WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba








novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: ‘Atlético de Alagoinhas’

TÉCNICO LAMENTA DERROTA DO VITÓRIA E DIZ QUE NÃO ENTREGA O CARGO

Marcelo Chamusca diz que não entrega o cargo || Foto Arquivo/ECV

Do Correio24h

A derrota para o Atlético de Alagoinhas por 2 a 1 em pleno Barradão nesta quarta-feira (27) complicou ainda mais a vida de Marcelo Chamusca no Vitória. O treinador tem só três triunfos em dez partidas à frente da equipe e agora chegou à segunda derrota. O técnico foi o principal alvo das críticas da torcida após o resultado no Barradão, tanto no estádio, com vaias, como nas redes sociais.

Em entrevista coletiva depois do duelo, ele cravou: não deixa o clube. “Não vou entregar o cargo. Não tenho intenção nenhuma de fazer isso, principalmente após uma derrota. Eu sabia do tamanho do desafio, mas nunca esperei que meu time fizesse um jogo tão ruim como esse”, disse.

“Mas eu não me preocupo com cargo porque, modéstia à parte, eu tenho mercado. Na semana passada, por exemplo, fui sondado por duas equipes. Me preocupo com o time ter uma performance melhor e não passar a vergonha que a gente passou”, completou.

ATLÉTICO FICA A UM EMPATE DA PRIMEIRA DIVISÃO DO CAMPEONATO BAIANO

Atlético fica muito perto da primeira divisão do Baiano|| Foto Francisco Galvão

O Atlético precisa apenas de um empate com o PFC-Cajazeiras para conquistar o título e garantir o acesso à Série A do Campeonato Baiano de 2019. Na tarde de sábado (19), no Estádio de Pituaçu, as duas equipes ficaram no zero a zero na  primeira partida da decisão do Campeonato Baiano da Série B. O segundo confronto será no próximo sábado (26), às 16h, no Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas.

Mesmo jogando jogar em seu mando de campo, o PFC-Cajazeiras não criou muitas oportunidades de gol no primeiro tempo. Seu lance mais perigoso foi provocado pelo zagueiro adversário Alysson, que cabeceou para trás e a bola bateu na trave. Antes, Vitinho chutou com perigo à direita do gol de Jair, da equipe atleticana.

O Atlético foi mais incisivo e, aos 22 minutos, após cruzamento da direita de Gustavo, o goleiro João Paulo tirou errado a bola e, na confusão feita na área, Michael quase abre o placar. Depois, aos 44, na sobra dentro da grande área, novamente Michael chutou a bola sobre o travessão.

PERDEU PÊNALTI

No segundo tempo, o PFC-Cajazeiras poderia ter aberto o placar aos 7 minutos, quando o zagueiro Alysson derrubou Vitinho na área. Roberto cobrou no canto esquerdo de Jair, que fez a defesa parcial. O próprio Robert pegou o rebote e bateu para nova intervenção salvadora do goleiro do Carcará.

O Atlético incomodou a zaga do PFC-Cajazeiras em lances do atacante Helton, que entrou no lugar de Michael. No primeiro, ele cabeceou e João Paulo tocou para escanteio. Depois, a bola foi cruzada da esquerda por Vicente e o camisa 19 quase marca na dividida com o goleiro adversário. E, aos 32, Helton cabeceou forte e João Paulo defendeu em dois tempos.

GALÍCIA DERROTA O COLO COLO NO MÁRIO PESSOA

Galícia derrotou o Tigre na estreia da Série B || Foto Hilton Oliveira

O Colo Colo estreou com derrota na Série B do Campeonato Baiano de Futebol 2018. A partida contra o Galícia caminhava para os minutos finais, no Estádio Mário Pessoa, neste domingo (11), quando o zagueiro Val, aos 36min do segundo tempo, fez gol contra e garantiu a vitória do time soteropolitano.

O Tigre volta a campo no sábado (17), às 18h, contra o Atlético de Alagoinhas, na casa do adversário. O time do recôncavo baiano estreou com vitória na Série B, ontem (10), ao bater o PFC Cajazeiras, em Pituaçu, por 3 a 2. O Galícia pegará o Teixeira de Freitas, em Pituaçu, também no próximo sábado, às 15h.

Na rodada inaugural da “Segundona”, houve ainda um empate em 0 a 0 entre Teixeira de Freitas (Portela) e Conquista. A partida foi disputada na casa do time do extremo-sul.

COLO COLO ESTREARÁ EM 4 DE MARÇO NA SEGUNDONA DO CAMPEONATO BAIANO

Time do Colo Colo que disputou o Campeonato Baiano de 2015|| Foto José Nazal

O Colo Colo vai estrear diante de sua torcida na segunda divisão do Campeonato Baiano de 2018, contra o Galícia, às 15 horas do dia 4 de março.  A competição começa um dia antes, com o confronto entre Pituaçu x Atlético de Alagoinhas, no estádio Roberto Santos, em Salvador, às 10 horas da manhã. A primeira rodada será completada com a partida entre Teixeira de Freitas x Vitória da Conquista, no estádio Antônio Rodrigues, no dia 4.

A segunda rodada da segundona do Campeonato Baiano está prevista para 10 de março, com todos os três jogos realizados no mesmo dia. O Colo Colo vai até Salvador enfrentar o Pituaçu;  Teixeira de Freitas recebe o Atlético, no estádio Antônio Rodrigues Santana; e o Vitória da Conquista pega o Galícia, no Lomanto Júnior.

FÓRMULA DE DISPUTA

Na sexta-feira (22), a Federação Bahiana de Futebol reuniu os presidentes e representantes dos seis times para a reunião do Conselho Técnico da competição. Na sede da entidade foi definida, por unanimidade, a fórmula de disputa do estadual.Na primeira fase, as seis equipes ficarão em um único grupo, onde se enfrentarão entre si no sistema de ida e volta. As duas primeiras colocadas do grupo avançarão para a segunda fase, a final da competição.

Na decisão, as duas finalistas também se enfrentarão no sistema de jogos de ida e volta. A equipe vencedora se sagrará campeã e garantirá a única vaga na Série A do Baianão 2019. A segunda divisão do Baiano 2018 terá o total de 32 jogos, sendo 30 na fase de classificação e dois na fase final. Cada clube realizará o mínimo de 10 e o máximo de 12 partidas.

Os jogos acontecerão nos finais de semanas (sábados ou domingos). Quatro deles em março, cinco em abril e três em maio. O campeão será conhecido em 20 de maio, um domingo. Os clubes terão até 28 de fevereiro para inscreverem os atletas que disputarão a competição.

Pelo segundo ano consecutivo, a parceria com a TVE Bahia será destaque na competição. A emissora pública baiana transmitirá jogos em TV aberta e pelo facebook para toda a Bahia, além de diversos locais do país e do mundo.

SÉRIE B: ITABUNA EMPATA; GRAPIÚNA PERDE

O Itabuna empatou em 1 a 1 contra o Jequié, hoje, no Estádio Waldomiro Borges, na casa do adversário. O Azulino abriu o placar, mas permitiu o empate, encerrando a primeira rodada da Série B na quarta colocação.

Melhor sorte não teve o Grapiúna. Embora jogando em casa, levou 2 a 1 do Juazeiro, no Estádio Luiz Viana Filho (Itabunão), em seu retorno a uma competição oficial em oito anos. O Grapiúna está em sétimo.

PRÓXIMA RODADA

O Itabuna jogará contra o Ypiranga, no próximo domingo (26), às 16 horas, no Estádio Luiz Viana Filho. No mesmo horário e dia, o Grapiúna jogará contra o Atlético de Alagoinhas, no Estádio Antônio Carneiro.

COLO-COLO ANUNCIA NOVO TREINADOR

Dourado entre dirigentes no Bahrein.

Dourado entre dirigentes no Bahrein (Foto Reprodução).

A uma semana das estreia na Série B do Campeonato Baiano de Futebol, o Colo-Colo apresentará amanhã (10), às 11h, o novo treinador da equipe. Com experiência internacional e títulos estaduais baiano e alagoano, Fernando Dourado assumirá o comando técnico em lugar de Edson Ferreira, que deixou o Colo-Colo há quase duas semanas.

Fernando Dourado foi campeão baiano pelo Vitória, em 1995, além de vice estadual pelo Juazeiro, em 1998, e Atlético de Alagoinhas, em 2004. O Tigre Ilheense estreará na Série B no próximo domingo (16), no Mário Pessoa, contra o Atlético de Alagoinhas, às 15h.

FLU DE FEIRA E ATLÉTICO REBAIXADOS

Flu de Feira é rebaixado para a Segundona e poderá fazer companhia ao Itabuna, que tenta subir ainda em 2013 (Foto Luiz Tito).

Flu é rebaixado e poderá fazer companhia ao Itabuna (Foto Luiz Tito/Arquivo).

Definidos os times da próxima fase do Baianão 2013 e os rebaixados. E no quesito cai-cai, surpresa: o Fluminense de Feira não resistiu à nova fórmula do campeonato e acabou rebaixado para a Segundona, onde hoje chafurdam os sul-baianos Colo-Colo e Itabuna. O Atlético de Alagoinhas também caiu

Cinco times avançaram para a próxima fase, quando entram no Estadual 2013 os times do Vitória, Bahia e Feirense – trio que disputou o Nordestão. Os times que carimbaram passaporte para a nova fase foram Bahia de Feira, Botafogo, Juazeirense, Juazeiro e Vitória da Conquista.

Os times serão divididos em dois grupos com quatro times cada. Bahia, Feirense, Botafogo e Juazeiro foram o Grupo 2. No 3, estão Vitória da Conquista, Bahia de Feira, Juazeirense e Vitória.

URUCUBACA QUE NÃO SAI: ITABUNA LEVA GOL CONTRA AOS 45MIN DO 2º TEMPO

O Itabuna não conseguiu livrar-se da urucubaca que ronda o estádio Luiz Viana Filho. O time vencia o Atlético de Alagoinhas por 1 a 0 e acabou levando gol contra aos 45min do segundo tempo. O time precisava dos três pontos para sair da lanterna e manter viva chance de livrar-se do rebaixamento.

O time passou à frente no placar aos 4 minutos do segundo tempo em cobrança de pênalti do atacante Fernando. Apesar de manter domínio do jogo, o zagueiro Lucas vacilou no finalzinho, aos 45min, e acabou empatando com o Atlético de Alagoinhas. O clima piorou quando, aos 47min, Wagner fez gol e a arbitragem não deu o gol do Itabuna.

O Azulino terá agora quatro jogos para tentar escapar da Segundona. O time foi prejudicado pelo empate entre Vitória x Fluminense, no Barradão (1 a 1) e a vitória do Camaçari diante do Bahia de Feira (0 a 1). Ao final da 18ª rodada, o Itabuna permanece na lanterna, com 11 pontos, seguido de Fluminense (13 pontos) e Camaçari (17).

O Itabuna volta a jogar no próximo domingo (1º) contra o Vitória, no estádio Luiz Viana Filho. A má-fase do Azulino reflete no caixa do clube, que hoje teve renda bruta de R$ 3.175,00. O público pagante foi de apenas 355 torcedores.

ITABUNA NA FRENTE

O Itabuna começou bem o segundo tempo do jogo contra o Atlético de Alagoinhas, no estádio Luiz Viana Filho. Aos 4min, Fernando bateu e converteu cobrança de pênalti, colocando o Azulino na frente.

Itabuna 1 x 0 Atlético de Alagoinhas.

TIGRE APANHA EM CASA E CAI DUAS POSIÇÕES

(Foto José Nazal)

O Colo Colo perdeu para o Camaçari em pleno estádio Mário Pessoa, por 0 a 2, e despencou do terceiro pro quinto lugar do Grupo 1 do Baianão 2011.

O time estava numa noite de pouca inspiração. Já o Camaçari jogou quase todo o tempo na defesa e quando arriscou com maior consistência fez os gols da vitória.

O primeiro foi marcado em cobrança de pênalti. Júnior, aos 16 minutos, estufou a rede do goleiro Brás. Ruan marcou o segundo gol, aos 20 do segundo tempo.

O treinador Zanata lamentou as falhas do ataque – e da defesa. “O time errou tudo”, criticou. O Camaçari, veja só!, era o vice-lanterna do Grupo 2. Recuperou-se logo em cima do Tigre Ilheense.

O time despencou devido aos resultados dos outros adversários do grupo. O Bahia enfiou 3 a 0 no Ipitanga e o Atlético de Alagoinhas empatou em 1 a 1 com o Flu de Feira, que será o próximo adversário do Tigre, no dia 9, às 20h30min, em Feira de Santana.

TRICOLOR-DE-AÇO AMPLIA

O Bahia fez 2×0 com o Nem, aos 29min do segundo tempo, e Esdras, quatro minutos depois, diminuiu para o Colo Colo. Agora, está 2×1 para o Tricolor-de-aço.

No Itabunão, 0 time da casa perde para o Atlético de Alagoinhas, por 0x1.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia