WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Albagli’

A SAÍDA DE ISAAC ALBAGLI DO GOVERNO ILHEENSE

Isaac tenta recuperar terreno perdido

Isaac tenta recuperar terreno perdido

Ao deixar a Secretaria de Infraestrutura da Prefeitura de Ilhéus, conforme publicação no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira (1º), Isaac Albagli afirma ter dois caminhos à frente. Poderá ser candidato a prefeito pelo PR ou até vice em uma chapa talvez encabeçada pelo vice-prefeito e hoje prefeito interino Cacá Colchões (PP).

O blog Agravo, de Ilhéus, cogita uma disputa de espaço político entre Isaac e Cacá, mas o ex-secretário nega. Na versão do blog, Isaac estaria incomodado com a perda de terreno para o interino, que opera para ser candidato a prefeito, caso Jabes Ribeiro desista de tentar a reeleição.

Diplomaticamente, Isaac jura fidelidade a Cacá e sugere a possibilidade de ser seu vice. Porém, fora do campo das polidas e calculadas declarações públicas, acredita-se que o ex-secretário opere para reconquistar a área vip que já ocupou no jabismo, o que significa dar um chega pra lá no prefeito interino.

ISAAC ALBAGLI ACUSA CODEBA DE DESCASO

Hoje desativado, porto seco é apontado pela Prefeitura como solução para confusão gerada pelas carretas no trânsito de Ilhéus

Hoje desativado, porto seco é apontado pela Prefeitura como solução para confusão gerada pelas carretas no trânsito de Ilhéus

O secretário de Infraestrutura, Transportes e Trânsito de Ilhéus, Isaac Albagli, acusa a Codeba (Companhia das Docas do Estado da Bahia) de ter boicotado o porto seco do município, hoje desativado. A atribuição dessa responsabilidade ocorreu durante reunião, nesta sexta-feira (6), do Conselho da Autoridade Portuária, na Associação Comercial.

Segundo Albagli, o trânsito na cidade vem sendo prejudicado com o afluxo de carretas que ficam estacionadas em ruas e avenidas nas imediações do Porto do Malhado. Ele apontou como solução a utilização do porto seco, desde que a Codeba informe antecipadamente a previsão de chegada dos veículos para carga e descarga.

Com essa informação, o secretário afirmou que a Prefeitura acionaria a Petrobras,  responsável pela operação do porto seco. “Há um descaso da Codeba  com a cidade, pois uma simples comunicação resolveria o problema”, disse Albagli.

Presente à reunião, o secretário nacional dos Portos, Felipe Ozório Monteiro da Gama, propôs que representantes da Prefeitura, Codeba, Petrobras  e operadores portuários se reúnam o mais rápido possível para resolver o problema.

SECRETÁRIO NEGA TER SIDO INTIMADO

Albagli diz que objetos estão à disposição dos proprietários no parque de operações da Prefeitura

Albagli diz que objetos estão à disposição dos proprietários no parque de operações da Prefeitura

O secretário de Obras e Trânsito da Prefeitura de Ilhéus, Isaac Albagli, nega a informação de que foi intimado pela polícia a devolver objetos e dinheiro pertencentes a membros do movimento Reúne Ilhéus. O grupo alega que barracas, mesas, máquina fotográfica, um notebook e cerca de R$ 400,00 desapareceram durante a operação de desocupação realizada pela Prefeitura no dia 21 de outubro.

Albagli diz que sua pasta não foi responsável pela retirada do acampamento do Reúne Ilhéus da porta da Prefeitura, embora tenha disponibilizado infraestrutura para a operação. Ele sustenta que toda a ação foi filmada e o vídeo de 17 minutos, sem cortes, será apresentado nesta quarta-feira (6) na 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin).

“Não há qualquer fundamento nessa informação de que fui intimado, essa turma quer fazer exploração política com meu nome”, afirma Albagli. Ele alega que o vídeo gravado durante a operação mostra que nenhum dos fiscais do município entrou nas barracas e informa que todos os objetos recolhidos – segundo ele, apenas mesas, cadeiras e barracas – estão à disposição dos proprietários no parque de operações da Prefeitura, na Avenida Roberto Santos.

Ainda de acordo com Albagli, também seria inverídica a informação sobre a existência de dinheiro, câmera fotográfica e notebook no acampamento do Reúne Ilhéus. O secretário, no entanto, levanta uma suspeita. Segundo ele, um dos trechos do vídeo gravado durante a desocupação mostra um dos integrantes do movimento saindo de uma barraca com uma mochila nas costas. O mesmo rapaz reaparece no vídeo três minutos depois, já sem a mochila.

ISAAC ALBAGLI SAI EM DEFESA DE JABES E DIZ QUE CARMELITA É LEVIANA

Carmelita e Isaac em tiroteio verbal.

O presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli, diz que a vereador Carmelita Ângela (PT) “comete leviandade” ao dizer que o ex-prefeito Jabes Ribeiro entregou parte do território ilheense a Itabuna, na década de 80. “Ele apenas reconheceu como legítimo os limites demarcados pela SEI do Governo Estadual”, afirmou em artigo à imprensa.

Nas demarcações de 1984, a região onde hoje estão situados os bairros Parque Boa Vista, Parque Verde e Nova Califórnia foi reconhecida como itabunense. Jabes era prefeito à época. Carmelita acusou perda de R$ 150 mil mensalmente a Ilhéus por causa da “mordida” de Itabuna.

A cutucada de Carmelita ocorreu após Jabes ter ido ao rádio afirmar que, se ele fosse prefeito, hoje não estaria ocorrendo a tentativa de Itabuna de tomar a área onde estão situadas lojas das redes Makro e Atacadão, no quilômetro 24 da rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415). Jabes e Carmelita são pré-candidatos a prefeito de Ilhéus.

FESTIVAL DA TILÁPIA

Começou esta semana e vai até o dia 9 de maio o  2º Festival Baiano da Tilápia, evento promovido pela Bahia Pesca em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Participam 28 estabelecimentos  de Salvador, Camaçari e Ilhéus, que criaram receitas exclusivas para o projeto.

Segundo a Bahia Pesca, a tilápia que será oferecida aos clientes vem de cooperativas de pescadores instaladas no interior do estado. “O festival mostra o resultado do trabalho social dos inúmeros projetos de piscicultura da Bahia Pesca no interio”, afirma o presidente da empresa, Isaac Albagli.

Em Ilhéus, o bar Mar Aberto é o único participante do festival. Já em Salvador, participam: Jerimum,  Mercado Bar, , Baby Beef, All Saints, Pampas Steak, Sushi Deli, Donana, Deli & Cia., Caranguejo de Sergipe, Oliva Gourmet, Spaguetti Lilás e Gibão de Couro. Os bares Porto Brasil e Ki Mukeka, que funcionam em Salvador e Camaçari, também estão no festival.

Outra grande pedida para quem estará em Ilhéus neste fim de semana é o Festival Sons & Sabores do Mar, que começa hoje (21) e segue até domingo, 24, no Centro de Convenções. Além de delícias da culinária regional, estão programados shows com Zabumbahia, Adelmário Coelho (hoje) e Seu Jorge (sábado). Imperdível!

AH SE FOSSE O VELHO CACIQUE…

Na apresentação do projeto do terminal pesqueiro de Ilhéus a autoridades e profissionais de imprensa, nesta manhã, o presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli, fez um eloquente discurso, no qual mencionou o Governo do Estado uma vez (de passagem) e não citou o governador Jaques Wagner em nenhum momento.

Um observador atento registrou a omissão e buscou na memória os discursos feitos pelo mesmo Albagli e outros próceres do grupo do ex-prefeito Jabes Ribeiro, no tempo em que eles eram carlistas. Segundo o nosso cri-cri de plantão, naquela época o nome de ACM era repetido até enjoar.

É claro que hoje deixou de vigorar o regime do “manda quem pode e obedece quem tem juízo” e não se exige mais tamanha demonstração de subserviência.

VISITA AO TERMINAL

A Bahia Pesca quer ampliar a divulgação das obras do novo terminal pesqueiro de Ilhéus. Nesta sexta-feira, 25, a partir das 10 horas da manhã, a empresa vinculada à Secretaria da Agricultura do Estado promove uma visita ao trecho onde ficará o novo porto, na Rua Coronel Misael Tavares, em frente ao Terminal Urbano. Autoridades e jornalistas foram convidados para conhecer o projeto e serão recebidos pelo presidente da BP, Isaac Albagli.

BAHIA PESCA FARÁ ENGORDA DE BIJUPIRÁS NA BAÍA DE TODOS OS SANTOS

Isaac Albagli diz que projeto é pioneiro

A Bahia pretende se tornar pioneira na criação do peixe da espécie bijupirá em cativeiro. Esse projeto, que tem a capacidade de produzir até um milhão de bijupirás por ano – segundo informações da Seagri – acaba de receber licença do IMA (Instituto do Meio Ambiente da Bahia) para a instalação de tanques-rede na Baía de Todos os Santos.

Os dois tanques-rede, cada um com 1.100 metros cúbicos, serão instalados nas proximidades da Ilha dos Frades. Será a primeira experiência da Bahia Pesca com a engorda dos alevinos da espécie em mar aberto.

A experiência terá não apenas importância econômica, uma vez que o bijupirá é altamente valorizado, mas também valor científico. De acordo com o presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli, não existem no Brasil informações confiáveis sobre a criação de bijupirás em cativeiro. “Vamos preencher essa lacuna”, afirma o presidente.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia