O adversário do Azulino é o lanterninha Poções, que luta, desesperadamente, para não cair para a segundona.

QUEM AGUENTA?

O jogo nem bem começou no estádio Luiz Viana Filho e o Poções vai metendo 0x1 no Itabuna.

O Azulino sul-baiano carrega a sina de ressuscitar defunto. No caso, o laterninha Poções. Foi assim também nos jogos contra Ipitanga e Feirense.

Em tempo: o gol do Poções foi assinalado aos 2 minutos de jogo. E olhe que o Itabuna está jogando em casa.

CORPORATIVISMO É ISSO AÍ

O Jornal das Sete revelou, há pouco, detalhe da reunião de médicos baianos ontem, na Unimed, em Itabuna. O assunto do encontro foi a denúncia do Ministério Público Estadual contra dois colegas que preeencheram a folha de ponto sem ao menos comparecer ao local para trabalhar.

Para o Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb), Associação de Medicina da Bahia e Sindicato dos Médicos da Bahia, há uma campanha para desmoralizar os médicos.

Você acredita nisso?

Os dirigentes dos três órgãos de proteção da categoria dizem que o contrato assinado com a prefeitura não deixa claro quantas horas o profissional tem que cumprir. A secretaria municipal de saúde diz que está clara a carga horária dos profissionais: 4 horas diárias.

Para quem não lembra, em 26 de março, o promotor público estadual Clodoaldo Anunciação deu uma “incerta” na unidade de saúde Alberto Teixeira Barreto, no bairro Califórnia. E lá encontrou uma folha de ponto assinada até o final do mês por um médico que lá não estava. “Isso aqui é falsidade”, constatou o promotor (relembre clicando aqui).

VACA SEPULTADA NO CEMITÉRIO DE SANTA CRUZ

Santa Cruz da Vitória fica no sul da Bahia e não na Índia, mas por lá parece que tem gente querendo transformar a vaca em animal sagrado.

Na semana passada, uma vaca chamada (adivinhe…) Mimosa pastava tranquilamente e acabou entrando no cemitério da cidade. Mas tão distraída ia a Mimosa que, ops!, acabou despencando em uma cova, logicamente aberta para defunto bípede e não-ruminante.

A pobre vaquinha machucou-se muito na queda e não houve jeito de salvá-la. O proprietário da bichinha, o ex-prefeito de Santa Cruz, Chico Mafra, não teve dúvidas, mandou sacrificar a Mimosa e, como ela já estava ali mesmo na sepultura, providenciou-se rapidamente o primeiro enterro de uma vaca no cemitério daquela pacata cidade.

Os funerais da vaca Mimosa renderam muito buchicho na cidade. Católicos criticaram, as beatas ficaram indóceis e o caso,  naturalmente, foi tema de caloroso debate esta semana na Câmara de Vereadores.

Os ilustres representantes do povo de Santa Cruz não aceitam tamanho acinte e estão divididos entre os que defendem a exumação do cadáver e os mais extremistas, que cogitam pedir ao bispo da diocese a excomunhão de Chico Mafra pelo sacrilégio.

GOVERNADOR DESCARTA CHAMAR NOVOS DELEGADOS AGORA

Apesar da falta de delegados de polícia civil em mais de uma centena de municípios, o governador foi sincero na entrevista que concedeu ao jornalista Marcel leal, da Morena FM, há pouco. Jaques Wagner disse que, “com a queda do orçamento e a crise econômica”, não terá como fazer novas contratações.

– Eu não posso aumentar o custeio da máquina pública, mesmo sendo uma prioridade a questão da segurança pública. Não posso aumentar despesas.

O governador disse que o compromisso é chamar esses novos delegados quando ocorrer uma melhoria da economia nacional e baiana. E mostrou-se esperançoso de que abril já registre a melhora esperada. Segundo ele, são muitos os pedidos de prefeitos e de deputados para a convocação de delegados.

Ele avisou que os novos delegados atuarão “no interior”. Lembrou Wagner que, no passado, muitos destes profissionais foram transferidos para a capital Salvador, “que possui uma taxa extremamente razoável de delegados”.

COTEMINAS EM ITABUNA

A entrevista durou exatamente 30 minutos e o governador reafirmou que estão garantidos os recursos para a duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna. Ele ainda citou os esforços para a construção do Pólo Têxtil de Itabuna, que atrairá, além da Trifil, a Coteminas.

WAGNER DIZ QUE LUTA POR MELHORIAS DO ATUAL AEROPORTO

Numa entrevista exclusiva concedida à Morena FM, de Itabuna, o governador Jaques Wagner disse que foi malentendido na entrevista que concedeu mais cedo a uma emissora de televisão de Salvador sobre o atual aeroporto de Ilhéus, o Jorge Amado.

– Claro que a gente está cuidando do atual aeroporto. Falei (na entrevista) que a solução definitiva é um aeroporto mais moderno, com novas instalações, pista de maior alcance, no eixo Ilhéus-itacaré, favorecendo o turismo, se aproximando de um centro logísitco. Enquanto não tem o novo, nós estamos trabalhando (para mehorar o atual).

Segundo explicou, o entrave para o atual aeroporto são as empresas aéreas, que ainda resistem a disponibilizar novos vôos para Ilhéus. “A nova regulamentação não impõe determinadas obrigações a essas pessoas (empresas)“.

Wagner afirmou que há um ano e meio vem discutindo com a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, a construção do novo aeroporto, que demandará investimentos de até R$ 200 milhões. A entrevista foi concedida às 18h40min.

DELEGADO DE GANDU É TRANSFERIDO

Hoje, um dia após o assalto à agência do Banco do Brasil de Gandu, o delegado da cidade, Glauco Vasconcelos Suzart, foi transferido pelo Governo do Estado para o município de Esplanada.

Quem procurou informação sobre as investigações  do assalto, não encontrou nada. Na polícia, disseram que as apurações estavam interrompidas por conta da remoção do delegado.

Estranho…

BIG BROTHER BRASÍLIA

Daniel Thame

Terminou mais uma edição do Big Brother Brasil, a baboseira da Rede Globo que mobiliza o país. Não vi e não gostei, mas o BBB me deu uma idéia, que só não é boa porque não tomo 51 e sim a legítima cachaça de alambique.

2010 é ano de eleição presidencial. No lugar daquela aporrinhação do horário eleitoral gratuito, poderíamos colocar todos os candidatos numa casa e promover o Big Brother Brasília.

Ao final da disputa, em vez de um milhão de reais, o vencedor ganharia uma faixa de Presidente da República e o direito de morar quatro anos de graça no Palácio do Planalto.

Já dá pra imaginar algumas situações.

Confira o resto desta história picante dos outros brothers no blog do DT (clique aqui).








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia