WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘abril’

CAGED: BAHIA REGISTRA SALDO DE 10 MIL EMPREGOS COM CARTEIRA ASSINADA EM ABRIL

Bahia registra saldo na geração de empregos || Foto Elôi Corrêa.

A Bahia gerou 10.093 postos de trabalho com carteira assinada em abril de 2019, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (24) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O resultado decorre da diferença entre 55.305 admissões e 45.212 desligamentos. Trata-se do maior saldo do mês de abril desde 2014. O resultado superou também o saldo do mês de março, quando 2.569 postos de trabalho foram criados.

O saldo do mês passado é muito superior ao registrado em abril de 2018, quando foram criados 1.976 postos de trabalho. Setorialmente, em abril, todos os segmentos contabilizaram saldos positivos: Agropecuária (+2.461 postos), Indústria de Transformação (+2.438 postos), Serviços (+2.328 postos), Construção Civil (+1.575 postos), Comércio (+772 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+212 postos), Administração Pública (+194 postos) e Extrativa Mineral (+113 postos).

Em relação ao saldo de postos de trabalho, a Bahia (+10.093 postos) ocupou a primeira posição dentre os estados nordestinos e a quarta dentre os estados brasileiros em abril de 2019. No Nordeste, apenas Alagoas (-4.692 postos) e o Rio Grande do Norte (-501 postos) não geraram postos com carteira assinada. Todos os outros estados da região apresentaram desempenho positivo no mês passado.

:: LEIA MAIS »

ABRIL ENCERRA 4 PUBLICAÇÕES E DEMITE 150

Última edição da Alfa

Última edição da Alfa

Comunique-se

Voltada para o público masculino e com pautas sobre comportamento, carreira, estilo e mulheres, a revista Alfa foi encerrada pelo Grupo Abril. No mercado desde setembro de 2010, a publicação não completou três anos. Além dela, Gloss, Bravo e Lola também serão descontinuadas. Com as mudanças, que foram oficializadas pela Abril nesta tarde, 150 colaboradores foram dispensados.

Não é de hoje que apostas em torno dos títulos da Abril são feitas. Com registro de demissões em massa, a editora evitou falar sobre o assunto. Embora muitos funcionários tenham sido desligados, alguns serão mantidos e remanejados pela editora. A partir de agora, Sérgio Gwercman, que estava à frente de Alfa, assume a Direção de Redação de Quatro Rodas. Viagem &Turismo terá como diretora de Redação Angélica Santa Cruz, que respondia pelo comando de Lola.

Leia mais

JUNTAS, ILHÉUS E ITABUNA GERAM SÓ 86 EMPREGOS EM ABRIL

Ilhéus e Itabuna registraram uma melhora na geração de empregos com carteira assinada em abril em relação a março, mas as duas cidades criaram, juntas, apenas 86 empregos no mês passado. É o que revela o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.

De acordo com o ministério, Itabuna criou 39 novas vagas em abril. Os resultados foram melhores nos setores industrial e da construção civil, que registraram a criação de 97 e 17 novas vagas, respectivamente.

Ainda em Itabuna, os resultados negativos ocorreram em dois setores considerados vitais para a economia local: comércio e serviços. O primeiro cortou 14 vagas e o segundo, ainda mais: 47. Outro dado negativo veio da agropecuária, que eliminou 12 postos de trabaho.

A vizinha Ilhéus criou 47 empregos em abril. O resultado positivo é creditado a três setores de grande peso na economia da cidade turística e que abriga o polo de informática.

A indústria abriu 19 vagas, a construção civil outras 22 e o setor de serviços mostrou recuperação ao gerar 35 novos empregos. A agropecuária eliminou três vagas e o comércio cortou 28 postos com carteira assinada.

A economia ilheense, no entanto, registra um saldo negativo na geração de empregos nos quatro primeiros meses deste ano: – 71 empregos. Em Itabuna, o saldo também foi negativo, mas menor (-37 empregos).

Para obter o número de novos empregos gerados, basta conferir a quantidade de contratações e a de desligamentos. Neste ano, a economia itabunense contratou 4.040 pessoas com carteira assinada, mas registrou 4.077 demissões. Ou seja, corte de 37 empregos.

ITAPETINGA

O setor calçadista é quem mais emprega no município de Itapetinga, no centro-sul baiano. E, conforme o Caged, o setor industrial demitiu 409 trabalhadores em abril. O município abriga a unidade da Azaléia Nordeste, que pressiona o governo estadual em busca de incentivos e sofre grande concorrência do calçado chinês. Nos quatro primeiros meses de 2011, já foram cortados 1.256 empregos no setor industrial em Itapetinga.

O PIMENTA também apurou, no Caged, os números da Bahia. O estado gerou 10.623 empregos em abril. O setor de serviços registrou 4.065 novos empregos, seguido pela construção civil (2.831) e agropecuária (1.303).

O comércio abriu somente 882 novas vagas e a indústria, 1.065. No total, o estado gerou 30.474 empregos entre 1º de janeiro e 30 de abril deste ano.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia