skip to Main Content
16 de fevereiro de 2020 | 02:47 am

PRESIDENTE DA CÂMARA REAGE E DIZ QUE EMPRESAS DE ÔNIBUS TÊM QUE OBEDECER A LEI

Tempo de leitura: < 1 minuto

Chico Reis diz que empresas têm que obedecer a lei

O presidente da Câmara de Itabuna, Chico Reis (PSDB), reagiu ao anúncio da Associação das Empresas de Transporte Urbano (AETU) de que São Miguel e Viação Sorriso da Bahia vão cobrar passagem a R$ 3,30, a partir desta quinta (8). “As empresas são concessionárias autorizadas. Elas têm que obedecer as leis da cidade”, afirmou Chico.
O presidente da Câmara ainda não anunciou quais medidas adotará contra as empresas. “Quem faz as leis da cidade é o Poder Legislativo. Não é empresa de transporte coletivo que faz”, disse, fazendo menção ao Decreto Legislativo 01/2018, que derrubou o reajuste da passagem de R$ 2,85 para R$ 3,30, na última segunda-feira.
O aumento da tarifa de ônibus em Itabuna havia sido autorizado pelo prefeito Fernando Gomes em 8 de janeiro deste ano. A passagem passaria a R$ 3,30 nesta quinta. Porém, os vereadores revogaram o Decreto 12.760, assinado pelo prefeito e publicado no Diário Oficial do Município. O ato de revogação foi publicado no Diário Oficial da Câmara na última terça (6). As empresas de ônibus ignoraram a decisão do Legislativo.

GERENTE DA AETU E FAMÍLIA SÃO FEITOS REFÉNS E BANDIDOS LEVAM R$ 60 MIL

Tempo de leitura: 2 minutos
Com pistola na mão, bandido recolhe dinheiro em saco plástico || Reprodução Pimenta

Com pistola na mão, bandido recolhe dinheiro em saco plástico || Reprodução Pimenta

O gerente da Associação das Empresas de Transporte Urbano de Itabuna (Aetu) e a família foram feitos reféns, nesta segunda (6), por uma quadrilha que levou cerca de R$ 60 mil da entidade que representa as empresas de ônibus São Miguel e Sorriso da Bahia.  O gerente, esposa e filha ficaram sob poder dos criminosos até a quadrilha deixar Itabuna. A polícia já recuperou um dos veículos usados pelos bandidos.

Para entrar na sede da Aetu, no Centro Comercial, um dos sequestradores usava farda de policial rodoviário estadual baiano e uma arma. O gerente era mantido sob a mira de uma pistola durante toda a ação, como revelam imagens do sistema de videomonitoramento às quais o PIMENTA teve acesso. Um segurança da Aetu e funcionários também foram rendidos durante a ação dentro da entidade.

Depois de pegar o dinheiro, o bandido levou o gerente para um dos carros usados na ação criminosa. Após o roubo, os criminosos fugiram em dois carros, levando as vítimas como reféns. A esposa e a filha do gerente da Aetu foram liberadas cerca de quatro quilômetros, na estrada de chão à margem direita do Rio Cachoeira, rumo à Fazenda Progresso.

Os criminosos somente liberaram o gerente vários quilômetros depois. Até agora, a polícia tem imagens que podem ajudar a identificar o homem que invadiu a Aetu com o gerente da associação como refém.

TESTE DE PACIÊNCIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Grandes filas e teste de paciência na AETU.

Grandes filas e teste de paciência na AETU (Foto Fábio Mota).

Pais de estudantes passam por teste de paciência na sede da Associação das Empresas de Transporte Urbano (AETU), em Itabuna, para recadastramento do smart card (cartão de passe estudantil).

Como há desencontro de informações entre empresas de ônibus e escolas, pais também se queixam da necessidade de retornar até três vezes à sede da AETU, na Avenida Amélia Amado, em frente ao Terminal Rodoviário, no Centro Comercial, para fazer ou renovar o cartão.

De acordo com a associação, os alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio devem revalidar o cartão anualmente. Já os estudantes no ensino superior ou técnico, deverão revalidar a cada semestre.

DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA

Para a obtenção da carteira com 50% de desconto, é necessário que o estudante apresente RG, CPF e comprovante de residência em nome dos pais (caso maior de 25 anos, no seu próprio nome).

Os alunos da rede pública, após a matrícula, deverão ter o nome constando na lista enviada pela escola à AETU. Já os alunos  das escolas particulares, deverão apresentar o seu comprovante de  matrícula. O smart card será fornecido após o envio do calendário do ano letivo.

TRANSPORTE PÚBLICO TERÁ ÔNIBUS NOVOS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Sistema de transporte público ganha 11 ônibus novos (Foto Divulgação).

Sistema de transporte público ganha 11 ônibus novos (Foto Divulgação).

O sistema de transporte público de Itabuna ganhou 11 ônibus novos, nesta semana, com a chegada de 8 veículos que serão incorporados à frota da São Miguel. A renovação é parte do acordo que resultou no reajuste da tarifa de ônibus, de R$ 2,20 para R$ 2,50.

Pelo acordo de renovação, 30% da frota serão renovada, sendo metade com ônibus novos e a outra parte com ônibus até cinco anos de uso. Nem a prefeitura nem a AETU divulgam qual o tamanho da frota, antes em 100 ônibus em circulação.

Os oito veículos da São Miguel foram vistoriados, nesta sexta (24), pelo secretário de Transporte e Trânsito de Itabuna, Roberto José, acompanhado do diretor da associação das empresas, a AETU, Elvis Souza.

DECRETO PERMITE CANCELAR CRÉDITO DE VALE-TRANSPORTE EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Um decreto assinado pelo prefeito Claudevane Leite, em abril do ano passado, permite à Associação das Empresas de Transporte Urbano (AETU) cancelar os créditos em cartão de vale-transporte. O crédito expira em até 90 dias após reajuste de passagem, caso tenha sido adquirido antes da nova tarifa entrar em vigor. Neste caso, o crédito expira em agosto.

O cancelamento do crédito, autorizado pelo prefeito, gerou protestos de usuários do transporte coletivo em Itabuna, vários deles leitores do blog. Alguns, consideram-se lesados, outros uma “garfada”. Mas a associação, por meio de assessores de comunicação e de marketing, citou o decreto assinado pelo prefeito. O decreto é o 10.843, de 2014.

Há, ainda, uma lei, da década de 80, que cita o vale-transporte do tempo do papel. Naquela época, quando não existiam os smart cards, a validade era de 90 dias se adquirido antes do reajuste. Hoje, embora o cartão seja eletrônico, os créditos não são revalidados com o novo valor. A AETU disponibiliza o telefone (73) 3215-1655 para reclamações ou tirar dúvidas. O horário de atendimento é das 7h às 17h.

EM ITABUNA, A MÃO (NADA BOBA) DAS EMPRESAS DE ÔNIBUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

aetu2Empresas de ônibus de Itabuna deixaram cidadãos irritados com a informação de que os créditos no cartão de transporte obtidos antes do reajuste da passagem serão válidos somente até 10 de agosto. Se não for usado antes, o cidadão perderá dinheiro.

“Isso é roubo”, indignou-se uma leitora do PIMENTA, revoltada com a imposição das empresas Expresso Rio Cachoeira e São Miguel.

A leitora disse já estar acostumada com serviço de péssima qualidade, poucas linhas para alguns bairros, frota reduzida em alguns horários e sucatas, mas as empresas se superaram com esta novidade.

– Quando vamos fazer recarga dos cartões de passe, fazemos em dinheiro, pagamos em real, moeda corrente no país. Como vamos perder o dinheiro se não utilizar os créditos? O dinheiro que pagamos é convertido em vale transporte, ou seja, se recarregamos R$ 110,00, temos direito a 50 passagens que custa 2,20. Logo, se houve reajuste de tarifa para 2,50, esse valor deve ser convertido em 44 passagens. Isso, sim, é justo! Não existe validade para dinheiro. Qual a explicação para roubarem nosso dinheiro? – questiona a cidadã.

Usuária do transporte público em Itabuna, a cidadã lembra que as empresas têm lucros exorbitantes e conclama Prefeitura de Itabuna, Ministério Público e cidadãos a reagir contra esta mão nada boba das empresas de ônibus.

AETU INICIA CADASTRAMENTO DE PASSE ESTUDANTIL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Carteira dá direito à meia-passagem para estudante.

Carteira dá direito à meia-passagem para estudante.

O estudante itabunense que mora a, pelo menos, um quilômetro da sua unidade de ensino já pode se cadastrar para obter ou renovar o cartão de passe. A Associação das Empresas de Transportes Urbanos de Itabuna (Aetu) exige das instituições de ensino (particular e pública) a listagem dos alunos matriculados ou o calendário do ano letivo para revalidar ou emitir a carteira.

O cartão do aluno do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio deve ser revalidado anualmente, enquanto o estudante do ensino superior ou técnico deve renová-lo a cada semestre, segundo a associação das empresas. O cartão assegura a meia-passagem ao estudante.

A Aetu exige do estudante RG, CPF e comprovante de residência em nome dos pais (caso maior de 25 anos, no seu próprio nome). Os alunos da rede pública, após a matrícula, deverão ter o nome constando na lista enviada pela escola à Aetu. O aluno da escola particular deverá apresentar o seu comprovante de  matrícula. A primeira via da carteira é  gratuita.

A renovação  da carteira de passe estudantil pode ser feita na sede da Aetu, na avenida Amélia Amado, em frente à Rodoviária de Itabuna, das 7h às 17 horas.

PRAZO PARA REVALIDAR PASSE ESTUDANTIL TERMINA NO DIA 31

Tempo de leitura: < 1 minuto

Estudantes de Itabuna que utilizam o transporte coletivo devem ficar atentos ao prazo para revalidar o passe que dá direito a 50% de desconto na passagem de ônibus. O atendimento com esta finalidade será realizado somente até esta quarta-feira, dia 31, na sede da Associação das Empresas de Transporte Urbano (Aetu), em frente à estação rodoviária.

Para fazer a revalidação, o estudante deve comparecer ao local com RG e CPF. Para quem é aluno de escola pública, é exigido que o nome conste nas listas encaminhadas pelos estabelecimentos de ensino à Aetu, além de ser necessário apresentar atestado de frequência. No caso de alunos de escolas particulares, é cobrado o comprovante de pagamento do boleto do mês anterior ou atestado de frequência do mês de solicitação da meia passagem.

O atendimento na sede da Aetu é prestado de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas, sem intervalo. A associação alerta que não será possível revalidar o passe estudantil após o dia 31.

TRANSPORTE COLETIVO MUDA A PARTIR DE HOJE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mais horários de ônibus e menos espera. É isso que prometem a Prefeitura de Itabuna e a Associação das Empresas de Transporte Urbano (Aetu), com a implantação do Itabuna Card. O novo sistema começou a operar nesta quinta-feira, 28, data do aniversário da cidade.
Entre as novidades, está a possibilidade de o passageiro percorrer dois trechos pagando tarifa única. Os usuários do sistema utilizarão um cartão com chip eletrônico, que já pode ser adquirido na sede da Aetu e, a partir da próxima semana, em postos de recarga no centro e nos bairros.
De acordo com a Associação das Empresas, houve uma redefinição dos trajetos, o que permitirá maior frequência dos coletivos. A previsão é de 5.600 novos horários de ônibus por mês.
Além dos cartões recarregáveis, os usuários também poderão adquirir unidades avulsas, que não permitem recarga. Somente quem estiver com um desses cartões poderá fazer o transbordo (utilizar uma segunda linha com o pagamento de tarifa única).

AETU RETÉM CARTÃO (E BAGUNÇA VIDA) DE USUÁRIO DE ÔNIBUS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Usuários de ônibus estão enfrentando grandes filas na sede da Asssociação das Empresas de Transporte Urbano de Itabuna (AETU) para recadastrar o cartão magnético (smart card) de transporte.

As empresas São Miguel e Expresso Rio Cachoeira estão retendo os cartões dos passageiros, além de obrigá-los a comparecer à sede da AETU para fazer o recadastramento no sistema.

Usuários dizem que estão sendo desrespeitados, pois o cartão é tomado pelos cobradores e somente seguem viagem caso tenham dinheiro em espécie. “Eles não informaram com antecedência que era necessário recadastrar o cartão. Se não tiver dinheiro, o passageiro se vê obrigado a descer do ônibus, mesmo se o cartão de passagem ainda tiver crédito”, reclama a professora Cláudia Pereira.

Thirley Lima também foi uma das vítimas da bagunça promovida pela associação das empresas. “Ontem, fui na AETU. estava um caos terrível. A fila estava quase dando a volta no quarteirão”, diz.

Ela relata que vários passageiros que não tinham dinheiro foram obrigados a descer do ônibus em que estava, no último final de semana. “A associação deveria ter avisado aos usuários com antecedência”, esbraveja.

Back To Top