WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

unesul bahia

uniftc






janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: ‘Amélia Amado’

ANO NOVO, VELHOS PROBLEMAS NO CENTRO DE ITABUNA

Falta de tampa em bueiros coloca as pessoas em risco em Itabuna|| Fotos PIMENTA

A passagem do ano novo acendeu a última vela da atual gestão do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes.Não se sabe o que espera esta pobre cidade no futuro. Mas é certo que os velhos problemas continuam infernizando a vida dos cidadãos que não têm a quem apelar, nem ao bispo, já que desde a Proclamação da República, em 1889, o país é laico.

O perigo é constante na calçada da Amélia Amado

Se nos bairros a situação é dramática, no centro da cidade é caótica. Ao longo da Avenida Amélia Amado, por exemplo, existem arapucas que podem quebrar a perna de muita gente, mas não incomoda a ninguém no Centro Administrativo Firmino Alves, no São Caetano. Apenas no trecho entre a FTC e a antiga revenda de automóveis Silveira, são pelo menos seis bocas-de-lobo sem tamponamento .

Boca-de-lobo sem proteção perto do Colégio AFI

O comerciante Raimundo Anes, do distrito de Taboquinhas, em Itacaré, é uma das vítimas recentes da falta de tampa nas bocas-de-lobo no centro de Itabuna. Minutos antes da chegada da reportagem do PIMENTA ao local, na manhã desta quarta-feira (8), uma das rodas do veículo do comerciante caiu em um dos buracos, nas imediações da faculdade. “Tive que usar o macaco para retirar o pneu. A falta de tampa dos bueiros é uma vergonha para uma cidade como Itabuna”.

Perigo na Amélia Amado

À noite, a má iluminação, agrava o problema.Tomara que a diligente Secretaria da Administração, Ops! Secretaria de Desenvolvimento Urbano, encontre uma solução antes que alguém se machuque e fique na pior. Pois, se depender da Secretaria Municipal de Saúde…Sei não!Seis secretários em três anos é fato para constar do Guiness Book.

Buracos são que não faltam na Amélia Amado

O PIMENTA tentou falar com o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, João Zulato Filho, sobre o grave problema, mas foi informado que ele não estava no Centro Administrativo no momento. O espaço está aberto para as explicações sobre a falta de tampas nas bocas-de-lobo.

POPULAÇÃO DE ITABUNA ACUMULA PREJUÍZOS COM RUAS CHEIAS DE BURACOS

Moradores de Itabuna sofrem com poeira|| Foto Pimenta

As crateras em bairros como Fátima, Califórnia, Pedro Jerônimo, São Pedro, Maria Pinheiro, Santa Inês, São Judas, São Caetano, Antique, São Lourenço, Santo Antônio, Nova Itabuna, João Soares, Nova Califórnia, Urbis IV, Novo Horizonte e Conceição vêm causando prejuízos para moradores, empresários, taxistas e motociclistas. Está difícil encontrar um bairro em Itabuna em que ruas não estejam tomada pelos buracos.

Moradores relatam que a situação se agravou com as chuvas que caíram no primeiro semestre do ano passado. Segundo eles, como há muito tempo a prefeitura não faz o trabalho de manutenção, os buracos viraram verdadeiras crateras, deixando muitas ruas, principalmente os corredores de ônibus, praticamente intransitáveis.

Trecho da Avenida Bionor Rebouças, no São Roque|| Foto Pimenta

Em bairros como Califórnia, Fátima, Santo Antônio e São Lourenço, os moradores se queixam que há quase um ano a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano não faz a manutenção das vias. A buraqueira não é um problema somente nos bairros mais distantes do centro. Há diversas ruas precisando do serviço de tapa-buracos em áreas como Alto Maron, Alto Mirante, Castália e Pontalzinho.

CORREDORES DE ÔNIBUS

Cratera causa prejuízos aos motoristas e motociclistas|| Foto Pimenta

A falta de manutenção também prejudica o trânsito em vias importantes como avenidas Itajuípe, Bionor Rebouças, José Soares Pinheiro, Amélia Amado, Manoel Chaves e Roberto Santos. Na Bionor Rebouças, por exemplo, são vários trechos danificados. Os motoristas e motociclistas acumulam prejuízos com veículos quebrados. Neste verão, os moradores sofrem com a poeira.

A prefeitura alega que ficou sem dinheiro para compra de material usado para preparação do asfalto e que parte do problema será solucionada com a liberação de recursos pelo governo do estado para investimentos nas principais vias da cidade. Segundo o prefeito Fernando Gomes, o governador Rui Costa vai liberar cerca de R$ 7 milhões para recuperação de vias públicas em Itabuna.

CHUVA E CAOS EM ITABUNA

Amélia Amada submersa em mais um dia chuvoso em Itabuna (Foto DT).

Amélia Amado submerge em mais um dia chuvoso em Itabuna (Foto DT).

A chuva desta sexta-feira deixou a população de Itabuna assustada. A água invadiu lojas no centro da cidade e ruas ficaram intransitáveis. O cenário era de caos em avenidas como a Amélia Amado e a Cinquentenário.

Outro trecho da Cinquetenário alagado, próximo à Praça Camacã (Foto Fábio Lima).

Trecho da Cinquentenário alagado, próximo à Praça Camacã (Foto Fábio Mota).

As imagens não eram diferentes em localidades como Jardim América, Califórnia e São Roque, onde famílias foram retiradas de suas casas desde ontem por causa da subida do nível do Riacho Água Branca.

Após a chuva mais intensa no final da tarde e início da noite, o tempo melhorou, mas quem circulava pelo centro até as 19h30min ainda precisava ter muito cuidado. Carros circulavam com velocidade ainda mais reduzida por causa de pontos de alagamento, principalmente na Praça Camacã e na Amélia Amado. Confira registros enviados ao Pimenta.

Água invade drogaria na Praça José Bastos, no centro (Foto Fábio Lima).

Água alaga calçada de drogaria na Praça Camacã e Rua Alício de Queiroz (Foto Fábio Mota).

Trecho da Avenida do Cinquentenário próximo ao Jardim do Ó (Foto Raimundo Leal).

Trecho da Avenida do Cinquentenário próximo ao Jardim do Ó (Foto Raimundo Leal).

Amélia Amado alagada deixou trânsito travado no início da noite (Foto Matheus Vital).

Amélia Amado alagada deixou trânsito travado no início da noite (Foto Matheus Vital).

Amélia Amado completamente alagada (Foto Tiago Matos).

Amélia Amado completamente alagada (Foto Tiago Matos).

ATÉ QUE ENFIM: PREFEITURA RETOMA PAVIMENTAÇÃO DA AMÉLIA AMADO

Asfaltamento foi retomado nesta quarta-feira (foto Gabriel de Oliveira)

Asfaltamento foi retomado nesta quarta-feira (foto Gabriel de Oliveira)

Para quem não aguentava mais a buraqueira e o poeirão na Avenida Amélia Amado, particularmente no trecho próximo ao cruzamento com a Cinquentenário, eis aqui um motivo para comemorar: a Secretaria do Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Itabuna iniciou nesta quarta-feira, 7, a pavimentação da pista interna da via.

O secretário Marcos Monteiro disse que os serviços começaram somente agora porque o governo aguardava condições para comprar o asfalto à vista, além de contar com as máquinas, recentemente adquiridas. Segundo ele, além de pavimentar toda a pista interna, também será feita a recomposição da pista principal.

A intervenção alivia quem trafega pelo centro da cidade, mas ainda não significa que as obras na Amélia Amado serão concluídas. Para isso, o município continua a aguardar o repasse de R$ 1,9 milhão do Governo Federal.

As obras de macrodrenagem e revitalização da Amélia Amado foram iniciadas no governo Azevedo, que não as concluiu, mas fez questão de inaugurar a “meia sola” no apagar das luzes de sua gestão.

A OBRA QUE NÃO ANDA

Da coluna da Tonet (Agora)

Furou I – A construtora responsável pela obra do canal da Amélia Amado quebrou todos os prazos estipulados no contrato. O último prazo será em maio e o secretário Fernando Vita, do Planejamento, já revela que não será cumprido. Ainda que com 60% das obras concluídas falta muita coisa a ser feita, e Vita aponta a questão da licença ambiental pelo Inema como mais um obstáculo a ser ultrapassado.

Furou II – Não adiantam desculpas da empreiteira, como as chuvas, desde quando são mais de dois anos que a obra está praticamente empacada, e pelo andar da carruagem nem no Dia da Cidade será inaugurada. Os engarrafamentos vão continuar com o trânsito pesado naquela área, causando atrasos e abusos por conta de motoristas imprudentes. Tem atraso, sim. E multa pelo atraso não tem?

PREFEITURA EXPULSA CAMELÔS

Paraíba condena falta de planejamento (foto Pimenta)

Menos de três anos depois de serem instalados em uma laje na Avenida Amélia Amado, centro de Itabuna, 76 camelôs foram notificados como infratores pela própria Prefeitura que lhes reservou aquele espaço.

No dia 17, Antônio Carlos Paraíba, presidente da Associação dos Vendedores Ambulantes, recebeu o “auto de infração”, determinando que o seu box fosse desocupado até o dia 20, última sexta-feira. Outros camelôs se recusaram a receber a notificação.

Neste domingo, 22, a Prefeitura iniciou a operação desmonte na área. O trabalho começou com a equipe do setor de parques e jardins do município, que realiza a poda das amendoeiras situadas às margens do canal do Lavapés. Depois virá a derrubada das árvores daquele trecho e o desmonte dos boxes.

“Há mais de um ano, não conversamos com nenhum preposto da Prefeitura nem nos dão qualquer satisfação. Ninguém diz para onde vamos”, lamenta Paraíba.

A sina dos camelôs vem de muito tempo. Na década de 90, eles foram retirados da Avenida do Cinquentenário e instalados na Praça Otávio Mangabeira, inclusive assumindo dívidas com financiamento junto ao Banco do Nordeste.

Em 2008, a Prefeitura reformou a praça e empurrou os ambulantes para a Amélia Amado. O governo apenas construiu a laje onde estão os boxes, enquanto estes foram construídos com recursos dos próprios vendedores e a cobertura foi doada por particulares.

“Agora está pior do que nas outras vezes, porque a Prefeitura não informa para onde vamos”, reclama o presidente a Avai. Segundo ele, o único jeito será procurar a justiça.

O representante dos camelôs afirma não ser contra o projeto de macrodrenagem e reurbanização da Amélia Amado, mas critica a falta de planejamento do governo.

A "mãozinha" da Prefeitura. Há menos de três anos, camelôs foram instalados na Amélia Amado...

... e hoje são infratores (fotos Pimenta)

A CIDADE COMO ELA É

Canal coberto pelo mato (ao fundo, estrutura montada para a assinatura da ordem de serviço) - foto Fábio Roberto

Pode-se acusar o governo itabunense de qualquer coisa, menos de cometer a desfaçatez de maquiar a cidade quando ela recebe alguma autoridade de peso. Hoje, por exemplo, quando aportaram por aqui o ministro da Integração Nacional, João Santana, o deputado federal Geddel Vieira Lima e toda a cúpula do PMDB baiano, a Prefeitura deixou tudo como sempre… Ou seja, num descuido de fazer dó.

Até mesmo o cenário escolhido para a assinatura da ordem de serviço das obras de revitalização da Avenida Amélia Amado se encontra ao Deus dará. Não houve sequer o cuidado de retirar o mato que cresce vistoso no canal do Lavapés, talvez por receio de que os ratos ali escondidos se espalhassem, empanando o brilho da festa.

É um governo que pensa em tudo…

AZEVEDO NÃO VAI À FESTA DE FG

Não se sabe se o prefeito de Itabuna sustentará a marra até o fim, mas a amigos ele confidenciou que não iria à festa organizada pelo PMDB para receber seu novo membro, Fernando Gomes, antecessor de Azevedo no cargo e seu provável futuro adversário.

Azevedo também teria afirmado que não aprecia a exploração política que o PMDB está fazendo com o anúncio da obra da Amélia Amado. A ordem de serviço está sendo assinada nesta terça-feira, 29, e há forte disputa entre o governo municipal e os peemedebistas para ver quem protagoniza o evento.

Por enquanto, o PMDB está na dianteira.

OS SINAIS DE AZEVEDO

O prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, deu hoje um sinal claro de que não apoiará o peemedebista Geddel Vieira Lima, candidato à governador pelo PMDB. Geddel, ex-ministro da Integração Nacional, estará na cidade nesta terça-feira, 29, na assinatura da ordem de serviço para as obras de revitalização da Avenida Amélia Amado. O ministério, na época em que o hoje candidato peemedebista o comandava, liberou quase R$ 13 milhões para o projeto.

Ocorre que a presença do ex-ministro em terras grapiúnas é solenemente ignorada no material informativo distribuído pela Prefeitura, que optou formalmente pela menção ao ministro João Santana, também baiano, que sucedeu Geddel na Integração Nacional.

Outro que não é lembrado pela Prefeitura é o ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, que aproveita a assinatura da ordem de serviço para faturar com a obra. Tanto que FG foi para o rádio convidar a população para o evento e aproveitará esta terça-feira para assinar sua ficha de filiação ao PMDB. Azevedo, percebendo a “sabedoria”, não quer dar Ibope nem a Geddel nem ao ex-prefeito.

FIAT UNO CAI EM CANAL; SARGENTOS SAEM FERIDOS

Dois sargentos da reserva da Polícia Militar em Itabuna saíram feridos em um acidente ocorrido por volta das 16h40min deste domingo, na avenida Amélia Amado. O Fiat Uno, placas JSH-7581, dirigido pelo sargento de prenome Aldemiro, o Mica, perdeu a direção e caiu no canal Lava-pés.

Aldemiro estava acompanhado do sargento Genildo, conhecido como Xibite. Segundo a versão de Mica, ele tentou desviar de um outro automóvel antes de cair no canal. Testemunhas dizem que o motorista estava em alta velocidade e não conseguiu evitar a queda no Lava-pés.

O Fiat Uno capotou na queda, o que dificultou o trabalho de resgate dos sargentos. O Corpo de Bombeiros levou cerca de 30 minutos para retirar o carona que reclamava de fortes dores pelo corpo. O motorista sofreu cortes no rosto. Os dois estavam conscientes e foram levados pelo Samu 192 para o Hospital Calixto Midlej Filho.

Carona é resgatado, observado pelo motorista (blusa rosa), ambos da reserva da PM (Fotos Pimenta).

Carona, içado pelos bombeiros, reclama de fortes dores (Foto Pimenta).

Vídeo com cenas do resgate do carona.

GILSON NASCIMENTO SE JUSTIFICA

Por meio do Departamento de Comunicação da Prefeitura de Itabuna, o secretário da Administração Gilson Nascimento avisa que teve motivo razoável para faltar à Conferência Municipal da Saúde na tarde desta quarta-feira, 14.

Nascimento explicou que estava reunido com técnicos do Instituto de Gestão das Águas e do Clima da Bahia (Ingá), que exatamente nesta quarta-feira emitiu a outorga para a execução das obras de saneamento do canal da Avenida Amélia Amado.

“Faltei por uma razão justa, pois estávamos lutando para obter essa outorga e iniciar logo as obras do canal, que também está relacionada à saúde da população”, afirma Nascimento.

SEM POLITICAGEM

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Itabuna (Sedur) está acelerando a reformulação do projeto de cobertura do canal Lava-pés, da avenida da Amélia Amado. O redesenho ocorre após o Instituto de Gestão das Águas (Ingá) negar autorização para que a prefeitura cobrisse o canal, promovendo um “encapsulamento”.

O Ingá viu possibilidade de inundações ainda mais fortes com a cobertura do canal e impermeabilização do solo no leito atual do córrego (esgoto a céu aberto, pra sermos sinceros!). A prefeitura parece ter entendido a coisa. Mas o ministro Geddel Vieira Lima acredita que a posição do Ingá é política, e não técnica. O ministro, claro, quer faturar. Mas o município quer é a obra e corre pra reformular o projeto.

Nessas horas, o que aparece de gente misturando as coisas…

IMAGEM ESQUENTA A POLÊMICA DA COBERTURA DO CANAL LAVA-PÉS

Jogada no Youtube, esta imagem leva mais ingredientes à polêmica proposta de cobertura (encapsulamento) do canal Lava-pés, da Avenida Amélia Amado, em Itabuna. Na segunda-feira, o Instituto de Gestão das Águas e Clima (Ingá) negou à prefeitura de Itabuna autorização para cobrir e impermeabilizar o leito do canal. O Ingá acredita que a cobertura do córrego aumentará ainda mais o ‘estrago’ que uma inundação pode causar na área central do município.

A imagem foi enviada pelo leitor Lucas Freire.

PROMESSA DE “BRINCO”

As obras de reurbanização da Avenida Amélia Amado, em Itabuna, custarão R$ 12.879.318,37. A abertura dos primeiros envelopes está programada para o dia 17. Com recursos do Governo Federal e contrapartida do município, as obras devem começar em janeiro. A previsão de conclusão é julho, justamente o mês de aniversário de 100 anos de Itabuna. Se vai dar tempo, são outros quinhentos (Foto Waldyr Gomes/Ascom).

As obras de reurbanização da Avenida Amélia Amado, em Itabuna, custarão R$ 12.879.318,37. A abertura dos envelopes de qualificação documental, técnica e de preços está programada para a próxima semana, a partir do dia 14.

Com recursos do Governo Federal, através do Ministério da Integração Nacional, e contrapartida do município, as obras estão previstas para começar em janeiro e conclusão em julho, justamente o mês do centenário de Itabuna.

Se vai dar tempo, são outros quinhentos, mas a promessa é de que a avenida vai ficar “um brinco”, com a cobertura do canal e criação de novas pistas e até área de convivência. (Foto Waldyr Gomes/Ascom).



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia