WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia





abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

editorias






:: ‘Águas de Olivença’

PROTESTO DE TUPINAMBÁS BLOQUEIA A BA-001, EM OLIVENÇA

BA-001 é bloqueada por tupinambás em Ilhéus || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

Desde as primeiras horas desta quinta-feira (31), indígenas da tripo tupinambá bloqueiam trecho da BA-001 em Olivença e Águas de Olivença, Ilhéus. Eles reivindicam a demarcação de terras e a colocação de, ao menos, cinco quebra-molas no trecho da região de Águas de Olivença, ao sul de Ilhéus. Policiais militares chegaram ao local por volta das 7h30min.

Taguari cobra segurança no trânsito e demarcação || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

De acordo com Taguari Tupinambá, a colocação de quebra-molas poderá evitar novas mortes por acidente de trânsito no trecho. Nos últimos 15 dias, dois indígenas morreram atropelados na região em frente ao Condomínio Águas e Olivença, vizinho à Aldeia Itapuã.

O líder indígena explicou que a mobilização desta quinta é parte do dia de mobilizações dos povos indígenas em todo o País. “Estamos revindicando e protestando contra os danos que a BA-001 vem trazendo aos indígenas. Queremos a colocação de cinco quebra-molas para que a gente possa ter mais tranquilidade quando nossos filhos descerem da aldeia para Águas de Olivença”, afirmou ele ao PIMENTA, observando que nem faixa de pedestre existe no local.

Tupinambás prometem liberar rodovia só após negociação || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

O último acidente ocorreu há cerca de uma semana, quando um veículo a cerca de 140 quilômetros por hora atropelou um tupinambá que voltava da pesca na praia na região de Águas de Olivença. A promessa é de liberar a pista somente após a presença de representantes do governo estadual, que garantam a sinalização da rodovia.

Polícia Militar já chegou ao local do protesto || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

“Não é só pra nós, indígenas. Todos aqui precisam de segurança [no trânsito]”, reforça. “Já chega de morte nesse lugar. A gente já perde vida com a demarcação de terras. O estado brasileiro tem dívida com os povos indígenas”.

ILHÉUS: POLÍCIA INVESTIGA RELAÇÃO ENTRE ASSASSINATOS DE MATEUS E JUNIOR SCHER

Polícia investiga relação entre mortes de Mateus e Scher || Reprodução

Polícia investiga relação entre mortes de Mateus e Scher || Reprodução

Delegada Andréa Oliveira investiga os crimes.

Delegada Andréa Oliveira preside inquéritos dos dois crimes || Foto Blog do Gusmão

A coordenadora do Núcleo de Homicídios de Ilhéus e Região, delegada Andréa Oliveira, ouviu nesta quinta-feira (17) duas testemunhas nos inquéritos que investigam os assassinatos de Ismenio Roberto de Menezes Scher Júnior, mais conhecido como Júnior Scher, 38 anos, e Mateus Gomes dos Santos, de 14 anos. Os dois foram mortos com requintes de crueldade em Ilhéus.

A delegada confirmou ao PIMENTA que Ismenio Roberto foi amarrado com os braços para trás, espancado e executado com tiros de pistola 380. Ele foi assassinado na tarde de quarta-feira (16), no Condomínio Águas de Olivença, mesma localidade onde o adolescente também foi morto.

A polícia investiga se a execução de Júnior tem relação com o assassinato do menor. O corpo do adolescente foi encontrado na terça-feira (15), com cabeça e braço decapitados. A cabeça da vítima foi encontrada em um terreno próximo de onde a outra parte do corpo foi enterrada. Ele estava desaparecido desde sexta-feira passada.

Segundo a delegada, existem rumores de que Júnior Scher estaria envolvido no assassinato de Mateus Gomes, e que aquele teria sido morto por vingança. “Mas ainda não temos elementos que confirmem a relação entre esses crimes. Por isso, estamos investigando outras hipóteses para as duas mortes. Não podemos descartar nenhuma possibilidade até elucidação dos dois crimes”, afirmou a delegada Andréa Oliveira.

BRIGAS

A delegada explicou ainda que está apurando informações de que tanto Júnior Scher, que era de Itabuna, quanto Mateus Gomes teriam se envolvido em brigas recentemente. Júnior teria se envolvido em mais de uma briga, sendo que uma delas durante festa numa casa que tomava conta em Águas de Olivença.

A delegada investiga ainda se os crimes estão relacionados ao tráfico de drogas. A policial já solicitou laudos sobre os dois crimes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus e marcou para a próxima semana novos depoimentos relacionados aos dois inquéritos.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia