WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Alagoas’

ROTARY CLUB EMPOSSA EM ITABUNA O PRIMEIRO GOVERNADOR DO DISTRITO 4391

Paulo Pereira e Dora (à esquerda) com Mark Daniel Malloney, presidente Rotary Club  Internacional, na Califórnia (EUA).

O Rotary Internacional empossa, neste sábado (29), às 19h30min, na AABB de Itabuna, o primeiro Governador do Distrito 4391, recém-criado em substituição aos distritos 4550 e 4390. O novo distrito abrange os estados de Alagoas, Bahia e Sergipe.

O rotariano Paulo Pereira da Silva assume a Governadoria com a meta de elevar o número de associados, incentivar ainda mais projetos sociais e estabelecer uma comunicação mais aberta na interação com a sociedade por meio das redes sociais.

O novo governador também pretende incentivar as campanhas de saúde pública, a exemplo da erradicação da poliomielite (paralisia infantil), hepatite C e tuberculose. O principal projeto  do Distrito desenvolvido na Bahia foi a implantação da 11ª Sala de Cirurgia do Hospital Santo Antônio da Organização Social Irmã Dulce, em Salvador.

Na mesma solenidade, serão empossados os presidentes do Rotary Club de Itabuna, Silvio Roberto Sousa de Oliveira, e do Rotary Club Itabuna Sul, José Camboim de Sá. O ano Rotário 2019-2020 tem como lema “O Rotary Conecta o Mundo”.

PERFIL

Paulo Pereira da Silva é bacharel em Direito, natural de Penápolis (SP), mora em Itabuna há 34 anos, onde desempenhou função do RH da Companhia Produtora de Alimentos (Nestlé). Além disso, é membro do Encontro de Casais com Cristo (ECC) da Diocese de Itabuna. É casado com a psicóloga Maria Auxiliadora Valgueiro Costa Silva (Dora).

MAIS MÉDICOS ABRE INSCRIÇÕES PARA VAGAS EM CERCA DE 1,2 MIL MUNICÍPIOS

Programa Mais Médicos abre vagas

O Ministério da Saúde abriu, nesta segunda-feira (27), inscrições para a contratação de profissionais para o Programa Mais Médicos. A seleção visa o preenchimento de vagas disponíveis em cerca de 1.200 municípios, principalmente em regiões que estão sem médicos desde a saída dos profissionais cubanos, no ano passado.

São oferecidas 2.212 vagas para os profissionais que realizar atendimento na atenção primária à saúde da população que vive nas regiões com mais necessidade de cuidados. Os candidatos têm até quarta-feira (29) para se inscrever. Acesse aqui.

Nos dias 6 e 7 de junho, os candidatos deverão acessar o Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP) para informar em qual localidade têm interesse em trabalhar, entre os 1.185 municípios e 13 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) com os mais altos índices de vulnerabilidade do país. Os números foram recentemente atualizados pelo sistema.

O prazo para que os gestores municipais confirmem o número de médicos que precisam para o atendimento em suas unidades de saúde também termina na próxima quarta. O resultado com o número final de vagas destinadas aos municípios que receberão os profissionais será publicado no dia 4 de junho.

BANCO DO NORDESTE PUBLICA EDITAL DE CONCURSO COM ATÉ R$ 5 MIL DE SALÁRIO

Banco do Nordeste publica edital de concurso

O Banco do Nordeste publicou, nesta sexta-feira (14), no Diário Oficial da União, o edital do concurso com oferta de 700 vagas, sendo que a maioria para cadastro de reserva. As inscrições poderão ser feitas de 24 deste mês a 15 de outubro. A taxa será de R$ 59,00 para os cargos de nível médio e de R$ 67,00 para os cargos de nível superior.

Para o nível superior, são 200 vagas – três para posse imediata- para quem possui graduação em ciência da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia da Informação, Informática, Sistemas de Informações, Tecnologia da Informação, Processamento de Dados, Segurança da Informação ou Tecnologia em Telemática. A remuneração inicial será de R$ 4.941,17.

Para o cargo de nível médio, Analista Bancário 1, serão ofertadas 500 vagas, sendo três imediatas e 497 para cadastro reserva. O candidato deve ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A remuneração inicial será de R$ 2.854,68.

Tanto para nível superior quanto para médio, a jornada de trabalho é de 6 horas diárias, totalizando 30 horas semanais. As provas objetiva e discursiva serão no dia 25 de novembro. Na Bahia, as provas devem ser aplicadas em Salvador, Itabuna, Teixeira de Freitas, Barreiras, Irecê, Juazeiro e Feira de Santana.

BAHIA REGISTRA EM JANEIRO SALDO DE 5,5 MIL EMPREGOS COM CARTEIRA ASSINADA

A Bahia é primeira em geração de empregos no Nordeste|| Foto Pedro Moraes

A Bahia gerou 5.547 postos de trabalho com carteira assinada em janeiro de 2018. O resultado positivo decorre da diferença entre 48.484 admissões e 42.937 desligamentos, segundo informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).

Após eliminação líquida de 145, 1.187 e 2.872 postos de trabalho nos meses de janeiro dos anos imediatamente anteriores, a Bahia exibiu registro positivo. O saldo de janeiro de 2018 foi maior que o resultado de dezembro, quando 12.457 postos de trabalho foram suprimidos, sem as declarações fora do prazo.

Setorialmente, em janeiro, cinco segmentos contabilizaram saldos positivos: Serviços (+3.685 postos), Construção Civil (+1.369 postos), Indústria de Transformação (+687 postos), Agropecuária (+476 postos) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (+126 postos). Comércio (-770 postos), Administração Pública (-14 postos) e Extrativa Mineral (-12 postos) eliminaram posições de trabalho com carteira assinada.

MELHOR RESULTADO NO NORDESTE

Em relação ao saldo de postos de trabalho, a Bahia (+5.547 postos) ocupou a primeira posição dentre os estados nordestinos e a oitava dentre os estados brasileiros em janeiro de 2018. No Nordeste, além da Bahia, apenas o Ceará (+1.653) registrou saldo positivo.

:: LEIA MAIS »

BRASKEM OFERECE 300 VAGAS DE ESTÁGIO

braskem2Até o dia 31 de agosto estão abertas as inscrições para o programa de estágio universitário e técnico da Braskem. São 300 vagas para atuar nas unidades da empresa na Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Alagoas. As inscrições podem ser feitas pelo site www.jovensbraskem.com.br.

O estágio universitário traz 201 vagas para estudantes de penúltimo e último ano de formação superior. Já para o estágio técnico estão abertas 110 vagas para estudantes com mais de 18 anos que já tenham concluído o primeiro semestre do curso. Do Correio24h.

JÚRI ABSOLVE EX-SEGURANÇAS DE PC FARIAS E DESCARTA TESE DE SUICÍDIO

Da Folha 

Os ex-seguranças de Paulo César Farias que eram acusados de participação na morte do empresário e da namorada dele, Suzana Marcolino, em 23 de dezembro de 1996, foram inocentados na noite desta sexta-feira, 10, durante julgamento do caso, em Maceió (AL). Os jurados também afastaram a tese de suicídio e entenderam que houve um duplo homicídio.

A maioria dos integrantes do júri popular entendeu que os policiais militares Adeildo dos Santos, Reinaldo de Lima Filho, Josemar Faustino dos Santos e José Geraldo da Silva não tiveram participação direta no crime.

Os jurados, porém, entenderam que dois dos ex-seguranças tinham a obrigação de impedir o crime. “Pela morte de PC Farias, os jurados reconheceram que os acusados Adeildo e José Geraldo tinham o dever, a obrigação, de garantir a vida deles. E foram assim mesmo absolvidos por clemência”, disse o juiz Mauricio Breda.

Em 1996, quando mortos, PC Farias tinha 50 anos, e Suzana, 28. Eles foram encontrados mortos com um tiro cada, na cama, na casa de praia do empresário, na capital alagoana.

Leia a íntegra clicando aqui

CASA DE LUXO EM ITABUNA ERA “QG” DE TRAFICANTES DE ALAGOAS E SERGIPE

Ainda continuam em sigilo os nomes dos dois homens presos em Itabuna na operação conjunta entre as polícias civil da Bahia e de Sergipe. A operação aconteceu na madrugada desta quinta-feira, 19, no centro da cidade. Os homens são acusados de comandar o tráfico de drogas e cometer homicídios em Maceió (AL) e Aracaju (SE).

O delegado Moisés Damasceno, titular da 6ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin), disse a jornalistas que as investigações ainda estão em andamento. Os homens alugaram uma casa de luxo no centro de Itabuna, de onde determinavam as ações da quadrilha em Alagoas. O aluguel do imóvel custava, aproximadamente, R$ 2,5 mil.

“Na operação, além dos acusados, outros dois homens e duas garotas de programa também foram conduzidos à delegacia. Eles faziam uma festinha no imóvel quando a polícia chegou”, revelou Damasceno. A Polícia apreendeu duas pistolas calibre ponto 40, seis carregadores, 69 munições intactas e um veículo Mercedes A-190, com placas de São Paulo.

A operação policial seguirá no Estado de Sergipe à procura de outros integrantes da quadrilha. As duas garotas e os outros dois homens foram liberados, depois de ouvidos.

GENERAL QUE COMANDOU A SEGURANÇA NA BAHIA É ALVO DE MANDADO DE PRISÃO EM ALAGOAS

Edson Sá Rocha estaria envolvido em fraude com recursos da segurança

O ex-secretário de Segurança Pública da Bahia, general Edson Sá Rocha, é alvo de um mandado de prisão expedido pela 17ª Vara Criminal da Justiça de Alagoas. O militar é acusado de envolvimento em esquema de fraude na segurança, descoberto pela “Operação Espectro”, deflagrada nesta segunda-feira, 23, em Maceió, capital alagoana.

A operação investiga fraude na compra de alimentos para presídios alagoanos, quando teriam sido gastos R$ 4 milhões sem licitação, de acordo a denúncia do Ministério Público.

A ação policial resultou na prisão de seis pessoas, entre elas coronéis, uma empresária, um servidor público e um policial civil aposentado. Outros dois coronéis e um capitão da Polícia Militar também tiveram mandado de prisão expedido pela Vara Criminal.

Sá Rocha foi secretário de Defesa Social de Alagoas em 2007 e esteve à frente Secretaria de Segurança Pública da Bahia, de 2002 a 2003.

QUE UNIVERSIDADE DESEJAMOS?

Felipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com

 

Tal debate e diálogo são enriquecedores para o momento de pensar: qual é a Universidade Federal que o Sul da Bahia deseja?

 

Hoje, dia 24 de outubro, após quase dois anos de espera, a comunidade acadêmica do Campus Sertão da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) iniciou suas aulas pela primeira vez em sua sede própria. Em parte dela, na verdade. Isso porque o Campus, surgido como fruto do Reuni, não tem sua estrutura finalizada. Alunos, técnicos e professores atuam em meio a uma nuvem constante de poeira e ao barulho da obra que segue em dois terços do prédio.

Sendo professor da Ufal, integrante da primeira turma de docentes nomeados no Sertão, pude vivenciar diversos acertos e erros cometidos no processo de implantação. Por me considerar filho adotivo da região sulbaiana, graduado e pós-graduado pela Uesc, penso que tal debate e diálogo são enriquecedores para o momento de pensar: qual é a Universidade Federal que o Sul da Bahia deseja?

Em setembro de 2009, quando fui candidato no concurso público da Ufal, ao entrar na cidade de Delmiro Gouveia pela primeira vez, presenciei uma grande placa que indicava: “Futuras instalações da Ufal”. A palavra “futuras” estava pretensiosamente marcada com um “xis”, indicando que a ocupação do espaço aconteceria logo. A promessa realmente era essa. Segundo todas as indicações, o mês de dezembro daquele ano seria o marco da entrega final da obra. O ano terminou e com a obra ainda inacabada, em março de 2010, as aulas iniciaram num espaço cedido por uma escola estadual.

Durante toda a existência da universidade na região sertaneja, observa-se, na opinião deste professor, uma inadequada relação da gestão da UFAL com a prefeitura local. Além de ceder gratuitamente uma casa alugada para abrigar o escritório central da universidade, a prefeitura ainda disponibilizou carro com motorista ao longo de 2010 e chegou até a colocar maquinário e pessoal para o adiantamento das obras, entre outros favores.

Nada contra a boa vontade da administração municipal em ver a universidade funcionando adequadamente. Porém, soa-me bizarro uma Universidade Federal chegar a um município pobre, com alguns dos piores índices socioeconômicos do país e onerar os cofres municipais para assumir suas responsabilidades. Parcerias são necessárias, contudo não vejo sentido em tal exploração, uma vez que há recursos próprios gerenciados pela Universidade destinados a essas ações.

A Universidade deve estar disponível a todos, nesse sentido a ideia da interiorização é fantástica. Contudo, penso que uma universidade tem que chegar por inteiro, com todo o aporte intelectual, estrutural, financeiro, disponibilizando recursos necessários em sua totalidade para que ela impacte positivamente na região, com atividades não apenas de ensino, mas também de pesquisa e extensão.

Reforçando a ideia base do texto, deixo um questionamento: que universidade desejamos para nossa região? A resposta deve ser pensada através do entendimento de que todos são diretamente responsáveis e beneficiários da instituição de que dispõem.

Felipe de Paula é comunicólogo, mestre em Cultura e Turismo pela Uesc e professor da Ufal

NOTÍCIA QUE DEIXA A GENTE NA MAIOR ALEGRIA

Em livro, Felipe de Paula e outros professores contam os primeiros momentos do campus da Ufal no sertão de Alagoas

O professor Felipe de Paula, mestre em Cultura e Turismo, e grande amigo dos blogueiros do PIMENTA, está brilhando no campus do Sertão, da Universidade Federal de Alagoas. As experiências do primeiro ano desta unidade da Ufal estão relatadas no livro “Educação Superior e produção do conhecimento: convergências entre ensino, pesquisa e extensão”, organizado por Felipe e pelo professor Tarcísio Augusto.

O trabalho foi um dos 50 contemplados pela editora da Ufal, concorrendo com mais de 150 inscritos. E já tem lançamento agendado: entre os dias 21 e 30 de outubro, em Maceió, durante a V Bienal Internacional do Livro de Alagoas.

O campus iniciou suas atividades em março de 2010 e fica na cidade de Delmiro Gouveia. Segundo Felipe, o livro traz um registro histórico dos primeiros momentos da instituição de ensino superior no sertão alagoano.

Em tempo: Felipe de Paula é paranaense, mas passou um bom tempo em Ilhéus, onde estudou Comunicação Social , fez mestrado e casou-se com a também comunicóloga Karoline Vital, não necessariamente nessa mesma ordem. São pais de Amelie.

GOVERNADORES MAIS RICOS À FRENTE DOS ESTADOS MAIS POBRES

Matéria publicada hoje pelo jornal o Estado de São Paulo revela que os governadores eleitos com maior patrimônio declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) são, paradoxalmente, aqueles que irão comandar os estados mais pobres.

O mais robusto financeiramente é o governador reeleito de Alagoas, Teotônio Vilela Filho (PSDB), com patrimônio de 14,62 milhões. Outra milionária que governa um estado paupérrimo é Roseana Sarney (PMDB). Ela declarou patrimônio próximo de R$ 8 milhões, enquanto o Maranhão ocupa a 26ª posição no ranking do Produto Interno Bruto (PIB) per capita, de acordo com o IBGE. Alagoas também está no fim da fila, com a 25ª colocação.

VEREADOR-ANIMAL

Eduardo Holanda (PMN) é presidente da Câmara de Vereadores de Maceió (AL). Ontem, ele quis trocar o peru de natal pela orelha do colega Paulo Corintho (PDT). Após desentendimentos numa confraternização natalina em casa de shows, 24, Holanda avançou sobre o amigo e cravou o dente na orelha direita do oponente, arrancando-lhe um generoso pedaço.

Poucos sabem ao certo quem deu início ao espetáculo dos horrores legislativos. Holanda diz que levou murro nas costas. Corintho se defende afirmando que foi agredido ao tentar cumprimentar o coleguinha.

Corintho perdeu parte da orelha na confusão natalina (Foto Uol).

Corintho: orelha devorada (Foto Uol).

Holanda, o devorador de orelhas.

Holanda, o devorador de orelhas.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia