WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘aeroporto’

NOVO AEROPORTO DE VITÓRIA DA CONQUISTA ENTRA EM OPERAÇÃO NO DIA 25

Novo aeroporto de Conquista começa a operar no próximo dia 25 || Foto Bahia.ba

O novo aeroporto de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, será entregue no próximo dia 23. A construção do equipamento, que contou com recursos estaduais e da União, foi coordenada pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) e integralmente executada pelo governo do Estado. Com estrutura moderna, projetada para receber aeronaves de grande porte, o novo aeroporto leva o nome do cineasta baiano Glauber Rocha e entra em operação na quinta (25). O governador Rui Costa e o presidente da República, Jair Bolsonaro, vão inaugurar o novo terminal conquistense.

O novo equipamento vai ter o dobro de capacidade do antigo aeroporto, podendo ampliar  sua movimentação para 500 mil passageiros até 2020. Outra novidade é que o Glauber Rocha também vai receber grandes aeronaves (Boeing 737-800) e minimizar as interferências climáticas nos pousos e decolagens por ter equipamentos mais avançados de navegação aérea.

Foram investidos cerca de R$ 106 milhões na obra, com mais de R$ 31 milhões do orçamento do Governo da Bahia. Os recursos do Governo Federal foram assegurados durante a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff e repassados até o ano de 2018, quando foram transferidos os últimos valores ao Governo do Estado para conclusão das intervenções.

Os investimentos foram aplicados em desapropriações, elaboração de projetos, obras das pistas de pouso e terminal de passageiros, além de intervenções complementares como as vias de acesso até o novo equipamento.

A OBRA

O processo para implantação do novo aeroporto teve início em 2011, quando o Governo do Estado pagou as indenizações que garantiram o terreno onde o aeroporto seria construído. No ano seguinte, Estado e União assinaram convênio assegurando os recursos para viabilizar a obra. Com projetos já totalmente finalizados, a ordem de serviço para a primeira fase obra foi autorizada pelo governo baiano, em 2014. A liberação pela União para construção do terminal de passageiros ocorreu em 2015. A última parcela do governo federal para conclusão da obra saiu em R$ 2018. :: LEIA MAIS »

DONO DA HAVAN VOLTA A AVALIAR ABERTURA DE FILIAL EM ITABUNA

Havan possui loja em municípios baianos, como em Vitória da Conquista || Foto Divulgação

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas de departamento Havan, deverá visitar Itabuna em julho para avaliar a possibilidade de abertura de uma filial da empresa no município. Hang, que se tornou conhecido em todo o país como dos principais cabos eleitorais do então candidato a presidente Jair Bolsonaro, já havia sinalizado interesse no município baiano.

A visita de Hang a Itabuna é articulada pelo diretor de Expansão da Havan, Nilton Hang, e o vereador de Brusque (SC) Jean Pirolla, informa o site Políticos do Sul da Bahia. No ano passado, o empresário disse ter obrigação de abrir filial no município (relembre aqui), mas o aeroporto fechado seria empecilho colocado por Hang para abrir filial aqui, segundo disse o prefeito Fernando Gomes na última semana. O aeródromo foi reaberto nesta semana para pequenas aeronaves e UTIs aéreas (reveja).

AEROPORTO DE SALVADOR É 2º PIOR ENTRE OS PRINCIPAIS DO PAÍS

Aeroporto baiano entre os piores.

Aeroporto baiano está entre os piores.

Uma pesquisa de satisfação feita com passageiros apontou o aeroporto de Salvador como um dos piores dentre os 15 principais do país. Numa escala de 0 a 5, o terminal baiano alcançou nota 3,71, superando apenas o aeroporto de Cuiabá (MT), que ficou com 3,29.

A pesquisa foi feita, pela Secretaria de Aviação Civil, com 13.830 passageiros nos três primeiros meses deste ano. Ainda de acordo com os critérios da pesquisa, o melhor aeroporto dentre os 15 mais movimentados do país é Viracopos, em Campinas (SP), que obteve nota 4,64.

Dentre as melhores notas, aparecem os terminais de Curitiba (4,51), Guarulhos (4,44), Fortaleza (4,37), Recife (4,35), Natal (4,33) e Manaus (4,33). Na sequência, aparecem Brasília (4,22), Santos Dumont, no Rio (4,18), Porto Alegre (4,17), Confins (Belo Horizonte), Congonhas-São Paulo (4,12) e Galeão, no Rio (3,92).

CONSÓRCIO DA QUEIROZ GALVÃO DISPUTA NOVO AEROPORTO ILHEENSE

Novo aeroporto terá pista de 3 mil metros, segundo projeto.

Novo aeroporto é projetado com pista de 3 mil metros.

A Construtora Queiroz Galvão foi a primeira empresa a manifestar interesse em construir, em regime de parceria público-privada (PPP), o novo aeroporto internacional de Ilhéus.

O governo baiano abriu prazo de 20 dias, a contar de hoje, para que outras empresas possam também manifestar interesse em participar do projeto que inclui a concessão do futuro terminal.

A Queiroz Galvão se manifestou por meio de consórcio com a Socicam Administração, Projetos e Representações Ltda.

O novo aeroporto de Ilhéus será construído numa área de mais de 979 hectares, entre a Ceplac e a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), às margens da Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415).

A previsão é de investimentos de, pelo menos, R$ 270 milhões no novo aeroporto, que terá pista com 3 mil metros de comprimento, conforme projeto.

Aeroporto será construído na margem onde estão Ceplac e Uesc.

Aeroporto será construído na margem onde estão Ceplac e Uesc.

GOVERNO BAIANO RECEBE AUTORIZAÇÃO PARA CONSTRUIR NOVO AEROPORTO

Dauster e Moreira Franco em ato em Brasília (Foto Divulgação).

Dauster e Moreira Franco em ato em Brasília (Foto Divulgação).

Como este blog havia antecipado na semana passada (confira aqui), o governo baiano recebeu nesta semana a autorização para construir o novo aeroporto de Ilhéus. A delegação de transferência de poderes foi assinada pelo ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, durante ato do qual participou o subsecretário da Casa Civil baian, Bruno Dauster.

A obra será licitada por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP). De acordo com Dauster, a licitação deve sair ainda este ano. O terminal aeroportuário, com duas pistas de 3 mil metros, será construído na região entre a Ceplac e a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), à margem direita da Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415).

Se a obra começar no início de 2015, o novo aeroporto poderá ser concluído em 2017. O prazo de conclusão é de 30 meses. O investimento total já é orçado em R$ 220 milhões. O prazo para início da construção do terminal também depende dos estudos de impacto ambiental e de licenciamento.

SUJOU, VAI TER QUE LIMPAR

Empresa terá que retirar entulho despejado na pista do aeroporto (foto Wilson Oliveira / Ascom)

Empresa terá que retirar entulho despejado na pista do aeroporto (foto Wilson Oliveira / Ascom)

Fiscais da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) confirmaram a denúncia de que uma empresa de construção estava descartando entulho na pista do aeroporto de Itabuna. A informação foi publicada no sábado (1º), pelo PIMENTA.

A empresa responsável pela irregularidade se comprometeu a fazer a limpeza da pista e o nivelamento do entulho que foi colocado nas laterais. O compromisso foi firmado com a prefeitura e representes do Aeroculube de Itabuna. Segundo nota do governo municipal, o nivelamento atende a uma necessidade do aeroclube, que já havia reivindicado a terraplenagem da área.

Segundo o presidente do aeroclube, Francisco de Assis Lima Menezes, nenhuma empresa está autorizada a descartar material naquela área. O descarte de material em qualquer área de Itabuna só pode ser feito mediante autorização do poder público e seguindo as diretrizes do Código de Obras e de Posturas e da Lei nº 2.195/2011, que estabelece a Política Ambiental do Município. Os dispositivos preveem multa e outras punições contra o descarte irregular de entulho.

A LOCALIZAÇÃO DO NOVO AEROPORTO

Aeroporto será construído à margem direita da Rodovia Ilhéus-Itabuna.

Aeroporto será construído à margem direita da Rodovia Ilhéus-Itabuna (em destaque).

Há dez dias, o governo estadual publicou decreto no qual declara como de utilidade pública uma área de 979 hectares entre a Ceplac e a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus.

Com base nas coordenadas presentes no decreto, o analista Wallace Anderson de Souza e o engenheiro agrimensor Pablo Cardoso, ambos do Incra, elaboraram em especial para o PIMENTA a plotagem que permite visualizar a área que será impactada pelo decreto.

O novo aeroporto faz parte do plano de investimentos logísticos Complexo Intermodal Porto Sul, executado pelos governos federal e estadual com a participação da iniciativa privada. O projeto prevê construção de porto e aeroporto em Ilhéus, além da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). O aeroporto ainda não tem previsão de início de construção. A obra demandará, segundo o secretário da Casa Civil da Bahia, Rui Costa, investimentos da ordem de R$ 270 milhões.

DECRETO DEFINE ÁREA DO NOVO AEROPORTO DE ILHÉUS

O Diário Oficial do Estado publica em sua edição desta quarta-feira (8) o decreto que define a área onde será construído o futuro aeroporto regional do Sul da Bahia. O documento declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, uma faixa de terra de 979 hectares, à margem da rodovia Ilhéus – Itabuna. O levantamento do sítio aeroportuário foi realizado pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba).

O mesmo decreto, assinado pelo governador Jaques Wagner, autoriza o Derba a promover os atos administrativos e judiciais, “se necessário em caráter de urgência”, para executar a desapropriação dos imóveis existentes na área.

A MALA DE RAIMUNDO DO BASÍLIO

Raimundo do Basílio: desespero.

Raimundo do Basílio: desespero no aeroporto.

Mais experientes em viagens de avião, dois vereadores de Ilhéus resolveram tirar sarro dos passageiros de “primeira viagem” que seguiram para a Marcha em Brasília. Sobrou para o vereador Raimundo do Basílio.

Ao tentar retirar a mala da esteira, no desembarque na capital federal, Raimundo foi avisado que, se caso a mala dele passasse pela esteira uma única vez, sem ser pega, ela iria direto a um triturador, instalado nos fundos do aeroporto.

Resultado: desesperado com a mala que acabara de passar bem às suas vistas, Raimundo do Basílio não contou conversa… Saiu em desespero em direção à esteira e, nos últimos segundos ante a “tragédia” anunciada por um colega, conseguiu pegar a mala. Aí veio a grande surpresa. De nada adiantou o esforço. Ele pegou a mala… errada.

O dono da bagagem apareceu e provou que os pertences eram seus. Basílio rodou a baiana no aeroporto mesmo diante de uma mala que sobrara na esteira. Funcionário do aeroporto e da empresa aérea perguntavam e ele nada. Até que, tíquete conferido e que tinha o nome do vereador, resolveram abrir a mala. Era dele. O vereador apenas não havia lembrado o modelo e a cor de uma que lhe foi emprestada pelo sobrinho para chegar até a capital federal.

REUNIÃO DISCUTE REABERTURA DE AEROPORTO

aeroporto

Vereadores e representantes de entidades, como a Associação Comercial, discutem na Câmara Municipal de Itabuna a proposta de reabertura do aeroporto local. Uma equipe do Derba também toma parte nas discussões.

O objetivo é obter autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para que o terminal volte a receber voos regulares, com aeronaves de pequeno e médio porte.

EMPRESÁRIOS QUEREM REABRIR AEROPORTO

Empresários buscam apoio político a favor da reabertura do aeroporto (toto Ascom/ACI)

Empresários buscam apoio político a favor da reabertura do aeroporto (toto Ascom/ACI)

Fechado há nove anos, o aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho, de Itabuna, poderá ser reativado. Tudo começa com um sonho de empresários locais, mas é a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que dará a palavra final sobre o assunto.

Os empresários, liderados pela Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, têm defendido que o funcionamento do aeroporto pode impulsionar investimentos esperados pela cidade, como a instalação da Universidade Federal do Sul da Bahia. Com essa ideia, eles já conseguiram o apoio do governo local, da Câmara de Vereadores e da Associação dos Municípios do Sul e Extremo-Sul da Bahia (Amurc).

Até o final de agosto, o grupo aguarda a realização de levantamento topográfico pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), o qual será utilizado em avaliação da Anac. A intenção é de que o terminal, com pista de 1.522 metros de extensão por 30 metros de largura,  volte a operar com aeronaves de pequeno e médio porte.

PASSAGEIROS SOFREM DESRESPEITO NO AEROPORTO DE VITÓRIA DA CONQUISTA

Voos cancelados em cima da hora e muita reclamação (foto Blog do Anderson)

Voos cancelados em cima da hora e muita reclamação (foto Blog do Anderson).

As companhias aéreas Passaredo e Azul são acusadas de desrespeitar os passageiros que utilizam o aeroporto de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. Informações do Blog do Anderson dão conta de que as interrupções de pousos e decolagens no terminal têm sido frequentes, em função de problemas meteorológicos, mas a principal queixa está relacionada ao atendimento das companhias.

O blog ouviu uma passageira que já aguardava há 48 horas para embarcar num voo para Salvador. A cliente relatou que o site da companhia indicava a disponibilidade de passagem, mas no aeroporto a informação era de voo cancelado. E os atendentes não fornecem maiores detalhes nem dizem quando a “vítima” poderá viajar.

No aeroporto de Conquista, os passageiros ficam literalmente na geladeira. Na noite desta quinta, os termômetros na cidade marcavam 11 graus.

LEVANTE POPULAR OCUPA AEROPORTO E REIVINDICA VOLTA DO “DOIS DE JULHO”

Marival Guedes, de Salvador

O movimento intitulado Levante Popular da Juventude promoveu na tarde desta sexta-feira, 7, protesto reivindicando o retorno do nome Dois de Julho ao aeroporto internacional de Salvador. Cerca de 300 jovens ocuparam o local, portando faixas, bandeiras e gritando palavras de ordem que incluíam versos do Hino ao Dois de Julho. Em pedaços de pano bordaram as palavras “justiça”,”igualdade” e “solidariedade”.

Os manifestantes colocaram uma faixa com 30 metros de comprimento com o nome “Aeroporto 2 de Julho” no muro em frente ao letreiro de metal que indica “Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães”. Fizeram discursos e distribuíram panfletos afirmando que ACM passou por cima da história do povo baiano. “Apagar o Dois de Julho é querer apagar a nossa história”, declaravam. O grupo atraiu a atenção dos turistas, que não paravam de tirar fotos.

O aeroporto foi fundado em 1925 e reconstruído em 1941 com o nome Santo Amaro do Ipitanga. Em 1955 mudou para Dois de Julho, data mais importante para o povo baiano, quando ocorreu o desfecho da independência, em 1823. Segundo historiadores, a luta na Bahia começou antes de outros Estados e terminou depois. Custou milhares de vidas.

Em 1998, com a morte do deputado Luís Eduardo, vítima de ataque cardíaco aos 43 anos , o senador Antonio Carlos Magalhães pediu a mudança em homenagem ao filho. Os deputados atenderam ao emocional apelo. No entanto, manifestações populares contrárias vêm sendo realizadas nas datas cívicas e nos carnavais.

PROJETO TEM DEZ ANOS

O projeto para devolver o antigo nome do aeroporto tramita na Câmara há dez anos. De autoria do deputado Luiz Alberto (PT-BA), a proposta, que está na Comissão de Educação, vem enfrentando manobras regimentais do DEM.

Em julho deste ano, por exemplo, a deputada Dorinha Seabra (DEM-TO) pediu vistas do projeto. Em agosto derrubou o quórum de votação. No entanto, não impediu a leitura do relatório do deputado Valdenor Pereira (PT-BA), fato considerado um avanço pelo parlamentar.Vale lembrar que o líder da bancada do DEM é o deputado ACM Neto,prefeito eleito de Salvador, sobrinho do homenageado.

GOVERNO SUGERE ÁREA PRÓXIMA À CEPLAC PARA NOVO AEROPORTO DE ILHÉUS

Segundo Rui Costa, aeroporto será construído por meio de PPP

O secretário da Casa Civil do Governo da Bahia, Rui Costa, falou nesta manhã no programa O Tabuleiro (rádio Conquista FM de Ilhéus), que o novo aeroporto da cidade poderá mesmo ficar situado na rodovia Ilhéus – Itabuna, numa área entre a Ceplac e a Uesc.

Costa afirmou que o projeto com a localização do novo aeroporto já se encontra sob análise da Secretaria Nacional da Aviação Civil e da Infraero. “Estão analisando sob o ponto de vista técnico. Havendo o ‘de acordo’, entregaremos a modelagem do aeroporto”, declarou o secretário.

O futuro aeroporto ilheense será construído por meio de PPP (Parceria Público Privada). Segundo Rui Costa, o governo vê a obra como prioritária e, como não há recursos públicos disponíveis para realizá-la com a urgência que se pretende, o caminho defendido é a associação com a iniciativa privada.

Costa assegurou que Ilhéus terá um grande aeroporto, em condições de atender a população regional e as demandas do Polo de Informática e de outras empresas.

CRONOGRAMA

O governo baiano estima iniciar as obras de construção do porto público do Porto Sul em março do próximo ano. O complexo terá investimento de aproximadamente R$ 2,6 bilhões em Ilhéus e passa dos R$ 6,5 bilhões quando envolve todo o intermodal (porto, aeroporto e ferrovia). O aeroporto, já se sabe, não será mais construído na área região norte da Terra de Gabriela, mas numa região vizinha à Ceplac (BR-415).

O NOVO AEROPORTO DE ILHÉUS

Enquanto a região espera a audiência pública do Porto Sul, marcada para o dia 29, uma empresa já realiza estudos de alternativa locacional para o novo aeroporto de Ilhéus. Uma coisa já se sabe com certeza: ele não ficará mais na área da antiga poligonal do Porto Sul, na região norte do município, já que esta será transformada em unidade de conservação.

Um dos locais em estudo para o aeroporto internacional fica na rodovia Ilhéus – Itabuna, próximo à sede regional da Ceplac.

EM ILHÉUS: AVIÃO DA GOL ARREMETEU 3 VEZES E DEIXOU PASSAGEIROS EM PÂNICO

Os passageiros do voo da Gol que saiu às 10h40min deste sábado, 21, de São Paulo, com destino a Salvador, com escalas em Belo Horizonte e Ilhéus, não tinham a menor ideia dos momentos de apreensão que viveriam.

Quando o avião se aproximou da pista do Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, por volta de 13h40min, começaram os problemas. Segundo o comerciante Elias Soares, de Buerarema, que era um dos passageiros, a aeronave arremeteu três vezes antes que o piloto conseguisse aterrissar.

O comerciante relata que o avião ficou um bom tempo (ele não sabe precisar quanto) taxiando sobre a região e, durante todo esse período tenso, as comissárias de bordo desapareceram. “Ninguém nos informava nada”, afirma Elias.

A dificuldade para pousar a aeronave, associada à falta de informações, fez com que alguns passageiros se desesperassem. Uma mulher esteve perto de desmaiar e foi amparada, e o próprio Elias também confessa ter imaginado o pior. “Eu senti a morte”, diz o comerciante.

O passageiro salienta que o tempo não estava ruim no horário programado para a aterrisagem em Ilhéus. Como a tripulação não explicou o que ocorreu, as suspeitas são de problemas com o trem de pouso ou com os chamados “ventos de cauda”, comuns na região do Aeroporto Jorge Amado e considerados muito perigosos pelos pilotos.

INFRAERO INICIA EIA-RIMA DO NOVO AEROPORTO ILHEENSE

A Infraero iniciou este mês o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-Rima), além da elaboração do Plano Diretor do novo aeroporto de Ilhéus, que integrará o Complexo Intermodal Porto Sul. Este também irá incluir a Ferrovia da Integração Oeste-Leste, cujas obras já foram iniciadas, um porto público e o terminal de uso privativo da empresa Bahia Mineração.

A conclusão da primeira parte do EIA deve ocorrer no prazo de 120 dias e serão necessários mais 11 meses para a realização de trabalhos de campo com o objetivo de mensurar os impactos ambientais, conforme exigência do IMA (Instituto do Meio Ambiente da Bahia).

Segundo informações, a Infraero investirá R$ 1,96 milhão na elaboração do EIA-Rima e R$ 258 mil no Plano Diretor do novo aeroporto. Este deverá estar finalizado no segundo semestre de 2011 e, em seguida, será submetido à aprovação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

O início das obras do aeroporto está programado para 2013 e a conclusão deverá ocorrer no ano de 2015.

AEROPORTO FECHA EM ILHÉUS

Com a proibição de operar por instrumentos, o aeroporto de Ilhéus transformou-se num terminal que não merece confiança, pois é tão dependente das condições meteorológicas quanto eram as caravelas de Cabral.

Nesta sexta-feira, 30, em virtude das chuvas, alguns pousos que deveriam ocorrer na cidade foram desviados. O voo 1396, da Gol, por exemplo, saiu de São Paulo às 13h28min e deveria aterrissar às 15h25min em Ilhéus, mas o piloto teve que seguir direto para Salvador. Não havia condições para o pouso.

Os passageiros que ficariam em Ilhéus encontram-se neste momento no aeroporto soteropolitano. A maioria optou por aceitar o transporte de ônibus oferecido pela Gol, que deve sair às 18h30min e chegar a Ilhéus lá pra 1 hora da madruga.

CONQUISTA MAIS PERTO DE TER NOVO AEROPORTO

Do Bahia Notícias:

O governo do Estado publicou o aviso de licitação para elaboração de estudos preliminares, projetos básicos e projeto executivo para a construção do novo aeroporto de Vitória da Conquista. O certame será realizado no dia 27 de julho próximo, às 10 horas, na Coordenação Executiva de Licitações no Centro Administrativo da Bahia.

“Estamos na luta por um novo aeroporto desde o primeiro mandato e agora, com o Governo Jaques Wagner, vislumbramos a realização deste projeto que será de grande importância para Vitória da Conquista, um dos municípios mais importantes do estado”, argumenta o deputado Waldenor Pereira, líder do governo na Assembleia e que tem na construção do aeroporto uma das principais bandeiras do mandato.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia