WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
piaba
biofabrica



abril 2017
D S T Q Q S S
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias

itao prefeitura ilheus

IEL ITABUNA EM NOVO ENDEREÇO

A unidade de Itabuna do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) passará a funcionar, a partir do dia 2 de maio, no quilômetro 13 da Rodovia Ilhéus-Itabuna. O atendimento, de acordo com o instituto, será realizado na unidade integrada do Sesi/Senai.

O atendimento será suspenso nos dias 26, 27 e 28 de abril. As atividades serão retomadas no próximo dia 2 (terça), já na nova sede do Sesi/Senai, vizinha ao campus ilheense do IFBA.

O horário de funcionamento do IEL permanece o mesmo, de 8h às 12h e de 13h às 17h. Os novos telefones serão (73) 3222-7089 e (73) 3222-7090.

REFORMA DA PREVIDÊNCIA AFRONTA OS DIREITOS HUMANOS

wenceslau pré-candidaturaWenceslau Júnior | wenceslau.uesc@gmail.com

 

Para aposentar-se integralmente, caso seja aprovada a proposta de contribuição efetiva de 49 anos, o trabalhador teria que iniciar sua atividade laboral aos 16 anos e trabalhar durante 49 anos, de forma ininterrupta, contribuindo, efetivamente, durante esse período para adquirir o direito à aposentadoria integral.

 

O acúmulo histórico de direitos e garantias individuais, coletivas e sociais remonta para um processo de luta contra os poderes ilimitados e opressores do poderoso leviatã. Inegavelmente o maior precursor dos direitos humanos foi a Revolução Francesa.

Déclaration des droits de l’homme et du citoyen, votada pela Assembléia Nacional francesa em 1789, na qual se proclamava a liberdade e a igualdade nos direitos de todos os homens, reivindicavam-se os seus direitos naturais e imprescritíveis (a liberdade, a propriedade, a segurança, a resistência à opressão).”

Além da Carta Constitucional de 1789, outras duas declarações foram proclamadas. Uma em 1793 e outra em 1795. A primeira, voltada para os direitos sociais e a fraternidade. A segunda, buscando estabelecer também os deveres de cidadania.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos aponta, entre outros direitos, a segurança social, a dignidade da pessoa humana e o amparo social aos vulneráveis.

“Artigo 22. Todo ser humano, como membro da sociedade, tem direito à segurança social e à realização, pelo esforço nacional, pela cooperação internacional e de acordo com a organização e recursos de cada Estado, dos direitos econômicos, sociais e culturais indispensáveis à sua dignidade e ao livre desenvolvimento da sua personalidade.”

A Constituição Brasileira de 1988 acolheu tais princípios estabelecendo regime geral, caráter contributivo e filiação obrigatória. Buscando o equilíbrio financeiro e atuarial. O Constituinte foi mais adiante elencando os eventos protegidos pela previdência, a exemplo do acidente, da maternidade, do desemprego involuntário, da invalidez, da morte e da velhice.

O estado brasileiro vive uma crise sem precedentes: um presidente ilegítimo implementando um programa de governo que foi derrotado nas urnas. Michel Temer foi eleito vice-presidente da chapa de Dilma. Portanto, está vinculado ao conteúdo programático apresentado pela chapa e não à receita neoliberal que implementa com tanta ferocidade, como se tivesse sido legitimado pelas urnas para fazê-lo.

A PEC que congelou os investimentos públicos nas áreas sociais por 20 anos, limitando-SE à reposição da inflação do ano anterior, atende ao esforço de assegurar a todo custo o superávit primário para pagar juros de uma das dívidas públicas mais caras do mundo.

A aprovação da terceirização generalizada, sem critérios e limites, na prática acaba com os direitos trabalhistas (férias e décimo terceiro, entre outros) ferindo de morte a razão de ser da legislação trabalhista, que é assegurar o mínimo de proteção ao trabalhador contra a exploração capitalista.

Para completar o pacote de maldades, Temer quer inviabilizar a seguridade social, criando critérios que, na prática, impedem os trabalhadores de se aposentar, pois exigir 49 anos de contribuição efetiva, com idade mínima de 65 anos, independente do sexo ou da condição de trabalho a que estão expostos os trabalhadores, é de uma crueldade sem limites.

A reforma proposta é, acima de tudo, machista, pois não reconhece as diferenças de gênero, a dupla jornada de trabalho feminino. A mulher, diga-se de passagem, recebe salário menor desempenhando função similar à do homem.

Tratar os trabalhadores urbanos e rurais de forma igual, sem reconhecer que o homem do campo trabalha duro, sob chuva e sol, geralmente pegando pesado, o que provoca um desgaste físico maior para os trabalhadores e trabalhadoras rurais, que põem o alimento do brasileiro na mesa e geralmente recebem um salário mínimo quando assalariados, é algo absurdo. :: LEIA MAIS »

COMISSÃO DA CÂMARA APROVA RELATÓRIO DA REFORMA TRABALHISTA

Governistas comemoram aprovação de reforma em comissão (Foto Marcelo Camargo).

Governistas comemoram aprovação de reforma em comissão (Foto Marcelo Camargo).

A comissão especial criada para analisar a reforma trabalhista na Câmara dos Deputados aprovou hoje (25) o parecer do relator da proposta, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN). O relatório foi aprovado por 27 votos a 10 e nenhuma abstenção, com ressalvas aos destaques incluídos no relatório durante a discussão.

Entre os partidos que têm representação na comissão especial, o PT, PDT, PC do B, PSOL, PSB, PEN e a liderança da minoria orientaram voto contrário ao parecer apresentado por Marinho. Para a oposição, a proposta retira direitos dos trabalhadores e precisa ser mais discutida. Já para os governistas, a proposta já foi amplamente debatida e contribuirá para modernizar as relações de trabalho e estimular a geração de empregos.

O projeto de lei (PL6787/2016) que altera diversos pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) tramita em regime de urgência e agora segue imediatamente para análise do plenário da Câmara. Segundo o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a matéria será colocada em pauta para votação amanhã (26).

A reunião de apreciação do relatório começou por volta de 11h30min e durou mais de 5 horas, com embate entre parlamentares da base aliada do presidente Michel Temer e da oposição. Tentando adiantar a votação, as lideranças governistas conseguiram aprovar um pedido de encerramento da discussão.

Do total de 45 oradores inscritos para debater a matéria, apenas seis expuseram seus argumentos sobre o relatório. Houve reação da bancada oposicionista, que já tinha se manifestado no início da reunião pela prorrogação dos trabalhos da comissão.

ALTERAÇÕES

Depois de apresentar o relatório com nova redação, o relator acatou oralmente algumas alterações sugeridas por parlamentares, entre elas, a proibição de que o pagamento de benefícios, diárias ou prêmios possam alterar a remuneração principal do empregado e a inclusão de emenda que prevê sanções a empregadores que cometerem assédio moral ou sexual.

:: LEIA MAIS »

A ESTRATÉGIA DE ACM NETO PARA 2018

Neto traça estratégias para 2018.

Neto traça estratégias para 2018.

Uma viagem do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), esta quinta-feira, a Vitória da Conquista, inaugura uma série de visitas de “caráter cirúrgico” a municípios estratégicos do interior dentro de um plano que sua articulação política preparou tendo em vista a sucessão estadual de 2018, segundo o Política Livre.

Neto deve ir a muitas outras cidades sempre, no entanto, sob o carimbo de agenda administrativa para não caracterizar desde já que está em campanha para suceder o governador Rui Costa (PT). A iniciativa se junta a algumas outras com o mesmo objetivo.

Estão, entre elas, cita o site “a decisão do prefeito de reservar um espaço na agenda para receber, em Salvador, prefeitos e vereadores do interior, além de montar um grupo de trabalho com o objetivo de discutir os problemas do Estado, com participação de gente tanto de fora quanto de dentro do governo”.

IGREJA ESPERANÇA OFERECE CURSO GRATUITO PARA O CONCURSO DA PM-BA

Aulas do curso preparatório começam nesta segunda (Foto Lucas França).

Aulas do curso preparatório começam nesta segunda (Foto Lucas França).

Lucas França

Começou ontem (24), na sede da Esperança Igreja Batista de Itabuna, o Curso Preparatório para o Concurso da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), com a participação de 58 futuros candidatos. Desde que o governador Rui Costa anunciou a abertura de 2.750 vagas entre soldados da PM e Corpo de Bombeiros, um grupo de soldados-professores sentiu o desejo de oferecer gratuitamente o curso àqueles que desejam ingressar no serviço público, mas não têm condições de fazer um investimento financeiro. A princípio foram disponibilizadas apenas 50 vagas.

Durante a abertura, o pastor presidente da Esperança, Rosemar Vilanova Cavalcante, Pastor Mel, falou da importância deste curso na vida da igreja. Citando Marcos, capítulo 10, versículo 45, disse que, sobretudo no ano do serviço, lembrou da vida de Jesus, que veio a este mundo não para ser servido, mas para servir e dar sua vida em favor de muitos.

Foram apresentados a ementa do curso, a didática e os professores. Entre os professores, estão Fábio Gomes, Marcelo Alves, Milena Almeida, Isabel Argolo, Caique Oliveira, Jorge Teles, Luísa Lopes, Jackson Lessa e Mark Harys.

“Essa iniciativa partiu justamente do desejo desta comunidade de fé em servir. Foi a oportunidade que eu encontrei de poder ajudar o próximo com dons e habilidades que Deus me deu. Conversei com a liderança desta igreja, convidei um grupo de soldados e amigos militantes na área da educação que disseram sim ao chamamento e aí começamos”, explicou o sargento da Polícia Militar Fábio Gomes, professor de História, Estatuto da Igualdade Racial e Legislação Estadual, além de idealizador deste curso preparatório.

Ao todo, serão 11 disciplinas ofertadas com a carga total de 230 horas, sendo Direito Penal (20h), Direito Constitucional (30h), Direito Administrativo (20h), Direitos Humanos (20h), Raciocínio Lógico-Matemático (20h), Atualidades (20h), Legislação Estadual (20h), História (20h), Geografia (20h), Português e Redação (40h). As aulas acontecem de segunda a sexta, das 19h às 21h50min. Já aos sábados, das 08h às 12h.

MANTER O FOCO
Para o professor de Direito Penal Marcelo Alves, o candidato precisará, além do preparo, conhecer algumas ferramentas que contribuirão para o sucesso de sua missão. “Conhecer a banca avaliadora é fundamental, pois, através dela, é possível ver como foram as avaliações passadas, o nível exigido nas questões, mesmo que sejam de outros Estados. É preciso neste momento manter o foco”, sinalizou Marcelo, que também é militar.

A candidata Anathália Soares, ressalta que é uma chance de ela poder, por meio do curso, ser preparada da mesma maneira como se estivesse num outro curso pagando. “Eu vejo que Deus está me proporcionando, através da Igreja Esperança, um momento de dedicação aos estudos, acreditando que vou ter grande chance de vencer as etapas que virão pela frente, com fé”, acreditou.

Já o candidato Caique Morais, 18 anos, entende esse momento como uma benção para a sua vida, já que não teria condições de custear um preparatório deste. “Esse curso realiza a primeira etapa do meu sonho em seguir na carreira militar. Vejo que os professores são preparados e o mais interessante, estou sendo beneficiado por um projeto social”, declara.

O pastor Paulo Barbosa acrescentou que a igreja é um celeiro de serviços, com o objetivo de cuidar das pessoas. “Oferecemos as instalações para que elas sejam capacitadas tanto espiritual como intelectualmente e isso independe da sua crença. Essa mesma igreja consegue atender aos anseios, juntamente com um grupo de irmãos, que diante de uma percepção quase que urgente, a uma necessidade da comunidade. Isto é chamado de Cristo para fazer a diferença na vida dessas pessoas”, sublinhou.

COMERCIÁRIOS E PATRÕES FAZEM GUERRA DE CARROS DE SOM EM ITABUNA

greve-geral-2O centro de Itabuna foi tomado, nesta tarde de terça (25), por uma guerra de carro de som que coloca, em lados opostos, comerciários e patrões.

O Sindicato dos Comerciários de Itabuna, ligado à CTB, convoca os empregados no comércio a aderir à greve geral da próxima sexta (28). Diz que todos vão parar contra as reformas previdenciária e trabalhista e convocam um “Fora, Temer”.

Já a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Sindicato do Comércio de Itabuna (Sindicom), colocaram carros de som para dizer o contrário, que as lojas vão “funcionar normalmente” na próxima sexta.

O mais inusitado é que a Prefeitura de Itabuna optou por ter lado na disputa. A Secretaria de “Indústria e Comércio” de Itabuna, como diz o locutor do carro de som, também assina o aviso sonoro contrário à greve geral.

OUTRAS CATEGORIAS

Bancários e rodoviários em todo o país estão anunciando adesão à greve geral da próxima sexta. Servidores públicos municipais de Itabuna definiram, em assembleia na semana passada, que vão cruzar os braços no dia 28.

ITABUNENSE É BRONZE NO SUL-AMERICANO DE NATAÇÃO, NA COLÔMBIA

Isis comemora resultado obtido no Sul-Americano.

Ísis, ao lado do também baiano Ricardo, comemora resultado obtido no Sul-Americano.

A nadadora itabunense Ísis do Rosário subiu ao pódio do Campeonato Sul-Americano de Natação em Águas Abertas, hoje (25), no Lago Calima, Colômbia. Ísis conquistou a medalha de bronze nos 5.000 metros no primeiro dia de provas do campeonato.

A atleta sul-baiana fez o tempo de 1h10min31s no juvenil feminino 14-16 anos. Foi a primeira medalha conquistada pela nadadora em competição fora do Brasil. Medalha de ouro, a peruana Melani Rojas fechou a prova em 1h09min57s.

A atleta do Ciso, que compete sem patrocínio, foi um dos destaques da seleção brasileira nesta terça.

O também baiano Ricardo de Almeida faturou o ouro nos 5.000 metros masculino para a categoria juvenil 14-16 anos, com 1h02min09s. A competição terá provas até a próxima sexta (28).

MUDAM-SE OS COSTUMES – NEM SEMPRE PARA MELHOR

walmirWalmir Rosário | wallaw1111@gmail.com

 

Acordos eram feitos dentro e fora dos recintos parlamentares, principalmente na calada da noite nos badalados restaurantes. Local melhor para conspirar, trair e até mesmo acordar não existiam e tudo era percebido no plenário.

É um sufoco diário para produtores e editores dos veículos de comunicação do Brasil. Têm que se virar nos 30, como diz Faustão, para conseguir fazer um programa redondinho. E o motivo não é outro, senão a política (e os políticos), que simplesmente mudaram de editoria: ao invés da tradicional e prestigiosa editoria de política, elas passaram a engordar a editoria de polícia, que nunca teve esses prestígios todos, a não ser em determinados horários ou meios de comunicação especializados.

E olha que os coitados dos jornalistas, radialistas e blogueiros até que tentam emplacar as notícias vindas de Brasília – sobretudo – na tradicional editoria de política, mas é muito difícil conseguir, e muitas vezes não encontram outro recurso que não seja a apelação. Como costumo dizer, não se deve brigar com a notícia, mas nem sempre essa máxima é seguida à risca e o público termina por não acreditar no que está vendo, lendo ou ouvindo. Ao invés de política, polícia no programa inteiro.

A depender o horário, aí é que o programa vai pro brejo. A escalada feita com todo o esmero para dar ênfase às chamadas e conseguir uma boa audiência é toda trocada no decorrer do programa, nos casos de emissoras de rádio e televisão. Já os impressos e blogs, passam o tempo esperando que a grande imprensa e agências de notícias transmitam os debates do Congresso Nacional, acerca de temas relevantes para as áreas econômica, saúde, educação e cidadania. Mas é tudo em vão.

Como sempre acontece de uns tempos pra cá, oposição e situação não costumam travar os fenomenais debates com políticos importantes e que faziam vibrar a nação com seus discursos. Os grandes tribunos do naipe de Ruy Barbosa, Tarcilo Vieira de Melo, Aliomar Baleeiro, Carlos Lacerda, ou raposas políticas, a exemplo de Tancredo Neves e Ulisses Guimarães, desapareceram e deram lugar à política de bastidores. Se antes se privilegiava o debate sobre os temas, à vista de todos, hoje a população costuma “comer o prato feito” preparado nos recônditos das cozinhas palacianas.

Não quero aqui afirmar que na política de antes corredores, gabinetes, salas, restaurantes e cafezinhos do Congresso Nacional não fossem testemunhas de olhos e ouvidos – de mercador – do que e sobre o que se conversava nesses locais. Acordos eram feitos dentro e fora dos recintos parlamentares, principalmente na calada da noite nos badalados restaurantes. Local melhor para conspirar, trair e até mesmo acordar não existiam e tudo era percebido no plenário.

______________

E até mesmo o Jornal Nacional, que evitava a notícia policial como “satanás corre da cruz”, adotou e proporciona espaços generosos, prometendo, ainda, mais desdobramentos para o dia seguinte.

______________

Uma das grandes diferenças era, àquela época, a presença das convicções, tempos ainda marcados pela ideologia política, comportamento tão escasso no Brasil de hoje, e prova melhor não há do que uma simples e perfunctória análise da mudança de partidos de nossos parlamentares. Transitam da esquerda à direita sem a menor cerimônia, sequer fazem um simples estágio no centro nessa temida e nefasta trajetória. E aí está o xis do problema: Hoje, em Brasília, até a raiva é combinada.

E os pensamentos são mudados, as consciências são compradas por qualquer dois mil réis. Aliás, essa antiga expressão não tem a menor chance de sobreviver em Brasília, onde as conversas começam com milhões, distribuídos generosamente pela nossas gentis empreiteiras, de forma das mais generosas. São todos bonzinhos e inteligentes ao interpretar a oração de São Francisco de Assis, principalmente naquela parte do é dando que se recebe. No popular, um caminho de duas vias: eu contribuo e você me devolve a gentileza com pequenas ações e atos no parlamento.

Mas ao fim e ao cabo, não conseguiram antever a recusa de cumplicidade dos Procuradores da República, Juízes Federais e da Polícia Federal. A partir daí, a atividade desenvolvida pelos políticos passou a ser publicada nas editorias de polícia. Ao invés de apresentações projetos de lei, operações da polícia federal; apreciações de projetos foram substituídas pela denúncia dos procuradores; e o espaço dado às ações parlamentares no dia a dia trocadas pelas prisões em casas, ao amanhecer do dia, embora todos se declarem inocentes.

Os jornais e revistas – inclusive os eletrônicos – que reservavam mais espaços para a vida em sociedade, o cotidiano, a economia, a cultura, passaram a dar manchetes sensacionalistas das atividades criminosas dos parlamentares. E até mesmo o Jornal Nacional, que evitava a notícia policial como “satanás corre da cruz”, adotou e proporciona espaços generosos, prometendo, ainda, mais desdobramentos para o dia seguinte.

É de matar de inveja antigos jornais como Notícias Populares, A Luta Democrática e o Jornal O Dia (em seu antigo formato) adjetivados como do tipo “se espremer, sai sangue”. Hoje, esses modelos são copiado largamente pelos blogs, que expõem imagens cruéis de pessoas mortas e esquartejadas, sejam pelas chacinas ou em acidentes automobilísticos. Quanto aos coitados dos editores, só duas alternativas: manter o novo formato policialesco ou perder audiência para os concorrentes.

Não esqueçamos, porém, que a sociedade mudou em seus costumes, com o embrutecimento das pessoas, para os quais miséria pouca é bobagem.

Walmir Rosário é jornalista, radialista e advogado.

RUI SUSPENDE AGENDA EM ITABUNA

O governador Rui Costa suspendeu a visita que faria a Itabuna, na próxima quinta (27), para o lançamento do Projeto Escolas Culturais (confira mais abaixo).

Rui também suspendeu compromisso que teria em Valença, no baixo-sul baiano. A assessoria do governador não informou o motivo da suspensão.

LUIZ CALDAS E LORDÃO NA BEIRA-RIO

Lordão e Luiz Caldas se apresentam na Beira-Rio em Itabuna.

Lordão e Luiz Caldas se apresentam na Beira-Rio em Itabuna.

Luiz Caldas e Banda Lordão serão as atrações do Circuito Mais Música em Itabuna, na próxima segunda (1º), Dia do Trabalhador, a partir das 19h, na Praça Rio Cachoeira, na Beira-Rio, em frente à Câmara de Vereadores. As atrações têm patrocínio da Vivo e do Governo do Estado.

O Projeto Circuito Mais Música integra o FazCultura, das secretarias estaduais da Fazenda (Sefaz) e de Cultura (Secult). O projeto terá apoio da Prefeitura de Itabuna na edição grapiúna. O projeto é uma realização da Caderno 2 Produções e Da Cultura.

JORNADA DE AGROECOLOGIA ESTIMULA INTEGRAÇÃO E DEBATE ENTRE POVOS

Jornada em Porto Seguro estimulou integração entre povos (Fotos Mariana Ferreira).

Jornada em Porto Seguro estimulou integração entre povos (Fotos Mariana Ferreira).

Mariana Ferreira

A 5ª Jornada de Agroecologia da Bahia deixou Porto Seguro no último domingo (23) com a missão cumprida: integrar povos e iniciar o debate acerca da agroecologia no Território de Identidade Costa do Descobrimento. “Fizemos um grande voo ao termos a ousadia de sair do nosso ninho, Arataca, e vir para Porto Seguro, com vários significados importantes. Sentimos que foi a coisa mais acertada que nós fizemos”, declarou Joelson Ferreira, um dos coordenadores da Teia dos Povos, realizadora do evento em parceria com a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). O evento começou no Dia do Índio, 19 de abril, na Arena Boca da Barra.

Da jornada saiu a Carta de Porto Seguro, com manifestos em apoio aos indígenas e contra a invasão portuguesa e o “deserto verde”, direcionado ao combate da “hegemonia do eucalipto” na região extremo sul baiana. “O próximo passo da Teia dos Povos vai ser dar prosseguimento ao debate da agroecologia aqui na região, que está sendo comandada pelas papeleiras, pela hegemonia do eucalipto. Aqui vai ser um grande celeiro do debate da terra e do território”, destacou o coordenador.

Com grande público, o evento aconteceu simultaneamente ao 9º Jogos Indígenas e à Feira de Economia dos Povos. Povos indígenas e quilombolas do Maranhão, Espírito Santo, Minas Gerais, entre outros estados, além da Bahia, movimentos de luta pela terra, estudantes, agricultores, pescadores, marisqueiras, professores, pesquisadores se reuniram na 5ª edição da jornada para discutir e ecoar a agroecologia em todos os cantos do país.

“A gente veio da Teia do Maranhão para conhecer a Teia da Bahia para se preparar e aprender um com o outro e fortalecer nossa luta nessa articulação. A Jornada de Agroecologia é muito importante para nós indígenas porque a gente precisa da nossa mãe terra e não permitir que tomem nossas terras”, destacou a índia pataxó Daria Krikati.

“Estou participando da jornada pela segunda vez e é um momento muito rico, de experiência entre mulheres negras, de todos os movimentos sociais”, disse Hamangai, da Aldeia Pataxó Hã-hã-hãe de Pau Brasil. “O evento é muito bonito e grandioso, uma mistura de culturas entre quilombolas e indígenas”, ressaltou Aridxawa Pataxó, de Coroa Vermelha, que fez uma apresentação cultural junto com outros jovens da aldeia.

Em oficinas, plenárias e rodas de conversa, o tema “Terra e Território: Natureza, Educação e Bem-Viver” movimentou os debates e troca de experiências entre os participantes, que buscam autonomia através da agroecologia. A programação começa todos os dias às 8h e conta ainda com Mostra Audiovisual e Ciranda Infantil.

“A jornada já vinha num processo de consolidação muito forte. Nessa quinta edição consolida ainda mais, principalmente dando respostas à necessidade de espaços para se ouvir todas as etnias, comunidades ribeirinhas, pescadoras, fundos de pasto, pessoas de outros estados, um momento de aprofundamento de debate e exibição das práticas, de trocas de experiências”, afirmou o diretor-geral do Instituto Biofábrica de Cacau, Lanns Almeida. “De forma a impactar na base produtiva, sendo um instrumento tão importante para a agricultura familiar com produção de mudas, a Biofábrica apoia essa e outras jornadas de agroecologia, através do Governo do Estado da Bahia”, diz o diretor-geral do Instituto Biofábrica de Cacau, Lanns Almeida.

“Daqui pra frente, junto com a Biofábrica, nós vamos fazer a tarefa dos 400 mil hectares na Mata Atlântica da Bahia, mutirões com os assentamentos e trabalhar a rede de sementes crioulas. E daqui a dois anos, nós vamos levar a Jornada de Agroecologia da Bahia para a Chapada Diamantina, em busca da espiritualidade e uma relação com os povos fora do bioma Mata Atlântica”, finalizou Joelson Ferreira.

ILHÉUS: MARÃO DEFENDE PARCERIA COM O ESTADO “PARA COMBATER E INIBIR VIOLÊNCIA”

Prefeito de Ilhéus defende parceria para combater violência (Foto Clodoaldo Ribeiro).

Prefeito de Ilhéus defende parceria para combater violência (Foto Clodoaldo Ribeiro).

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre de Sousa, Marão (PSD), disse hoje (25) que projetos na área da segurança pública, em parceria com o governo do estado, estão sendo viabilizados para coibir e prevenir a violência no município. O gestor citou como resultados desta parceria o recente envio de viaturas tanto para a Polícia Militar quanto para a Polícia Civil que atuam em Ilhéus e anunciou que a Guarda Civil Municipal vai contribuir com a segurança local com a realização de rondas ostensivas em áreas estratégicas da cidade.

Durante a apresentação das ações dos 100 primeiros dias de gestão, ontem (24), o prefeito prestou uma homenagem ao policial Tyrone Tomaz de Aquino, de quem era amigo. Tyrone foi assassinado na zona sul de Ilhéus no último final de semana, crime de grande repercussão na Bahia.

– Não há outra forma de combater o crime que não seja através de uma ação conjunta, onde o estado faça a sua parte e o município invista em iniciativas ligadas ao esporte, à cultura e ao lazer para ganhar a batalha contra o tráfico e salvar a vida dos nossos jovens – afirmou.

O prefeito também informou que o município prepara Plano de Iluminação Pública com um olhar especial para regiões consideradas mais perigosas pela polícia. “Venho tratando deste assunto com o governador Rui Costa, que tem demonstrado todo o seu compromisso em combater o crime no estado”, afirmou. “O Estado, inclusive, tem enviado permanentemente equipes de várias regiões da Bahia para atuar no combate ao tráfico na cidade”, completou.

RONDA MARIA DA PENHA

Marão disse que o governo estadual lançará em Ilhéus o Programa Ronda Maria da Penha, que prevê a capacitação de policiais militares que executarão a ronda, além da qualificação dos serviços de atendimento, apoio e orientação nas ocorrências policiais envolvendo mulheres vítimas de violência doméstica. O programa já foi lançado em Salvador e Itabuna.

GOVERNADOR LANÇA PROGRAMA ESCOLAS CULTURAIS EM ITABUNA

Itabuna será base de lançamento do Programa Escolas Culturais (Foto Pedro Augusto).

Itabuna será base de lançamento estadual (Foto Pedro Augusto).

O governador Rui Costa lançará, em Itabuna, na próxima quinta (27), o Programa Escolas Culturais, às 9h30min, no auditório do Centro Territorial de Educação Profissional Litoral Sul II (Cetep). O evento envolverá apresentações de grupos de dança e teatro, além de ciência e cultura, e projeção de vídeos.

O governo deve instalar, em todo o estado, 85 escolas culturais a um investimento de R$ 100 milhões. Neste modelo de escola, arte e cultura serão inseridos não apenas como atividade complementar, de acordo com a gestão estadual. O Cetep itabunense poderá contar, de acordo com o projeto, com núcleo da Orquestra Neojiba.

ITABUNA: AUTOESCOLA PÚBLICA INICIA NOVAS TURMAS

Emtran inicia aulas para Categoria A (Foto Waldir Gomes).

Emtran inicia aulas para Categoria A (Foto Waldir Gomes).

A Escola Municipal de Trânsito de Itabuna (Emtran) iniciou as aulas para uma nova turma para tirar carteira de habilitação categoria A (motos). A escola atende pessoas de baixa renda. Segundo a diretora da Emtran, Edlane Brandão, para conseguir vaga, o aluno que não é servidor público precisa ser maior de 18 anos, ser morador de Itabuna, ter renda igual ou inferior a dois salários mínimos, além de possuir, no mínimo, o Ensino Fundamental.

As aulas iniciaram com duas turmas, manhã e noite, para a Categoria A. “É uma oportunidade única poder tirar minha CNH sem nenhum custo”, disse a moradora do bairro Pedro Jerônimo, Silmara dos Reis. Na Escola Municipal de Trânsito todos os serviços são gratuitos (aulas teóricas e práticas), menos os laudos – que são emitidos fora. Os alunos destas novas turmas foram selecionados no ano passado.

CATEGORIA B

As aulas para a categoria B, segundo Edlane Brandão, serão disponibilizadas assim que for liberado o simulador eletrônico. “O Conselho Nacional de Trânsito exige que todas as autoescolas disponibilizem para os alunos um simulador eletrônico antes das aulas práticas na rua. Nós temos este equipamento, falta apenas resolver questões burocráticas”.

Segundo Edlane, cada aluno leva, em média, três meses para cumprir toda carga horária – 45 horas de aula teórica e 25 horas de aula prática, e sair habilitado da Emtran. “Para isso, eles contam com profissionais altamente capacitados para ministraras aulas tanto teóricas, como práticas”.

HARPÓCRATES: OPERAÇÃO DA PF CUMPRE MANDADOS EM PORTO, ILHÉUS E SALVADOR

PF cumpre mandados no sul da Bahia e em Salvador (Foto AB/Arquivo).

PF cumpre mandados no sul da Bahia e em Salvador (Foto AB/Arquivo).

Policiais federais cumprem seis mandados de condução coercitiva e oito de busca e apreensão em Ilhéus, Porto Seguro e Salvador, nesta manhã (25), em operação que investiga desvio de R$ 1 milhão do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica). Segundo nota da PF, a Operação Harpócrates apura responsabilidades e organização criminosa que praticou o desvio no município de Itabela, no extremo-sul da Bahia, no período de 2010 a 2012.

A investigação apura envolvimento de servidores públicos da Prefeitura de Itabela, de políticos e de empresários. Policiais cumpriram mandados em duas empresas que participaram do esquema. Ainda segundo a PF, o dinheiro desviado seria para a construção de creche-escola do Proinfância (Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil), porém foram desviados.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia