WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘água potável’

ITABUNA, ILHÉUS E OUTROS 25 MUNICÍPIOS DO SUL DA BAHIA TÊM ÁGUA CONTAMINADA

Agrotóxico contamina água de 27 cidades do sul da Bahia, segundo estudo

Um coquetel que mistura diferentes agrotóxicos foi encontrado na água de 1 em cada 4 cidades do Brasil entre 2014 e 2017, segundo estudo realizado em conjunto pela ONG Repórter Brasil, Agência Pública e organização suíça Public Eye. Nesse período, as empresas de abastecimento de 1.396 municípios detectaram todos os 27 pesticidas que são obrigados por lei a testar.

Desses, 16 são classificados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como extremamente ou altamente tóxicos e 11 estão associados ao desenvolvimento de doenças crônicas como câncer, malformação fetal, disfunções hormonais e reprodutivas. De acordo com o estudo, entre as cidades com água contaminada com agrotóxico estão Almadina, Arataca, Aurelino Leal, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Dário Meira e Floresta Azul.

O estudo aponta ainda contaminação em fontes que abastecem Gandu, Gongogi, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itagibá, Itaju do Colônia, Itapé, Itapitanga, Ipiaú, Mascote, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória, Ubaitaba, Ubatã, Una e Uruçuca.

No extremo-sul do estado, estão na lista as cidades de Alcobaça, Belmonte, Eunápolis, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Itabela, Itagimirim, Itamaraju, Itapebi,  Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Prado. Na Bahia, são 271 cidades com problemas, segundo o estudo.

:: LEIA MAIS »

RIO ALMADA RECUPERA VAZÃO E EMASA DEIXA DE FORNECER ÁGUA SALGADA

Emasa começa a fornecer água potável, após dois meses.

Emasa começa a fornecer água potável, após dois meses.

A Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) deixou de captar água da estação de Castelo Novo, em Ilhéus, ontem (31), de acordo com o presidente da estatal, Ricardo Campos. Agora, a captação é feita somente nas estações de Nova Ferradas, em Itabuna, e Rio do Braço, em Ilhéus. Para o consumidor, significa que voltará a receber água doce, depois de mais de 60 dias.

A Emasa está captando em torno de 300 litros de água por segundo na Estação de Nova Ferradas (Rio Cachoeira). Como a vazão do Rio Almada voltou a ficar em nível suficiente para abastecer Itabuna, a captação fica em torno de 400 litros por segundo.

O anúncio oficial de que a empresa deixou de captar água com altos níveis de cloreto de sódio será feito nesta terça (2) pela empresa. Também amanhã, o presidente Ricardo Campos deverá informar se o nível de água que chegou nos rios que abastecem o sistema em Itabuna é suficiente para decretar o fim do racionamento, imposto aos itabunenses depois de quase seis meses de forte estiagem no sul da Bahia.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia